Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008

Miguel Ângelo e o seu grande amigo, o urso branco de peluche

"O último disco dos Delfins já tem nome. "A Solidão do Sonhador e Outros Voos do Grande Urso Branco" sai no próximo dia 10 de Novembro, segundo garantia dada por Miguel Ângelo ao diário Correio da Manhã.

A escolha do título prende-se com a amizade estabelecida entre o vocalista da banda de Cascais e um urso de peluche branco que o tem acompanhado no último ano e meio e cuja presença é definida como "estranha"." in MusicaOnline.

O quê?! Acham a amizade entre o Miguel Ângelo com um urso de peluche branco estranha?! Estranho, estranho é deixarem os Delfins editar mais um disco. Isso sim, meus amigos, é que é estranho. Agora, o Miguel Ângelo ter como melhor amigo um urso de peluche branco...isso é só implicância! Que mania que as pessoas têm de implicar com os Delfins por tudo e por nada pá! Que não cantam nada, que a música deles não vale nada, está bem que é tudo verdade, mas deixem lá o rapaz ter um ursinho de peluche como melhor amigo pá! Ao menos assim, canta só para o urso e não nos chateia a nós. 

Agora a sério: Miguel pá, eu não sei muito bem que substâncias andas tu a tomar, mas olha que ter um urso branco de peluche como melhor amigo é um bocadinho para o estranho rapaz, então tu não sabes que os ursos brancos de peluche são muito traiçoeiros? Não tarda nada, está nas revistas a contar tudo sobre ti! Assim como assim, que tivesses escolhido um panda de peluche, que esses sempre são mais fiéis. E muito mais fofinhos. Depois não digas que eu não te avisei...

 

Nota: Mal posso esperar para ouvir a canção que o Miguel Ângelo dedicará ao seu grande amigo, o ursinho branco de peluche.

Escrito por: João Cacelas às 15:25
Ligação directa | Comentar | favorito
|
16 comentários:
De princess-mrt a 2 de Outubro de 2008 às 18:26
epa concordo contigo
prefiro o panda
principalmente depois de ter ido ver o panda do kung fu
adoro aquele panda balofo


De João Cacelas a 2 de Outubro de 2008 às 18:55
Esse ao menos podia servir de guarda-costas ao Miguel Ângelo.


De andante a 4 de Outubro de 2008 às 01:23
eh pah és mesma tone

então acreditas em tudo o que te dizem?

E o que dirias do Tom Hanks no filme naufrago? Que tb não estaria bem? Eh pah mas tem lá calma, digo-te que aquilo era um filme..n era a sério, believe me


Este post faz-me realmente pensar que tipo de gostos musicais tens tu


De João Cacelas a 4 de Outubro de 2008 às 14:03
A sério? O "Naufrago" é um filme? Não! Mas já agora: quem é que aqui falou nisso?
Dos Delfins não gosto, isso é certo. Ao que parece tu gostas, ainda bem para ti.
Chamar-me tone ou que seja lá isso é que já não é muito bom.
E caso não saibas, e isto é um aparte, o que aconteceu no filme "O Naufrago" não é assim tão ficcional quanto isso. É possível que uma pessoa, quando está só numa ilha, tenha necessidade de falar com alguma coisa. É claro que não com uma bola, mas com um "amigo", uma espécie de esquizofrenia, entendes?




De andante a 4 de Outubro de 2008 às 16:10
sim é verdade!
Não ligues ao tone, tava a brincar ctg!
De qualquer das formas dizes que não gostas, ok gostos não se discutem
Só acho que o facto de não gostares, não significa que se tenha logo de gozar por isto ou aquilo
Dizes que não cantam nada, eu sinceramente acho que mesmo assim será do melhor nacional.
Tu conhecerás muitos melhores?
Lá por um Bruno Nogueira gozar com eles não significa que tenhamos de ir tds atrás disso. aliás esses humoristas até gozam da própria mãe
Depois dizes que mal podes esperar pela música dedicada ao seu ursinho, mas dizes que não gostas
Será tipo:"Quem desdenha quer comprar?"
Ou haverá dois joões dentro de ti?
Mesmo que possa gostar do som, eu vou ter de ser obrigado a não gostar, é isso?
Era só para tentar perceber, desculpa

Mas tem de se levar na boa, o teu blog anda um pouco à volta da tertúlia cor de rosa



De João Cacelas a 4 de Outubro de 2008 às 16:43
Por acaso até não costumo ver ou ler coisas do Bruno Nogueira.
Claro que podes e tens o direito de gostar. Agora, eu é que escrevo aqui e tenho direito a expressar a minha opinião, tal como tu tens o direito de expressar a tua.
A frase do "mal posso esperar" é em tom de ironia. Porque quer queiramos, quer não, esta história do urso (contada pelo próprio Miguel Ângelo) é do mais ridículo que pode haver e é nesse sentido que escrevi o post. Nada mais. Seja verdade ou não, é estúpido e ponto. E o porquê de ter sido um urso branco e não outro peluche qualquer? Era por aí que queria brincar. Entendes? Fosse os Delfins ou fosse uma banda que gostasse, ter um urso de peluche como "amigo" e inspirar-se nele para um álbum é ridículo.
Em relação à "tertúlia", o que te posso dizer é: tem dias.
Eu escrevo da actualidade, sobre qualquer tipo de temas, uns mais ridículos e dignos de facto, da "tertúlia", como o da Carolina Salgado, este dos Delfins, etc. Mas estes textos são raras excepções, porque o que escrevo mais é sobre costumes dos portugueses, política, em suma, tudo o que se passe na actualidade. Mas com certeza que não leste o blogue todo, nem tens que o fazer. Eu quando não gosto de uma coisa não a leio, tal como tu não o deves fazer.
Nota: desculpa lá o texto a modos que longo.
Fica bem.
Ah, e em relação ao "esses humoristas até gozam com a própria mãe", eu acrescento "até gozam com eles próprios", mas ser humorista é isso mesmo: ter a capacidade e coragem para gozar com aquelas coisas que muita gente não gosta, só porque não parece bem, etc,etc.


De Indíviduo que deseja colocar um comentário, mas que como é envergonhado e tímido, prefere manter assim o anonimato... a 4 de Outubro de 2008 às 20:08
Claro que podes e até tens o direito de não gostares. aliás até é moda não se gostar, quando tb foi moda ter-se gostado, enfim...

Dizes que não li o blog inteiro e é verdade; assim como pelo teu comentário posso dizer que não conheces muito delfins.Dizes que a história - que não é bem história- é ridícula porque não conheces bem o grupo em causa.. E isso também tens de admitir. Mesmo que a história soe a algo de ridículo

Bom, mas também se disseres que temas como nasce selvagem ou lugar ao sol não te dizem nada se calhar o melhor é nem falarmos mais nada, isto é, se a música deles ainda conta para alguma coisa.

Se calhar deturpaste esta histórinha à tua maneira, porque convinha pegar por alguma coisa, não? ou porque dizes que não gostas

Imagina que era agora gozares com a Mariza só porque ganhou um prémio requintado europeu?
Achas que faria sentido pegar por isso?
Por vezes há gozos que não se percebem muito bem, só isso!

É que esta história parece mal contada, não achas?
E não parecia ser digno de 1 post



De João Cacelas a 4 de Outubro de 2008 às 20:45
Não. Apenas escrevi sobre o que li. Nada mais. A haver deturpação, houve por parte da comunicação social, digo eu...
Ouve, a sério, é muito giro sim senhor, defenderes os Delfins mas não procures coisas onde elas não existem. Manipular? Por amor de Deus...
Se a Mariza também tivesse editado um álbum inspirado por um urso branco que é uma presença algo "estranha teria escrito sobre ela. É claro que é digno de um post. É estúpido, catano.
Mas já que tens tanta certeza, e fora de brincadeiras como a do urso de peluche, elucida-me então qual a história do urso branco, é sempre bom saber mais um pouco.
Nota: Porque é que a malta que é fanática de uma coisa pensa sempre que só porque um tipo escreve um texto parvo sobre uma situação ainda mais parva, quer manipular as coisas contra os Delfins? Por amor de Deus, eu quero é que eles sejam felizes, que vendam muito e que dêem muitos concertos e que tenham muita saudínha pá!
E assim estamos entendidos.


De andante a 4 de Outubro de 2008 às 21:47
"Era uma vez uma lenda que era um sonho e aconteceu"
Lembras-te daquela história de um golfinho saído de uma lenda atlântica, eleito pela família para cumprir a profecia do Canto híbrido junto dos homens?
Talvez tenha a ver com isso não achas?
Se não percebeste patavina do que tou a falar então concluo, que não conheces a história do delfim e como tal não podes perceber a história do urso branco que poderá ser a sua ressureição
Agora das duas uma: ou não te lembras ou não sabes...

curioso não é eu tar a defender delfins mas sim o que eles podem significar
Engraçado é tu falares assim com todo o vontade, e eu cá só estaria a tentar esclarecer

" nunca mais ninguém o viu. Conta-se que teria encontrado um ermita, que sentado no cume contava uma História a um grupo de viajantes..."

Só dava um pequeno achega pois não haveria espaço para mais
Acredito que a comunicação social tb encubra um pouco a verdadeira história

Aquele abraço




De João Cacelas a 4 de Outubro de 2008 às 21:46
E por fim, desculpa lá mas como não te identificas não sei se és o "andante", se és outro anónimo fã dos Delfins, se és o próprio do Miguel Ângelo ou o Fernando Cunha (esse não deves ser) ou outro dos restantes 3 elementos da banda, mas era apenas para acrescentar algo que não escrevi no comentário anterior, que é o seguinte: tenho para mim, que para dizer que gosto ou não de algo, dá sempre jeito saber (sobre) e conhecer esse "algo", logo está respondida a tua questão sobre eu não conhecer os Delfins. Não vou dizer que não gosto de pernas de rã sem nunca ter provado. Não conheço, de facto, a história do urso branco (apenas o que li numa entrevista à banda, em coisas ditas pelos elementos da banda, que penso que deverão saber melhor que tu sobre as coisas deles). Conheço o trabalho deles, ou seja, a sua música. E como não gosto desta, é natural que não me vá dar ao trabalho de saber histórias de "backstages" e coisas do género. Até já fui a um concerto deles, com um amigo meu que é fã deles e nem por isso mudei de opinião. "Saber amar", "Azul", "Soltem os prisioneiros", "Quando alguém nasce", "Sharon Stone", "Um lugar ao Sol", "Para lá do Universo (do mais recente álbum) são de facto músicas que não me dizem nada. Não me aquecem nem me arrefecem. A "Baía de Cascais" até é engraçada, pelo facto de eles serem de Cascais e o catano, agora, de resto, não me encantam. A da Sharon Stone então...por isso olha, "não sejas silly, não sejas silly, não sejas sillyyy boyyy!!" que eu não tenho nada contra eles. Não gosto deles, e penso que estou no direito de, no meu blog fazer um texto sobre uma coisa estúpida ou o lápis azul já voltou e ninguém me avisou?
Abraço sincero, que curtas muito Delfins e aproveita para os veres muitas vezes ao vivo neste último ano deles. Fica bem e um bom fim-de-semana.


De andante a 4 de Outubro de 2008 às 22:10
Caro joão

Pelo meu comment anterior já deves ter percebido onde queria chegar
Está tudo esclarecido,nada mais.Como achei que o que estava escrito no post mereceria um esclarecimento foi aí que intervi nada mais.Se há alguém que nos possa ajudar a esclarecer algo é bom,não achas?
Não sei se teria tanta certeza se o postarias se fosse atribuido a uma banda/artista que curtisses mesmo. Eu cá achava mais piada se me dissesses que até gosto deles, mas a história foi bizarra e achei colocá-la, porventura haveria um motivo, razão
Agora como não gostas e reforças a ideia disso, que é legítimo dizermos se calhar terá contribuido para o post. Apenas isso, se pensou, mas se calhar merece um pequeno esclarecimento. De resto tudo ok!
Mas do relativo gozo que lhes é dirigido muitas vezes acho que o fanatismo aplica-se mais àqueles que gozam efectivamente com eles. Então a fixação do Bruno nogueira por eles de tão escandaloso e ridículo que é faz-nos pensar: "Vá lá façam o favor de se rirem com ele, pa não ficar sozinho" e eu acho-o um excelente humorista, não tinha necessidade de ir por aí.Não me lembro de o gozar com os xutos por exemplo que se calhar até seria mais fácil, por estarem mais expostos.Porque será?? Nada de fanatismos apenas acho que uma banda com anos e anos de carreira mereceria mais respeito e atenção, aliás a mesma imparcialidade que normalmente é aplicada ao xutos ou gnr
Não haveria bandas que seria mais fácil "gozar"?
É a eterna questão que se coloca mas há coisas que nunca mudam


fica bem



De João Cacelas a 4 de Outubro de 2008 às 22:36
Claro que troçaria na mesma, caso fosse uma banda que curto mesmo. Ainda bem que falas em Xutos e GNR, pois sou-te sincero: a meu ver os Delfins têm mais valor que esses, muito sinceramente. E concordo plenamente, mas gozar com os Xutos...eles já gozam com eles próprios! 4 cinquentões, todos com uma espécie de "crise de meia-idade", que gostavam de ser como os Stones, mas nem lá perto chegam. Quanto aos GNR, olha, não gosto. Todo o "surrealismo" das letras. Eu pinto e detesto surrealismo, deve ser por isso que não gosto deles e daquelas letras surreais.
Infelizmente só tenho visto o B. Nogueira n'Os Contemporâneos e desconheço as suas piadas sobre Delfins, mas isso arranja-se no youtube, com toda a certeza.
Cumprimentos e bom fim-de-semana.


De Indíviduo que deseja colocar um comentário, mas que como é envergonhado e tímido, prefere manter assim o anonimato... a 28 de Outubro de 2008 às 20:22
ke miguel angelo e ?e ke tenhu um colega meu ke tem um ursu e aforma genetica do migel tase a deformar a culpa pode ser das relaçoes sexuais entre eles?e assim ele parece um ursu e talhe aparecer alguns pelos mt grandes por favor ajudem o meu amigo e ke ele ja n aguenta ter relaçoes sexuais com o seu urso.por favor respondem e enviem para o meu mail so a resposata ou ent uma fotogrefia como ele pode ficar...


De João Cacelas a 28 de Outubro de 2008 às 20:28
Primeiro, tem que me fornecer o seu e-mail. Só depois o posso ajudar com o drama do seu amigo e do urso, ou do urso e do amigo ou dos ursos e o catano.


De Indíviduo que deseja colocar um comentário, mas que como é envergonhado e tímido, prefere manter assim o anonimato... a 28 de Outubro de 2008 às 20:50
n precisa de saber o meu email e so responderme ...ele ta mmo aflitu


De João Cacelas a 29 de Outubro de 2008 às 14:33
Bom, o pior que lhe pode acontecer é começar a ir ao Hiper e tentar "caçar" as trutas que por lá andem.
A solução é ele parar de ter relações sexuais com o urso em questão. Você como amigo dele, pode tentar alertá-lo para o enorme risco que é manter relações com um animal de pelúcia. Diga-lhe que há opções mais saudáveis como uma boneca insuflável, por exemplo.
Ah, e recomendo também alguma terapia ao seu amigo.
Nota: sinto-me em posição de poder afirmar que nem a grande Maya deu conselhos tão ridículos sobre uma coisa tão estapafurdia como esta.


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds