Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

Tony Carreira num hino aos ex-namorados obsessivos

Olá coisos. Bem sei que posso vir a sofrer um linchamento ou uma morte em "condições misteriosas" após a publicação deste post, mas não resisti a tecer um ou outro comentário de pertinência relativamente nula acerca duma cantiga do grande Tony Carreira que ouvi recentemente, cujo título é "Se me vais deixar". Antes de começar com os comentários em questão, há que realçar que esta deve ser a única canção do vasto repertório de Tony Carreira (e não só), em que o cantor não se considera um vagabundo. Regra geral, Tony Carreira é sempre vagabundo de qualquer coisa nas suas cantigas.
Esta bela canção de amor começa com um "se me vais deixar, leva-me contigo". Pois, ó Tony...não quero ser aquele tipo que te estraga os sonhos mas tenho que te alertar para um ligeiro pormenor: se ela te vai deixar é porque se calhar não te quer levar com ela, nem no pensamento e muito menos no peito (és pouco malandro és...vê lá se dizes no coração, em vez de no peito). 
Tony continua, cantando: "Pra quando precisares de mim, sentires-me aí tão perto, como aquele que sempre vai estar quando a vida te fizer chorar. Teu irmão, companheiro e amigo que pra ti terá sempre um sorriso". Um sorriso e se calhar mais alguma coisa, não é meu menino? Tu és rato, Tony...esperas que ela esteja fragilizada e toda choramingas e aproveitando-se do seu estado de carência, pumba! Atacas como um leão, com a velhinha cantiga do ombro amigo que não passa de uma mera desculpa para a enfiares na cama! Mas como o menino usa camisas de seda roxas, passa por sensível (ou por alguém com muito mau gosto a vestir) aos olhos da amiga, que quando der por ela já viu muito mais que o ombro e o sorriso do Tony. Reparem que podia ter comentado o fraco português e as rimas postas a martelo, mas isso fica para outra altura. 
Depois de mais um bocadinho de "canção do bandido", Tony volta à carga, pedindo à sua amada que caso o deixe, o leve com ela. Psst, Tony, escuta: isto já começa a raiar a obsessão, não? Se a rapariga te quer deixar, deixa-a ir, pá! Olha que essa história de amante obsessivo nunca acaba bem, rapaz. Volta e meia, com aquele pensamento do "se não és minha, não és de mais ninguém", arrebentas com a garota à mocada e depois quem é que te vai tirar as manchas de sangue das tuas camisas de seda? Olha que as nódoas de sangue não saem assim às três pancadas, Tony! E a "5-à-sec" leva uma nota preta para te limpar isso! 
Para terminar, Tony continua com mais do mesmo, dizendo à sua antiga namorada que o leve com ele e etc. e coiso. A jovem que, devido à forte insistência (e teimosia) do Tony em não querer que ela parta sem ele, foi forçada a pedir em tribunal uma providência cautelar impedindo que o Tony se aproxime dela num raio de 500 km.
Apesar da jovem já não querer saber do Tony para nada, ele insiste com um "mas se um dia tu quiseres viver sem a minha amizade sequer, vou-me embora(...)". Com uma ordem de prisão em cima de ti, caso te aproximes dela, o melhor que tens a fazer é mesmo ir embora. Se não tivesses sido teimoso se calhar ainda eram amigos. Ora, toma lá que é para aprenderes a não ser teimoso.
Escrito por: João Cacelas às 14:19
Ligação directa | Comentar | favorito
|
21 comentários:
De 13 a 7 de Setembro de 2009 às 16:16
"Estava a ver que nunca mais!" - Esta foi a minha primeira reacção quando vi o título.

Cá para mim o rapaz foi abandonado por um grande amor. É que só sabe falar do sofrimento amoroso. Por isso é que as relações duram tão pouco tempo, este gajo emprenha toda a gente em como o amor é cruel...

E realmente é um bocado chato, sim. Coitada da rapariga. Às tantas ainda tem que emigrar...


De 13 a 7 de Setembro de 2009 às 16:17
Ah, e o texto está muito bom, claro. Bela exposição! E com a dose certa de malícia, que fica sempre bem :)


De João Cacelas a 7 de Setembro de 2009 às 16:30
Pois com certeza! Um bocadinho de malícia e ironia só fazem é bem. ;)
 E já ando a pensar noutro, mas só para daqui a uns tempos. :)


De João Cacelas a 7 de Setembro de 2009 às 16:28
Tenho estado à espera do "timing" certo, mas, como esse não apareceu tive que largar a bomba, assim a seco.
Não há pachorra para tanta desilusão amorosa e para tanto choradinho. É só cantigas do coitadinho, vagabundo sofredor e o raio que o parta.
Se eu fosse a rapariga, emigrava mas era para o Espaço, pelo sim pelo não...


De Hugo a 7 de Setembro de 2009 às 17:11
O Tony nunca me enganou! Sempre desconfiei que por trás daquelas camisas de seda manhosas e daquele mau penteado (ou capachinho) estava um ex-namorado obsessivo. Resta saber quais serão as cenas dos próximos capítulos. Será que ele a matará à mocada? Quanto levará a 5-à-sec pela lavagem?  :D


De João Cacelas a 7 de Setembro de 2009 às 18:26
É esperar pelo próximo álbum do Tony. Provavelmente desta vez vai ser vagabundo porque é um foragido da polícia, acusado de homicídio qualificado.


De Hugo a 8 de Setembro de 2009 às 10:32
:D


De Tony Carreira a 8 de Dezembro de 2009 às 12:37
Não gosto das insinuações feitas à minha pessoa... e ao meu capachinho. :D


De João Cacelas a 9 de Dezembro de 2009 às 09:10
Note o Tony que tais insinuações são feitas por um comentador e não pela besta que é a minha pessoa. 
Apenas me limito a interpretar a canção em questão. :D


De Gingerbread Girl a 7 de Setembro de 2009 às 17:26
"mas se um dia tu quiseres viver sem a minha amizade sequer, vou-me embora(...)"
Esta frase só por si, é de uma estupidez abismal. Está dita em tom de ameaça... mas na realidade, se ela nem sequer a amizade dele quer... o mais certo é que também o queira dali pra fora.

E quanto ao Tony só tenho uma coisa a dizer... "Tanta boa gente a morrer todos os dias por essas estradas..."


*


De João Cacelas a 7 de Setembro de 2009 às 18:28
Cuidado com essa última frase Ginger, olha que as fãs do Tony costumam ser muito aguerridas e defendem o seu "ídalo" até às últimas. :D


De Mack a 8 de Setembro de 2009 às 13:01
Só uma correcção e uma sugestão:

O raio é em metros lineares e não metros quadrados, não sejas cruel para o senhor tóne.

E a sugestão é para ires separando os parágrafos, porque a malta com janelas pequenas e/ou apenas 3 neurónios (grupo no qual me incluo) tem dificuldade em ler grandes massas de caracteres.

de resto acho que agora que abriste a caixa de pandora da discografia do senhor carreira, tens aí uma categoria para o blog. E se te quizeres transformar no nuno rogeiro dos cantores nacionais, podes finalmente ser tu a transformar o andré sardet num ícone (ainda que pela negativa, mas não obstante...)

continua o bom trabalho e props para o avelino chaimite. \m/


De João Cacelas a 8 de Setembro de 2009 às 13:35
Sim, tens toda a razão.A área é que é em metros quadrados. Reparei nisso assim que publiquei o post mas  lá pensei que era algo sem importância e dai não ter alterado, mas, visto que fui chamado à atenção vou já tratar disso. Quanto aos parágrafos também tenho que fazer mea culpa. Primeiro tinha isto tudo separadinho mas como era uma coisa que ocupava o seu espaço reduzi. Sou estudante de design gráfico e sei que isto não se faz mas como o estaminé é meu e coiso e tal, fiz, mas, também vou emendar pois não quero que fiques só com 2 neurónios. :)
Quanto ao André Sardet, já fiz isso, fica aqui o link.
http://joao-cacelas.blogs.sapo.pt/165961.html


De Mack a 8 de Setembro de 2009 às 15:48
Muito bom o post sobre o sardet .

E já que mais ninguém a faz, faço eu a pergunta que todos os portugueses (e luso-descendentes) querem ver respondida:

Para quando um dueto sardet /carreira ou carreira sardet ? (conjunto musical tony e andré ?)
E porque é que eles nunca aparecem juntos?
Será por isto? http :/ peffee.blogspot.com /2008/11/tipo-2-em-1-ou-nem-por-isso.html

Portugal inquieta-se com esta dúvida.


De João Cacelas a 8 de Setembro de 2009 às 18:29
De vez em quando dá-me umas diarreias criativas e solto tudo cá para fora,que foi o que sucedeu com esse post.
Já que ninguém responde, eu faço-o: Portugal ainda não está preparado para um dueto entre ambos, seria uma catástrofe de proporções inimagináveis.


De João Cacelas a 8 de Setembro de 2009 às 21:24
Só agora acedi ao link referido e pode ser uma das respostas. Quiçá...


De Manuel Silva a 8 de Setembro de 2009 às 19:38
Também quero uma coisa dessas para mim, uma providência cautelar que impeça qualquer tipo de contacto com o Tony Carreira nos 500 km ao meu redor.
Vá lá que desta vez as fãs não "atacaram" em massa.


De João Cacelas a 8 de Setembro de 2009 às 20:19
Tu e muita gente.


De eueuemaiseu a 12 de Setembro de 2009 às 15:05
Olá João!
Continuas a surpreender-me!
No dia que publcaste o post, o ladrão de canções veio cantar aqui à minha terriola e eu como boa filha/afilhada/sobrinha/neta que sou fui coma  famelga um bocadinho. Antes do Tóne começar, surge em palco o anfitrião da festa a dizer "(...) um cantor com 14 àlbuns de originais(...)" e eu fazendo uso daquilo que sei disse "originais é como quem diz que metade é roubado" e vai daí quase fui morta pelas fãs que estavam á minha volta, incluindo a minha familia.
Agora vivo na rua João, fui expulsa de casa:(
Tudo por causa do ladrão de canções! Vou-lhe escrever a ver se ele faz uma música sobre isto...
Beijinhos


De João Cacelas a 14 de Setembro de 2009 às 13:05
Minha cara e estimada leitora, bem sei que acompanhas este blog há um tempo considerável e que isso acaba por fazer com que te canses dele mas, no dia em que deixar de conseguir surpreender-te a ti ou a qualquer outro  leitor assíduo do estaminé, acabo de imediato com o blog.
Beijinhos


De Tony Carreira a 18 de Dezembro de 2009 às 16:50
Parabéns pelo blog!


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds