Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

André Sardet e uma nova tipologia de músicas de amor e ainda uma ode à língua portuguesa

Olá tsé-tsés, aproveitei que tenho o jantar ao lume para cá vir assassinar saudades e porque tenho umas coisinhas que me andam a fazer uma certa "espécie" no meu cucuruto. 

Uma delas, é a nova(?) música do André Sardet. Não sou fã do moço mas também não posso afirmar que o detesto (enquanto cantor, claro está), sou neutro, como a Suiça. A canção em questão intitula-se "adivinha o quanto gosto de ti" e até tem um começo promissor: o rapaz gosta de uma jovem, fala-se em flores, em bilhetinhos, pernas a tremer, enfim aquelas coisas típicas do amor e das dermatoses nas pernas. Até aqui, tudo parece correr sobre rodas e  André Sardet resolve passar para o "nível seguinte" e pergunta à sua amada se ela consegue adivinhar o quanto ele gosta dela. Querendo demonstrar que o amor que sente pela moça é estratosférico, Sardet dispara um bonito "gosto de ti desde aqui até à Lua; gosto de ti desde a Lua até aqui". É pá, ó André: o Cosmos é tão grande, praticamente infinito e tu dizes à moça que só gostas dela desde aqui até à Lua? Olha que nos tempos que correm isso é muito pouco, é para aí o equivalente a dizeres "gosto de ti desde aqui até à Brandoa", sendo que na Brandoa até há mais charme e beleza que na Lua. O que devias ter dito era: "gosto de ti desde aqui até aos confins da Via Láctea, até onde o Homem nunca chegará, até ao Infinito e ainda depois disso e daí até aqui para aí umas vinte vezes". Assim, estava bem rapaz. Percebia-se mesmo que gostas da moça a sério e que não a queres só para dar umas pinocadas. É que essa da Lua já não pega. Mas, prosseguindo com a cantiga, receoso de ter dado um passo maior que a perna ao afirmar que gosta da jovem desde aqui até à Lua, Sardet canta "gosto de ti, simplesmente porque gosto", assim como quem diz "vê lá ó minha, não penses que eu estou mesmo apanhado por ti, só gosto de ti porque sim, porque não tenho mais nada para fazer de momento e porque até tens uma prateleira muito bem aviada ". Esta simplificação extrema do que é o amor e do que é o acto de amar eleva a canção de amor para um nível completamente diferente. Aqui, não temos a história de amor dramática, o amor impossível, ardente. Temos o amor simplesmente porque sim. O amor porque coiso, desde aqui até à Lua, desde a Lua até aqui mas só porque coiso. No seu lugar (do amor) bem podia estar uma Morçela de Arganil que não se notava grande diferença. Não estamos na presença de um amor louco mas sim de um tipo de amor com muita cautela, à boa maneira portuguesa: "gosto de ti, sim senhor, mas vamos lá com calminha que também gosto muito de bacalhau com natas e não é por isso que vou andar para aí a fazer maluquices para ter o bacalhau com natas." 

Bom, posto isto já estou mesmo a ver qual vai ser o alinhamento do próximo cd do Sardet: "Vou fazer ó-ó simplesmente porque tenho sono"; "Gosto de ti do Dolce Vita Tejo até aqui"; "Falo porque simplesmente abro a boca"; "Gosto muito de ti e de esparguete à bolonhesa também" e ainda o mega hit: "Vivo porque simplesmente respiro". 

Para terminar, queria dar aos parabéns ao pessoal do Sapo por ter destacado esta semana (ou na passada) um blogue em que o malandro do "ch" é completamente exterminado para dar lugar ao "x". Axo muito bem que o Sapo ajude a divulgar a língua portuguesa, pois fax-me comixão ver alguns blogues com textos xeios de erros. Viva o Sapo, que defende o uso do "x", essa tradixão tão noxa, tão portuguexa. Xama-se a isto, manter a xama lusa axesa.

Peço desculpa a quem esperava alguma coisa de jeito. Até daqui a uns dias.

Músicas, cantigas, melodias e seus semelhantes: Escrevo aqui simplesmente porque pressiono as teclas
Escrito por: João Cacelas às 21:05
Ligação directa | Comentar | favorito
|
33 comentários:
De anamariacharrua a 20 de Maio de 2009 às 22:34
João, bem visto! Se bem que só li o seu post por causa da tag "sexo"... aliás sexo tem x , logo a sapo está desculpada, pelo destaque....
Não fiz muito sentido, pois não? Não importa, gosto daqui... tem alguma coisa de jeito e...está desculpado!!


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 12:06
Fez algum sentido sim. Mais do que aquele que eu costumo fazer. ;)


De Maria a 21 de Maio de 2009 às 00:00
Espero que o jantar não se tenha queimado :D!

Eu sabia que não ias aguentar... Por acaso já tinha reflectido na "mensurabilidade" da coisa: típico do português actual deixar as coisas no limite do "universo conhecido" :D! Os americanos - que para nós têm sido exemplo (bem que o Socas agora quer contratar a equipa de imagem do Obama...) -, também não foram mais além da Lua... E trouxeram de lá uma pedra, que agora vai estar em exposição em Coimbra :D!

Esta canção faz-me chorar... De tão tacanha ser :D

;)


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 18:19
É a ti a e mim. ;)
Um calhau que veio da Lua em Coimbra?! É pá, isso é...quase fascinante!! Quase...
;)


De Regina a 21 de Maio de 2009 às 00:35
Foi mais forte do que tu...Eu até já sabia que isso não ia durar muito...Foram férias curtas...
Por acaso também reparei nessa do Sapo ter destacado um blog (que até dizia aqui o nome, porque ainda me lembro e confesso que já lá fui visualizar depois disso só para confirmar a continuação do assassínio da nossa mui nobre Língua) cheio de erros, mas pronto, eles lá sabem.
Tadinho do André Sardet . Ele é querido e já o vi actuar ao vivo antes de ter sucesso e depois de o ter (na Aula Magna) e por isso, és mau
Beijinho


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 18:21
Sim, sou mau. Queres adivinhar o quanto sou mau? Sou mau daqui até à Papua Nova-Guiné e de lá até aqui...sou mau simplesmente porque gosto...
;)


De Regina a 21 de Maio de 2009 às 21:02
Está certo! :D


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 21:13
E é tão bom ser mau assim...


De Regina a 22 de Maio de 2009 às 00:32
E vai mais uma volta...


De Lúcia a 21 de Maio de 2009 às 10:35
Gosto deste blog como daqui até à brandoa mas só se lá houver bacalhau com natas ou massa à bolonhesa :)


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 20:59
:D
Mas é só daqui até à Brandoa ou também da Brandoa até aqui? :)


De Lúcia a 22 de Maio de 2009 às 17:30
Vá tb pode ser da brandoa ate aqui. lol


De Peixe Frito a 21 de Maio de 2009 às 13:33
O homem fervilha em letras originais, como ele nunca antes escreveu (dá para confirmar que essa que falas, até nem é parecida à "foi feitiço", e outras do género) :P Mas realmente, eu também sempre achei assim "nhónhó", desculpa a expressão, o refrão dessa música. E sabes o que me provoca extremos arrepios-de-vergonha-alheia? É terem submetido uma série de crianças a um concerto privado com ele, e as coitaditas, ingénuas que se não o fossem tinham-se recusado a ir, e espancavam quem as inscreveu para se habilitarem a esse concerto, a cantarem também, todas contentes... O mundo está perdido. Vão ser essas crianças que no futuro vão gerir Portugal. Ainda mudam o hino para alguma música dele. looool ;)
Beijinhos.


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 21:03
Para uma música dele não sei mas talvez o convidem para compor um novo hino, uma coisa assim:
"Sou português simplesmente porque nasci em território português ou então porque simplesmente pedi a nacionalidade portuguesa após viver pelo menos 5 anos aqui...sou português desde o Algarve até ao Minho e também nos arquipélagos e dos arquipélagos até aqui...e é tão bom ser português."


De Paula a 21 de Maio de 2009 às 14:23
Apesar do André sardet não ser o meu músico preferido, acho que tenho de esclarecer uma coisa: este album é dedicado à filha recém-nascida dele.
Agora, se ele acha que até à lua ficava melhor que até à Brandoa, já é discutível!
E agora, axo que vou max é ali comer uma maxa à Bolonhesa...
:)


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 21:10
Desconhecia esse facto mas se assim é, ainda acho a música mais parva (apesar de ser uma intenção bonita, fica-se só por aí...). A começar na questão do "gosto de tu desde aqui até à Lua", ele tem é que gostar da filhota com um amor infinito e depois no resto da letra existem partes como "já pensei em dar-te uma flor, mas nem sei o que escrever. Sinto as pernas a tremer..." ou "Ando a ver se me decido, como te vou dizer, como hei-de te contar". Ora, isto mais parece uma declaração de amor a uma namorada ou mulher do que a uma filha recém-nascida.
Em relaxão à maxa, axo que fazes muito bem porque exe prato é muito bom. :)


De Treze a 21 de Maio de 2009 às 17:25
Claro que não desiludiste.
Esta música (e ainda bem que te lembraste dela) é sem dúvida a pior e mais rasca que há - e estou a contar com as do Tony. É que é simplesmente foleira!

Mas acho que se "elas" te apanham na rua estás lixado. Gozar com o Sardet não é diferente de gozares com o Tony.

E que tal deixares o link do referido blogue...? :)


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 21:12
Eu sei que gozar com o Sardet é quase o mesmo que gozar com o Tony e é isso que me dá ainda mais gozo. :D Gosto de tocar em assuntos sensíveis.
É pá, já não está nos destacados e nem sequer o guardei mas não te preocupes que em breve lá há-de aparecer mais do género, é especialidade do Sapo destacar blogs assim.


De Alexandre Kulcinskaia a 21 de Maio de 2009 às 18:04
Antes de mais duas coisas.
A primeira e a segunda.
Já está.
Agora falando relativamente ao post.
Gostei do post não gostando da música que a mim me causa náuseas, mas o post em si está muito bem escrito e tem piada.
Devias estar distraído João.
Estou a brincar, normalmente os teus posts primam pelo bom humor.
Gostei do pequeno apontamento em relação ao Sapo pois ainda aqui há uns tempos estive a ver quais eram os critérios de destaque e ao que parece muitos andam a falhar.
Era pedido que se escrevesse em português correcto e que eu saiba a troca do SS, Ç, S pelo X não faz sequer parte do novo acordo ortográfico.
Era pedido alguma regularidade na colocação de posts.
Existem alguns que são destacados que o último post colocado foi na altura em que o Eusébio ainda não tinha parafusos nos joelhos...
Era também dito que não seriam destacados blogs que tivessem a música em modo autoplay mas já por diversas vezes que vejo blogs destacados onde isso acontece.
E pronto, o que sei dizer é que participei num desafio do Sapo onde quem escrevesse algo acerca do 25 de Abril era destacado e até agora foram só destacados p'rai os 5 primeiros...
Bem sei que o meu blog não é de ninguém muito importante nem sou politico, mas de vez em quando sabe bem um destaque para poder reavivar um pouco o estaminé...
____________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De Regina a 21 de Maio de 2009 às 21:08

Está boa essa "da primeira e da segunda"...O que me ri...
E sim, Senhor, merecias um destaque...mais que muitos dos que são destacados...mas pronto!
Será que por aqui também funcionam " as cunhas" ?


De Alexandre Kulcinskaia a 21 de Maio de 2009 às 22:40
Cunhas?!
Não sei se haverá ou não mas a haver é preciso terem cuidado porque ultimamente o que não falta por ai são gravações de vídeo e áudio para entalar as pessoas...
Ainda entalam o Sapo e depois é ver o primo do Sapo a fugir para o Japão, o tio a dizer que o Sapo tem mesmo cunhas e uma qualquer professora a dizer que o iman cola mal na porta do frigorífico.
Merecia um destaque?! Muito obrigado, mas só acredito naquilo que dizes quando vir um comentário teu no meu blog.
Acho que nunca por lá vi nenhum.
______________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De Regina a 22 de Maio de 2009 às 00:49
Este "rapaz" tem mesmo muita piada !!! :D
Já que insistes vou mesmo dar uma espreitadela ao teu blog. Tem que ser aos bocadinhos e não estranhes se não comentar já. Como vês, faço parte deste blog e acho que escrevi uns 2 ou 3 posts . Sou um bocadito preguiçosa para escrever.
Aprecio humor inteligente, por isso os teus comentários aqui (que é o único blog que espreito) despertaram o interesse de por lá passar...
Inté ..



De Alexandre Kulcinskaia a 22 de Maio de 2009 às 10:51
Ah...
Então esquece.
Se fores à procura de humor inteligente não vale a pena visitar o meu blog que eu sou do mais burro e estúpidozinho que existe.
Às vezes finjo que penso mas são poucas as pessoas que consigo enganar.
____________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 21:18
Como aqui a minha "colega" Regina escreveu: será que aqui (no Sapo) também funcionam as cunhas?
É pá, se são cunhas ou não, eu não sei mas a verdade é que tirando o período de 1 ano, em que eu escrevi um post a mencionar precisamente tudo o que escreves e mais uma ou outra coisa (até um tipo do Sapo me respondeu e tudo, um Pedro) até mais ou menos 1 mês depois de teres sido destacado ainda se via blogs catitas que não eram os "do costume" mas parece que agora voltou à carga os blogs dos conhecidos do Sapo, dos políticos, etc, etc. Depois há, como dizes, aqueles que já não são actualizados há meses (há pouco tempo houve um) e que são destacados, cheios de erros ortográficos, etc, etc...
Em relação ao teu blog, vou tratar de te arranjar um destaque. ;)


De Alexandre Kulcinskaia a 21 de Maio de 2009 às 22:49
Vais-me arranjar um destaque?!
Muito obrigado.
Ainda hoje estive com um nas mãos, um daqueles jornais diários chamado Destak.
Mas realmente é verdade.
O Markl por exemplo que tem certa de 3 milhões de visitas por mês, nos últimos 5 já deve ter estado em destaque umas 3 vezes. O 31 da Armada idem...
Não retiro o mérito e valor destes dois, mas acho que eles não têm necessidade de todos estes destaques.
Depois há aqueles como o Pedro Marques Lopes que se lembram de escrever um blog e ficam logo em destaque quando o próprio blog não tem ainda conteúdo suficiente.
Isto parece um pouco o discurso de um invejoso porque na verdade é mesmo o discurso de um invejoso.
Admito que tenho inveja de não ser tão destacável como eles, mas é que sendo podia ser que novas janelas de oportunidade se abrissem.
Desculpa a extensão do comentário.
Abraço.
_____________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De João Cacelas a 22 de Maio de 2009 às 00:01
Arranjar não arranjo, tratei foi de te recomendar. Nada mais nada menos que isso. ;)


De Alexandre Kulcinskaia a 22 de Maio de 2009 às 10:47
Isso não sei se resultará.
Já propus vários e nunca foram destacados.
De qualquer das maneiras fico-te muito agradecido pelo gesto.
É um porreiro.
_____________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De João Cacelas a 22 de Maio de 2009 às 11:58
Pode ser que resulte, apesar de eu parecer uma espécie de "persona non grata" lá no blog dos blogs do Sapo. Das duas ou três vezes que lá escrevi alguma coisinha a pedir ajuda nunca ninguém se deu ao trabalho de me responder, sendo que responderam a todas as outras dúvidas antes e depois das por mim colocadas, basicamente, tive que me desenrascar sozinho. Isto tudo depois de eu já ter escrito um outro blog pouco elogioso para a malta do Sapo. Será censura?
São estas coisinhas que me vão fazendo querer mudar para o blogger.


De Alexandre Kulcinskaia a 22 de Maio de 2009 às 12:05
Pois.
Eu acho que também não gostam muito de mim porque alguém de lá chamado Pedro uma vez chamou-me a atenção para o facto de eu no fim dos meus comentários colocar a morada do meu blog.
Disse que poderia ser considerado Spam.
E eu respondi que até agora ninguém se tinha queixado e se por acaso alguém o fizesse não tinha o menor problema de deixar de o fazer, mas até lá...
Mas de resto sempre fui bem tratado e até me responderam já a algumas perguntas que coloquei, mas destaques nem vê-los.
Mas mudar para a blogger não me apetece. Acho mais difícil de trabalhar do que aqui no Sapo.
Acredito que eles não tenham nada contra mim e até contra ti. Hão-de ter é mais valias por destacarem personalidades conhecidas.
_____________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/


De eueuemaiseu a 21 de Maio de 2009 às 20:10
LOL também no me gusta a música...beijinhos


De João Cacelas a 21 de Maio de 2009 às 21:21
Até ver parece que ninguém gosta.
beijinhos.


De Luís Moreira a 4 de Junho de 2009 às 09:15
Meu caro João.
É tão raro encontrar um aluno que saiba o que é a língua portuguesa, nos dias que correm, que tenho de o referir aqui.
Parabéns pelo blog.

Luís Moreira


De João Cacelas a 5 de Junho de 2009 às 21:04
Muito obrigado, caro professor.
Agora tenho é que aprender o que é o Design Gráfico.


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds