Segunda-feira, 15 de Março de 2010

As homenagens póstumas em forma de estátua

Antes de começar com isto, queria-vos pedir encarecidamente (se soubesse onde moram era com uma moca de Rio Maior, mas como não sei, fico-me pelas simpatias) que se dirigissem ao site da Super Bock e fossem àquela coisinha dos blogs e votassem no Hemiciclo, pode ser?
Vá, votem até dia 24 de Março. Não dói nada, como diria o Tomás Taveira. Mas olhem que têm se registar no site...e assim que estiverem tooodos lá dentro (voltando a citar o Taveira), a coisa dá-se bem. E passam a ser os melhores leitores do mundo (no caso do Taveira, eram as alunas que eram as melhores do mundo).
Mudando de tópico...vamos falar de homenagens póstumas em forma de estátua. Bem sei que a temática das homenagens póstumas em forma de estátua é um tema que já foi exaustivamente debatido aqui e ali (e duas ou três vezes acolá), mas sendo este um assunto com tanta substância, penso que pode ser abordado mais uma vez.
Antes de mais, devo dizer que sou contra a homenagem póstuma em geral. Parece-me muito mais digno homenagear a pessoa enquanto esta respira do que após o esticanço do pernil.
Ora, para mim, homenagear alguém com uma estátua é muito semelhante a dar os parabéns a alguém que acaba de ter o primeiro filho.
Felicitamos a pessoa, mas na verdade regozijamo-nos porque sabemos perfeitamente que um bébé está mais perto de ser uma espécie de filho do diabo do que um querubim fofinho. Há uma forte carga de cinismo naquele "parabéns" que damos aos recém-papás, assim como quem diz: "ai queixavas-te que o meu puto fazia muito barulho...pois agora vais ver o que é bom para a tosse...não hás-de dormir durante 3 ou 4 meses que é para veres o que é bom...". Já para não falar nas fábricas de cócó que eles são.
Quanto às estátuas, passa-se o mesmo. À primeira vista, ser homenageado com uma estátua parece um gesto muito bonito, não é? Ficamos eternizados para todo o sempre e o camandro e etc. e coiso...
Tudo isto é muito bonito, não fosse uma coisa chamada elementos de claques de futebol a trepar pelas estátuas acima para celebrar as conquistas dos seus clubes. Ah, e o cócó de pássaro também chateia um bocadinho.
Em suma, quer numa situação ou noutra é tudo uma questão de fezes. E de pombos (ou outra espécie de pássaro).
Sim senhor, que os tipos das claques têm algum desconto face aos pombos visto que os últimos ainda são capazes de desenvolver dois ou três raciocínios.
Em suma: quando homenageamos alguém com uma estátua não estamos só a eternizá-lo para todo o sempre. Estamos a sujeitá-lo ao convívio constante com criaturas irracionais e com cócó de pombo para todo o sempre e com toda a franqueza...não vejo bem onde é que a dignidade fica no meio de tudo isto...
Eu bem sei que tudo isto parece muito parvo (de facto, é) mas perguntem lá ao Marquês de Pombal (como fazer a pergunta já é com convosco...falem com a Alexandra Solnado que pode ser que ela vos desenrasque) se ele soubesse o que sabe hoje, se gostaria de ter uma estátua em sua homenagem. Parece-me que a resposta é a modos que evidente.
Por isso, já sabem, se alguma vez me quiserem homenagear façam o favor de não me erguer uma estátua, ok?
Beijinhos fofos e boa noite.
Votem no Hemiciclo, ok? Não posso oferecer chouriças de sangue ou varinhas mágicas ou microondas ou até bilhetes para concertos do Tony Carreira mas sempre vos posso enviar um rebuçadinho para as vossas casas por correio. Até ao meu regresso.
Escrito por: João Cacelas às 23:33
Ligação directa | Comentar | favorito
|
7 comentários:
De Gita a 16 de Março de 2010 às 10:31

Ah bom... pensava que também tinhas sido "silenciado".
Quero só dizer que só voto se houver uma caixinha de robalos.

Um bem haja.


De João Cacelas a 16 de Março de 2010 às 10:46
É pá...isto realmente...os Godinhos deste país dão cabo dos pequenos subornos..oferecer robalos é só para peixe graúdo.
Nota: por acaso, após o post anterior a este (e já lá vai o tempo) estive cerca de 3 semanas sem conseguir fazer login no estaminé. :D
Deviam operações de manutenção, mas a verdade é que não consegui aceder durante muito tempo a isto.


De Lua a 16 de Março de 2010 às 12:47
ficas três semanas sem aparecer, o pessoal já a ficar preocupado e depois queres ter amigos!?!? Eu vou votar, mas que fique registado que é por ter pena de ti... tanto tempo sem apareceres e apareces com um poste de cáca (porque não se pode dizer m****, pq é feio). vou votar para ver se isto começa a melhorar. E vê lá se não desapareces por muito tempo senão daqui a nada estás é a falar para os robalos.
A mim gostava que me mandasses umas postitas de bacalhau seco, que por incrível que pareça aqui na Dinamarca não encontro :( (já votei)


De João Cacelas a 16 de Março de 2010 às 13:18
Mete a morada que eu envio.
Como escrevi no comentário de resposta à Gita, estive de facto sem conseguir aceder ao blog, pura e simplesmente não conseguia fazer o login e consequentemente, não consegui actualizar isto, o que é pena porque tinha posts que até eram jeitosos e que faziam sentido naquela altura.
Outro argumento a meu favor é a acumulação de trabalhos do meu curso.
Ah, e queres bacalhau de que tipo? Graúdo?


De João Cacelas a 16 de Março de 2010 às 19:09
Tens o mail ali aqui ao lado para enviares o sítio para onde as postas devem ir.


De Lua a 17 de Março de 2010 às 11:21
és um coisinho muito fofo!!! Mas não te esqueças de esconder as postas prai dentro de uns tubos de dentífrico, senão ainda vou presa por importação de animais em via de extinção....


De João Cacelas a 19 de Março de 2010 às 16:31
Não se trata de ser fofo. Se desiludi um leitor, o minímo que posso fazer é enviar uma posta de bacalhau pelo correio. :)


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds