8 comentários:
De Hugo a 22 de Janeiro de 2010 às 18:35
Heheheeh. :D
Realmente, é uma explicação com muito mais sentido.
E mais plausível, diga-se. :D


De João Cacelas a 25 de Janeiro de 2010 às 10:33
Claro que sim meu caro. De longe.


De Lua a 25 de Janeiro de 2010 às 12:34
Sim, João aí está a verdadeira razão, ele realmente é dos politicos mais palhacito que por aí alguma vez passou.... E não há dúvida de que o país precisa é de umas boas gargalhadas de vez em quando, para esquecer o lodo em que está!
Ora ou isso ou estamos no re-make do planeta dos macacos!!!
LOL!!!
Não sei se conheces o filme;)


De João Cacelas a 25 de Janeiro de 2010 às 13:14
Se conheço. :)
Tanto o original como o "remake". Talvez estejamos num "re-remake" do filme e como se sabe, à medida que vão sendo feitas mais sequelas, a qualidade dos filmes também vai diminuindo em flecha. 


De Manuel Silva a 25 de Janeiro de 2010 às 21:00
Lá um grande palhaço é ele.


De João Cacelas a 26 de Janeiro de 2010 às 09:04
Vai-lhe dizer isso a ele. Pode ser que se alegre.


De Gita a 26 de Janeiro de 2010 às 09:15
Por falar em alegre... Essa também é uma boa temática.
Um quis porque quis ser primeiro-ministro e deu no que deu. O outro quer porque quer ser presidente da república. Enfim...
Bem que podiam querer por querer ser menos... como dizer... chatinhos, vá.

Um bem haja.


De João Cacelas a 26 de Janeiro de 2010 às 10:06
Isso é mal geral da nossa classe política. 
Se eles se preocupassem mais em trabalhar do que em andar ali "a fazer pela vida" (que é outra maneira de dizer que eles andam ali à procura de tacho), talvez tivessem maior consideração.
Mas, parecem todos uma cambada de comadres zangadas umas com as outras...
Cumprimentos e uma continuação de bom dia.


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!