Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Entrevista com Carlos Queiroz (seleccionador nacional de futebol)

Após a goleada sofrida frente ao Brasil, por expressivos 6-2, a contestação à volta de Carlos Queiroz tem vindo a aumentar de tom, dia após dia. O Hemiciclo entrevistou o seleccionador nacional para compreender o que vai mal na Selecção Portuguesa.

- O Hemiciclo: Bom dia professor Queiroz, o que é que falhou frente ao Brasil?

- Carlos Queiroz: Muito sinceramente, continuo sem entender o porquê de tanta crítica ao nosso trabalho. Sim, é verdade que perdemos 6-2 frente ao Brasil, mas houve vários pontos positivos a retirar desta partida...

- O Hemiciclo: Quais professor?

- Carlos Queiroz: Olhe o golo do Brasil, aquele do Elano, por exemplo. Foi ou não foi um belo golo? Já é um ponto positivo. Também gostei muito da jogada para o terceiro golo do Brasil, futebol bonito, bem jogado, positivo...

- O Hemiciclo: Já que mencionou o futebol bonito...essa não foi uma das promessas aquando da sua chegada à Selecção? A de proporcionar futebol bonito aos adeptos?

- Carlos Queiroz: E vai-me dizer que não tenho conseguido? Desculpe mas se o jogo que o Brasil fez contra nós não foi bonito, então não sei o que seja futebol bonito...

- O Hemiciclo: Mas professor, os adeptos certamente desejariam ver futebol bonito, mas praticado em Portugal...

- Carlos Queiroz: Desculpe, mas não posso concordar consigo. Os nossos adeptos têm visto futebol muito bonito em Portugal, quer um exemplo? No jogo contra a Albânia: foi ou não foi bonito ver uma selecção de nível medíocre como a Albânia a jogar com apenas dez jogadores e ainda assim a conseguir fazer frente a Portugal, com algumas jogadas bem interessantes? Eu acho que foi bonito. Olhe a Dinamarca: que em 3 minutos deu a volta ao jogo em Alvalade, outro exemplo de futebol bonito.

- O Hemiciclo: Pois...

- Carlos Queiroz: E digo mais: porque é que acha que em todos os jogos da Selecção o Miguel Veloso aparece com um penteado novo? Isso não mencionam vocês! Nem o facto dos jogadores terem que usar maquilhagem nos jogos. Isto tudo é em nome da beleza do futebol! Eu já fiz mais pelo futebol bonito em Portugal nestes meses do que o Scolari nos 6 anos que cá esteve!

- O Hemiciclo: E por falar em Scolari, o que acha das comparações que a imprensa tem feito em relação ao seu trabalho na selecção com o de Scolari?

- Carlos Queiroz: Desculpe, mas sobre isso não falo. Não me fale de Scolari por favor.

- O Hemiciclo: Mas foi o professor quem mencionou o nome de Scolari...

- Carlos Queiroz: Não me lembro disso... e olhe que tenho uma óptima memória, é por causa de uns comprimidos que ando a tomar. Aquilo é uma maravilha.

- O Hemiciclo: Pois. Mas professor, afinal o que tem falhado na Selecção?

- Carlos Queiroz: O principal problema com que me tenho deparado tem sido a barreira da linguagem...

- O Hemiciclo: Fala de Pepe e Deco, os naturalizados?

- Carlos Queiroz: Não, não. Falo do Maniche, do Bosingwa, do Cristiano Ronaldo, do Danny e do Hugo Almeida. Você já os ouviu a falar alguma vez? E para lhes tentar explicar o que quero que façam? Gostava de saber como é que o raio do brasuca conseguia pá...

- O Hemiciclo: Mas no caso de Ronaldo...se bem me lembro, o professor já o treinou em Manchester...

- Carlos Queiroz: Mas em Manchester tinha a ajuda do ex-cunhado dele, que serve como intérprete do Cristiano no clube, daí ele jogar muito bem lá e aqui (na Selecção) não fazer nada de jeito.

- O Hemiciclo: Faz sentido...então e como é que o professor pensa em dar a volta à actual situação da Selecção?

- Carlos Queiroz: É como lhe digo: há que resolver este grande problema que temos, da barreira da liguagem...

- O Hemiciclo: E como está a pensar resolver isso?

- Carlos Queiroz: Já falei com os responsáveis da FPF e decidimos que o melhor a fazer é inscrever o Danny, o Hugo Almeida, o Ronaldo, o Bosingwa e o Maniche no programa Novas Oportunidades, para aprenderem português. O presidente Madaíl já falou com o Primeiro-Ministro, que achou boa ideia, já nos comunicou que quer fazer uma cerimónia para assinalar o facto, onde irá distribuir alguns Magalhães pelos jogadores da Selecção, aproveitando assim para mais uns momentos de publicidade gratuita aos pequenos computadores.

- O Hemiciclo: Bom, professor, muito obrigado pela entrevista e desejo-lhe a maior sorte do mundo com a Selecção e que consiga o apuramento para o Mundial.

- Carlos Queiroz: Ora essa, obrigado eu, e já agora... se me permite fazer-lhe um pedido... seria pedir muito se me desenhasse uma baliza com um guarda-redes? Era para tentar explicar ao Hugo Almeida que é para ali que ele tem que rematar a bola para marcar golo e não para a bancada como faz sempre. 

Escrito por: João Cacelas às 15:59
Ligação directa | Comentar | favorito
|
11 comentários:
De espaço da raquel a 25 de Novembro de 2008 às 15:50
, pra ele


De João Cacelas a 25 de Novembro de 2008 às 20:24
Eu até era gajo para lhe fazer um manguito, mas aqui nos bonecos não há nenhum Zé Povinho, o que a meu ver é uma lacuna enorme. Vou-me queixar ao Sapo.


De espaço da raquel a 25 de Novembro de 2008 às 20:34
, podes crer, qd fores, diz-me, eu vou contigo, e com o frio que tá, bem preciso de dar umas traulitadas em alguém


De João Cacelas a 26 de Novembro de 2008 às 14:15
Ok, eu depois aviso. :)


De espaço da raquel a 26 de Novembro de 2008 às 17:13
mas dizes mesmi, ando mesmo a precisar de dar o gosto as mãos e aos pés


De João Cacelas a 26 de Novembro de 2008 às 22:44
Está bem. Eu levo uma moca de Rio Maior, com aço e arame farpado nas pontas. E um outro prego espetado vá.


De espaço da raquel a 27 de Novembro de 2008 às 15:44
xiii, que biolência


De João Cacelas a 27 de Novembro de 2008 às 19:15
É só alguma. :)


De espaço da raquel a 28 de Novembro de 2008 às 12:14


De propagandaearte a 26 de Novembro de 2008 às 22:54
Caro amigo João :
O que dizes pode até parecer engraçado, mas eu só queria ver era se o Felipão (Scolari) ainda treinasse a seleção lusa. Provavelmente seria seis a dois ainda. Só que a favor de Portugal, porque com o Dunga...Sei não. Se conseguirmos chegar até a Copa já é pra dar graças a Deus. O "professor" gosta mesmo é de botar camisas "bonitas". Futebol aqui no BR virou símbolo máximo de roubalheira (em todos os sentidos) e despreocupação por parte dos jogadores pela grana imensa que ganham, fora os contratos publicitários. Vide o Flamengo e o Vasco que já estão apanhando tanto que beiram uma internação hospitalar.
O Ronaldo "rolha de poço", por exemplo, está sendo treinado pelo Flamengo, dando uma despesa incrível ao clube e já disse que vai se aposentar daqui a pouco. É claro ganhando 5 milhões de dólares anuais VITALÍCIOS da NIKE somados aos milhões que já tem, vc acha que ele ainda vai precisar se preocupar em jogar pra alguém? Está mais é a fim de pegar aquelas "meninas"pra se esbaldar.
De qualquer forma, está ótimo o seu post.
Um grande abraço do Marco.


De João Cacelas a 27 de Novembro de 2008 às 12:59
Caro Marco,
tenho que concordar com tudo o que disse, especialmente com a falta de capacidade do Dunga para treinar a selecção brasileira e do seu gosto por camisas "bonitas". Também tem razão ao afirmar que com Felipão (cá era apenas Scolari) o resultado teria sido inverso. Mas tal como Dunga revela uma grande incapacidade, também Queiroz o tem demonstrado, com exibições paupérrimas contra adversários vulgares (à excepção do Brasil), que comprometeram muito a qualificação para a Copa do Mundo (Portugal tem que ganhar todos os jogos que restam para ir à Copa, o que será quase impossível). E claro que há uma grande diferença entre Brasil e Portugal. Há Kaká, que é um génio e é humilde, ao contrário de Cristiano Ronaldo e há sempre outros como Robinho, Diego, Ronaldinho, Luis Fabiano, Adriano, enfim, jogadores que por si só resolvem uma partida.
Desconheço a situação quanto aos clubes brasileiros, mas se é assim como diz, a culpa é do futebol europeu onde os jogos são pagos a peso de ouro e é claro que os futebolistas da América do Sul não se querem ficar atrás...
Ronaldo foi provavelmente o maior craque da década de 90, foi pena todas as lesões que ele teve porque senão de certeza que teria ficado entre Pelé, Eusébio, Maradona, Cruyff e Di Stefano e nunca teria enveredado pelos caminhos que enveredou, mulheres, bebidas, etc.
Abraço Marco.


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds