Terça-feira, 2 de Setembro de 2008

Reposição 1: Os Inventores de Palavras!! Parte 1 (Post de 7/11/2007)

- Hades (cá vir). A palavra hades nem é uma invenção nossa, digamos que é mais um estrangeirismo, que nós, portugueses, fizemos questão de desconstruir e retirar do seu significado original para um outro que não tem rigorosamente nada a ver. Genial, não é? Hades é um estrangeirismo, proveniente do nome de Hades, deus do mundo inferior e das riquezas e soberano dos mortos, de acordo com a mitologia Grega. De registar ainda que ele também é conhecido por ter raptado a deusa Perséfone. Ora, aqui este menino era um malandro, de quem toda a gente tinha medo, ao ponto de nem sequer ousarem pronunciar o seu nome, sob o risco de serem quiçá, cortados às postas por este grande maluco. Ora, se toda a gente tinha medo de pronunciar a palavra Hades, porque é que os portugueses a foram buscar? Simples! Porque somos um povo de barba rija! Já estou a imaginar...a primeira vez que um português ousou dizer "Hades"... "Deixa lá que Hades(...)", e disseram-lhe assim: " É pá! Cuidado! Não digas isso! Olha que ele chateia-se e ainda te deixa com o rosto completamente desfigurado, com as entranhas de fora e pendurado de cabeça para baixo!", e o portuga: "Eu lá tenho medo disso! Então mas agora vem um menino grego que não faz mais nada a não ser mandar, querer-me dar uma "carga de porrada", a mim? Um Home do Ribatejo!? Deuses Gregos, como eu ao pequeno-almoço, pá! Pago para ver!! Ele que venha! Leva com a enxada pelas trombas, que até vai mais depressa do que veio!", e de seguida, fez-se luz, que é como quem diz, inventou-se a expressão "Hades cá vir". Mas aqui usada como uma ameaça por parte deste português, dizendo ao Hades para aparecer, a ver se ele é assim tão macho ou se nem por isso, deixando o aviso: "Hades cá vir". Aproveitou a frase "hás-de cá vir", para fazer um trocadilho com "Hades cá vir". Assim como quem diz: "Hades anda cá que levas uma sova tão grande que já nem sequer sabes o caminho de volta para o teu reino do mundo inferior e dos mortos! Mas não te preocupes que eu ponho-te lá! Mando-te com uma pazada pela testa, que vais parar ao reino dos mortos que é um instante!"
E assim surgiu a expressão "hades cá vir". De facto, nós portugueses somos uns génios e grandes inventores...
Brevemente voltarei com mais capítulos d' Os Inventores de Palavras, espero que este esteja do vosso agrado, do meu está, se também estiver do vosso, melhor ainda, se não gostarem, digam na mesma, achincalhem, eu quero é saber opiniões. Saudações ao Hades e a todos vocês.

Escrito por: João Cacelas às 16:26
Ligação directa | Comentar | favorito
|
8 comentários:
De paula go a 2 de Setembro de 2008 às 22:03
pois bem, já cá estou João e desta para te dar os parabéns(mais uma vez) ..destacáveis não é para todos :D


De João Cacelas a 2 de Setembro de 2008 às 23:57
Muito obrigado!
Já é o 2º destaque...prometo que se chegar ao 3º escrevo aqui alguma coisa de jeito.


De Nuno Aer a 3 de Setembro de 2008 às 00:01
Ora aqui está um texto pronto a incluir num dos prontuários mais modernos! Finalmente alguém se dedica a algo tão produtivo como descobrir a origem da expressão "Hades cá vir"!

Parabéns pelo blog!


De João Cacelas a 3 de Setembro de 2008 às 00:13
Alguém tinha que o fazer! :)
Obrigado pela visita e respectivo comentário. Volta sempre que queiras...caso tenhas gostado, até te dizia "hades cá voltar", mas ainda me aparece o sacana do Hades e não me dava mesmo jeito nenhum ser decepado ou ficar com uma ou outra tripa de fora. Era deveras chato.
Obrigado!


De Nuno Aer a 3 de Setembro de 2008 às 00:20
Voltarei sempre que houver actualizações! O RSS, ou lá o que é, há-de me avisar!


De João Cacelas a 3 de Setembro de 2008 às 14:49
Ok! És sempre benvindo(a)! :)


De princess-mrt a 3 de Setembro de 2008 às 22:00
fantastico

realmente explicaçao 5 estrelas

ca na minha terra usamos a expressao hades no dia a dia mesmo sem dar-mos por isso

é sempre bom de onde vem as palavras que usamos
lol

bjks (^-^,)


De João Cacelas a 4 de Setembro de 2008 às 14:16
Diria mesmo que é uma explicação do catano.
Beijinhos.


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds