Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

A estrada...

Este poema que aqui postei, a letra de uma música do grande Jorge Palma é simplesmente maravilhoso. E quando digo que bem podia ter sido eu a escreve-lo, é porque sinto isso mesmo. Porque acho que enquanto houver estrada para andar, nós vamos continuar. Faz todo o sentido, não acham? Gozar o nosso caminho nessa estrada, enquanto houver estrada para andar...desfrutar a viagem. Sem pensar se é já ali que acaba a viagem, ou se ainda falta muito para o fim da estrada, não pensar nisso...gozar a viagem e nada mais...
Mas, às vezes, temos uma estrada, cujo comprimento não sabemos, não sabemos se acaba já ali, naquela curva ou se é a viagem de uma vida. Mas a rota dessa estrada é tão boa e sabe-nos tão bem viajar nela, sentimos uma felicidade imensa, nunca antes sentida. O que devemos fazer, então? Desistir? Só porque não sabemos o que nos espera nessa estrada? Se tem muitos buracos, curvas ou se é uma estrada daquelas em dá gosto viajar...de forma livre, sendo feliz durante a viagem. E o que fazer quando alguém tem uma estrada dessas, mas não aceita a viagem, só porque não sabe como ou onde termina a estrada? Mesmo que o caminho que já fez, tenha sido percorrido de felicidade, mas mesmo assim se recuse à viagem por medo. O que fazer!? Eu cá, tenho uma estrada, que estou a gostar, a adorar percorrer, mesmo que não saiba onde acaba ou se acaba. Mas uma coisa sei, esta é a estrada da minha vida, a melhor viagem que já tive ou que irei ter, e isso, ninguém me tira. Mas quero percorrer muitos e muitos mais quilómetros nessa estrada. Se assim me for permitido...


P.S: Peço desculpa desde já, se o texto estiver confuso, mas  devido ao adiantar  da hora e ao meu cansaço  é o que se arranja. Amanhã revejo o texto e  reescrevo-o, se necessário.
Obrigado.
sinto-me: "queer" (estranho)
Músicas, cantigas, melodias e seus semelhantes: A Gente Vai Continuar, Jorge Palma
Escrito por: João Cacelas às 03:00
Ligação directa | Comentar | favorito
|
1 comentário:
De Indíviduo que deseja colocar um comentário, mas que como é envergonhado e tímido, prefere manter assim o anonimato... a 15 de Novembro de 2007 às 13:00
Primeiro, parabéns pelo blog!
Quando vi o teu perfil, fiquei estupefacta com a tua idade. És uma raridade e denotas uma maturidade a todos os níveis que não combina com a idade biológica que tens.
E comento agora porque me sinto tentada a isso... De facto a estrada só termina quando mudarmos de direcção, mas muitas vezes o medo atraiçoa-nos e leva-nos a , por momentos, querer ficar parados . Simplesmente parar, ou porque nos vêm á lembrança trajectos de outra ou outras estradas percorridas no passado, ou porque achamos que não sabemos viajar. Em criança lembro-me de cair a andar de bicicleta e depois o medo era tanto que foi difícil retomar...
Quando com muitas estradas e muitos Kms percorridos, chegamos á conclusão que não sabemos viajar, precisamos de ajuda, tempo e paciência para recomeçar de novo . Tu tens de facto muitos kms á tua frente, cheios de coisas boas e paragens obrigatórias e necessárias. Se calhar, muitos que te lêem têm muitos Kms percorridos com muitas curvas, buracos, precipícios e aí sim, precisam de acreditar que há estradas diferentes...E há!



Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds