Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Coisas, factos e notícias e o catano

Olá, hoje vou escrever acerca de três coisas que parecem impossíveis, mas que se passaram nos últimos dias...
Na China, uma porca fluorescente (sim! Uma porca fluorescente! Que brilha no escuro! Uma porca que brilha no escuro! Para que serve uma porca que brilha no escuro?? Alguém me sabe dizer?? Será para servirem de iluminação na rua? Como sinalização nas curvas, no lugar daquelas setinhas uma porca até que ficava giro) deu à luz dois leitões, também eles com a bela característica de brilhar no escuro. Sendo que o pai é um porco dito normal É pá, eu pensava que o único ser vivo terrestre, porque no mar, há, de facto animais que brilham no escuro,como as medusas, por exemplo, mas voltando ao meu raciocínio, eu pensava que o único animal terrestre a brilhar no escuro era o Paulo Portas, quando mostra o seu sorriso "Pepsodent Ultra-White", afinal não é o único, pois também há uma porca e dois leitões fluorescentes. Acho que era boa ideia reunirem estes quatro espécimens, para que não se sintam sós neste mundo, onde ninguém brilha no escuro... Isto de brilhar no escuro é chato, já viram o que era se arranjassem um(a) namorado(a) fluorescente?? Era aborrecidote...
A outra notícia também muito gira, mas que não brilha no escuro, passa-se no Japão (Japão, China, Paulo Portas, uns têm os olhos em bico, o último põe-nos os olhos em bico, com as barbaridades que por vezes diz, logo está tudo em família), mas tem origem nos EUA, aliás, passa-se em ambos os países. Uma macaca, de 80 cm e 3 kg, de seu nome Idoya, fez, utilizando apenas a força do pensamento, andar um robô no Japão. A força do pensamento e uns eléctrodos implantados no cérebro, mas o que realmente fez o robô andar foi a força do pensamento da macaquinha. Malta, que tal fazermos uma corrente de pensamento a ver se conseguimos pôr este Governo e a malta da ASAE a andar? Hum?? O que acham?
Já em Portugal, meteram o José Castelo Branco a cantar "Diamonds", na gala final da Família Superstar...não brilha no escuro, nem move coisas com a força do pensamento (embora muitos pensamentos gostassem de mover coisas contra ele), mas é sem dúvidas, um feito muito maior que os acima escritos. Foi a última "obra-prima" do Penim na SIC... obrigado ó Chico, foste grande...lá no teu bairro...
Músicas, cantigas, melodias e seus semelhantes: "Diamonds", pelo José Castelo Branco, que giro que foi...
Escrito por: João Cacelas às 14:56
Ligação directa | Comentar | favorito
|

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds