Terça-feira, 17 de Março de 2009

Mais uma Whitney Houston a nascer

A cantora Rhianna que recentemente andou nas luzes da ribalta por ter sido espancada brutalmente pelo namorado, um rapaz que também canta (não me perguntem o quê, que eu não faço a mínima ideia) e que passado uma semana anunciou o casamento com o seu "amor" quer protagonizar o remake do filme " O Guarda-Costas", cujo original foi rodado em 1992 sabem por quem? Por Whitney Houston...

É impressão minha ou estamos aqui a começar a identificar um certo padrão? Teremos uma nova Whitney Houston a nascer?

E isso não é necessariamente bom...basta lembrar que tal como Rhianna, Whitney Houston amava muito o seu marido que também a "amava" muito, embora o demonstrasse através de carinhosos murros e pontapés, pedindo sempre desculpa no fim, com lindas declarações de amor. E daí às drogas, álcool e carreira em risco foi um tirinho.

E pronto, foi a primeira e última vez que se escreveu sobre Rhianna no Hemiciclo.

Escrito por: João Cacelas às 09:15
Ligação directa | Comentar | favorito
|
20 comentários:
De Tudo SobreTudo a 17 de Março de 2009 às 09:54
He He ... Essa miúda vai-se meter em trabalhos e sérios! Parece-me que a ignorância e falta de experiencia de vida fazem parte das suas muitas características!
Em relação ao filme... que se deixe ficar pelas musicas!
TST


De João Cacelas a 17 de Março de 2009 às 13:10
Eu não gosto nada da música da moça mas é triste ver uma pessoa jovem deixar-se levar por um tipo que segundo consta a espancou só porque ela lhe pegou herpes. E só nisto, está tudo dito...


De Tudo SobreTudo a 17 de Março de 2009 às 15:58
Dizem muita coisa... mas enfim... nada justifica a atitude dele!! Mas mais estupida é ela casar-se com um miudo que a espancou... e que tem 19 anos!!
É triste tanta ignorancia!
TST


De João Cacelas a 17 de Março de 2009 às 19:29
É ignorância, falta de inteligência e principalmente, como disse a Maria no seu comentário, falta de amor-próprio.


De Maria a 17 de Março de 2009 às 13:09
Ele há com cada uma mais masoquista... O que comprova que, por mais dinheiro que se tenha, o amor próprio não se compra ao quilo na farmácia.
Pouco me interessa se a "menina" se identifica com a Whitney... Agora com um marido, namorado, whatever, assim, aconselho vivamente a contratação de um - e urgente!

;)


De Maria a 17 de Março de 2009 às 13:10
... De um guarda-costas, bem entendido :D!

;)


De João Cacelas a 17 de Março de 2009 às 13:15
Eu entendi. ;)
Para bom entendedor, meia palavra basta! Ou neste caso, basta saber o assunto que se trata. ;)


De João Cacelas a 17 de Março de 2009 às 13:13
Se calhar é melhor é um batalhão de seguranças mas que não sejam como os do Nino Vieira porque esses mal toparam o que ia acontecer meteram-se logo a andar. :)
Eu também não gosto nada da música dela mas choca-me ver como as mulheres se deixam levar pela conversa típica do marido ou do namorado do "desculpa, estava irritado. Foi a última vez, prometo...". E é claro que depois sabemos que não foi nem será a última vez...
É triste saber que há por aí muitas Rhiannas...


De Treze a 17 de Março de 2009 às 13:46
A questão é mesmo que não há muitas Rhiannas por aí... Essa para além do caso na policia e das provas tem o que muitas não têm - dinheiro. E isso ajuda e muito, acredita.

No caso dela, é como diz a Maria, não se compra auto-estima na farmácia, logo...

De outras consigo ter uma certa compaixão, dela nem pensar!


De João Cacelas a 17 de Março de 2009 às 13:55
Nestes casos de violência marital/doméstica, mesmo com as provas e mesmo com todo o dinheiro do Mundo há sempre aquele pensamento do "foi só desta vez, ele nunca mais me faz isso". Perdoa-se sempre.
Claro que o dinheiro não compra essa auto-estima, daí o factor dinheiro não contar assim tanto. Acho eu.


De Treze a 19 de Março de 2009 às 03:01
Não me expliquei por completo. Quando falei no dinheiro era referente às mulheres que não têm provas e que vivem de certa forma dependentes da pessoa que tanto as "ama".


De João Cacelas a 19 de Março de 2009 às 08:23
Provas todas têm: no corpo. É só irem à polícia apresentar queixa que depois aqueles manos tipo CSI (mas sem aqueles exageros todos) tratam disso tudo.
Quanto ao dinheiro, já não há assim tantas mulheres dependentes do marido, mas sim, há algumas. Mas para essas situações existem organizações como a APAV e outras.


De Treze a 20 de Março de 2009 às 00:56
Acredita que não é assim tão fácil (ou sou eu que sou ingénuo - e isso é outra história). O que sei é que quem agride tem que ser apanhado emflagrante. Ou tinha, acho que já alteraram essa lei ou pretendem.

Mas não é isso que interessa. O que importa aqui é que a Rhianna é otária (do meu ponto de vista, claro). Mas quem sabe, pode ser ele mude...


De João Cacelas a 20 de Março de 2009 às 11:14
Isso do acto em flagrante já alteraram, acho. Mas sem certezas.
As provas físicas existem. Se estivéssemos num mundo perfeito serviriam perfeitamente para resolver os casos mas como não estamos e a pessoas que são agredidas não se sentem corajosas (por vergonha ou seja lá o que que for) para apresentar queixa contra os agressores, o que é compreensível boa parte dos casos não chegam aos tribunais.
Quanto à Rhianna, tens toda a razão. Mas o tempo há-de ajudá-la a mudar.


De Maria a 17 de Março de 2009 às 23:19
... Realista é saber que a ausência de amor próprio afecta-nos a todos, ricos ou pobres, famosos ou anónimos. E a escala alarga-se! Reflexo de um mundo cada vez mais individualista, acho. E doente!

;)

P.S.: E "tungas", lá vai mais uma dose de pancada...


De João Cacelas a 17 de Março de 2009 às 23:55
Eu tenho amor que dê para dar e vender! Para mim e para os que amo! :)
Mas sim, a verdade é que somos (humanos) cada vez mais egoístas...


De Maria a 18 de Março de 2009 às 00:17
Uma excepção, claro está :D! Mas olha que um post com o título "Eu tenho amor que dê para dar e vender" até que não era má ideia... Seria o blogue mais visitado ;D

Mais egoístas e, paradoxalmente, mais carentes...

;)


De João Cacelas a 18 de Março de 2009 às 00:39
Pois seria...não só pelos românticos ou pelos que buscam o amor mas também por aqueles que passam horas na net a ver outro tipo de "amor", vulgo pornografia. :)


De guiga a 18 de Março de 2009 às 15:35
Sim, essa moça desiludiu-me bastante. Mas enfim, é uma criança. E o facto de ser famosa, não lhe dá, obrigatoriamente, inteligência.
Enfim...
*.*


De João Cacelas a 18 de Março de 2009 às 18:30
Pois é. A vida tratará de lhe dar mais "inteligência".


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds