Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

25 de Abril Sempre (mas de preferência às segundas ou às sextas)

Aproxima-se o dia da Revolução dos Cravos, o dia em que Salgueiro Maia agarrou na sua chaimite e na sua malta e resolveu arrancar de Santarém até Lisboa para tirar do poder os malandros do Estado Novo e assim "acabar" com a ditadura.

E sabem qual vai ser o pensamento presente nas cabeças de boa parte dos portugueses acerca desta data tão importante para o nosso país? Não? É este: "porra pá, mas porque é que o raio do 25 de Abril este ano calha ao sábado e não à sexta-feira? Valha-nos o 1º de Maio que calha à sexta e já dá para se fazer um fim de semana prolongado."

 

Escrito por: João Cacelas às 19:07
Ligação directa | Comentar | favorito
|
12 comentários:
De Maria a 20 de Abril de 2009 às 20:04
E tens toda a razão: num local onde trabalhei - e que, só por acaso, é do Estado - faziam-se mapas de feriados logo que entrasse o ano... Era uma festa sempre que o pessoal vislumbrava fins-de-semana prolongados!

Muitos dos portugueses nem sabem o que foi e o que simboliza o 25 de Abril... Tanto que não sabem que estamos com outra ditadura em mãos...

;)


De João Cacelas a 21 de Abril de 2009 às 09:20
Daí ter colocado acabar entre aspas. :)


De Tudo SobreTudo a 20 de Abril de 2009 às 21:47
Mas é mais que óbvio!!
Em primeiro porque a diferença do antes e do depois nem é muita! Quer dizer, se nos lembrarmos que um preofessor não pode brincar com a suposta licenciatura do PM senão: Catrapumba - é despedido... onde raio estão os efeitos do 25 de Abril!?
À mais é que ser numa sexta ou segunda e gozar fim de semana prolongado! E os feriados que se lixem!!
TST


De João Cacelas a 21 de Abril de 2009 às 09:25
Esta devia ser uma altura para reivindicarmos os nossos direitos enquanto cidadãos de uma democracia. Direitos esses que cada vez se vão ainda mais pelo cano abaixo. E porquê? Porque nos deixamos levar pela corrente. Porque deixamos quem está no poder tomar todas as decisões sem questionar. E quando um povo deixa de lutar por aquilo que é seu de direito e mais, quando abdica dos seus deveres enquanto cidadão está a abdicar do mais sagrado que pode existir numa civilização: a Democracia e o direito de viver nela.
E em Portugal é precisamente isso que acontece.
Desculpa o discurso todo. Isto não é para ti. É um desabafo. Tenho que me dedicar à política. :)


De LuciaII a 21 de Abril de 2009 às 15:21
Rapaz estou contigo!!!


De João Cacelas a 21 de Abril de 2009 às 19:51
Já é um voto. :D


De Treze a 21 de Abril de 2009 às 11:24
Como é que o iluminados (com assento) ainda não se lembraram desta?
Até lhes dá jeito, não terem que dar uma desculpa rasca para irem de fds alargado...
Se bem que se lembraram da baixa de 5 dias sem atestado médico... Lá está, é o 25 de Abril a funcionar no seu melhor (ou então o pré-25, mas isso é outra história...)


De João Cacelas a 21 de Abril de 2009 às 19:48
Isto tudo já são (maus) hábitos que vêm de trás, antes do 25 de Abril, como bem disseste.


De LuciaII a 21 de Abril de 2009 às 15:19
fazia falta outro salgueiro maia porque não foi para "isto" que ele se revoltou...não ha valores, não ha respeito, e liberdade não é abusar de tudo e todos em proveito proprio...


De João Cacelas a 21 de Abril de 2009 às 19:50
Não digo que fizesse falta um Salgueiro Maia porque revoluções só com militares nunca saem lá muito bem, como aconteceu. A haver uma revolução teria que ser não há base da força mas sim do intelecto, uma revolução de mentalidades e de valores, isso sim faz falta. E animar a malta também faz falta. :)


De LuciaII a 22 de Abril de 2009 às 10:07
Tens toda a razão e acho o mesmo...falei no salgueiro maia porque faz falta mesmo algo neste país que quanto a mim tem todas as condições para vingar mas falta vontade, valores e inteligencia...


De João Cacelas a 22 de Abril de 2009 às 13:31
A boa e velha preguiça. :)


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds