Quinta-feira, 3 de Julho de 2008

Isto ele há com cada uma...

O aluno que filmou a famosa agressão no Carolina Michaelis foi condenado a 40 horas de serviço comunitário. Cá está a prova provada que em Portugal realmente não se apoia as artes e os jovens artistas que se querem lançar... então o puto faz um filme que é um êxito do camandro e em vez de lhe oferecerem uma bolsa para estudar cinema, obrigam-no a fazer serviço comunitário?

Escrito por: João Cacelas às 13:46
Ligação directa | Comentar | favorito
|
19 comentários:
De guiga a 3 de Julho de 2008 às 15:16
Tadinha da criança, ainda fica com trauma! loooooooooooool
*.*


De João Cacelas a 3 de Julho de 2008 às 15:25
Pois com certeza! Fica com trauma e nunca mais se quererá dedicar à 7ª Arte! Perde-se assim mais um jovem com potencial...


De Alex.S. a 4 de Julho de 2008 às 12:16


De João Cacelas a 5 de Julho de 2008 às 01:03
Eu já consultei e para lhe ser muito sincero...fiquei sem entender patavina! Está bem, sim senhor, é um processo disciplinar a uma aluna de Pombal etc,etc e o camandro, tal como este, mas não entendo na mesma. A não ser que o senhor ou senhora pense que estou a falar (no caso, escrever) "a sério"...mas se pensa, está errado(a). É pura ironia... :-)


De Alex.S. a 6 de Julho de 2008 às 01:01
De qualquer modo, independentemente de…
O seu post, para mim, «é pura ironia» certamente.
Para mim a maior ironia é o Real, que no nosso país chega a atingir o SURREAL, e nesse sentido o seu post é «acutilante».
Já agora, se me permite a «ironia», se tiver oportunidade, disponibilidade e afins, puderá reflectir, talvez, por acaso, no seguinte:

«Definição de Comunicação
A comunicação é o processo que envolve a troca de informações utilizando-se dos sistemas simbólicos como base para o entendimento das informações a serem passadas. Podemos também identificar algumas maneiras de se comunicar: duas pessoas podem se comunicar através da fala, escrita, gestos com as mãos, mensagem enviadas através do telefone, Internet e outros meios de telecomunicações que permitem assim a interação entre as pessoas afins de algum tipo de troca informacional.

Referencias bibliográfica:
McLUHAN, M. Os meios de comunicação como extensões do homem.

POSTED BY JUNIOR THIESEN AT 12:20 PM»

IN:
http://headmkt.blogspot.com/2006/08/definio-de-comunicao.html

E os meus parabéns pelo « Blog onde a parvoíce e a estupidez passeiam de mãos dadas por montes e vales.», ao « parvo que escreve neste blog» =) com «ironia» claro e nada «a sério», embora se calhar … até «Tudo vale a pena quando a alma não é pequena», mas isto quem dizia era Fernando Pessoa…ou seria um heterónimo?? =)


De João Cacelas a 6 de Julho de 2008 às 01:26
Não preciso de lições sobre o que quer dizer Comunicação, só por mero acaso li esse livro na faculdade. Mero acaso não, tive que o ler mesmo, mas gostei. E você? Sabe o que quer dizer SURREAL? Pense bem...é que em Portugal há muito a mania de falar em coisas "surrealistas" sem saber o que é o surrealismo...
Já que adora corrigir os outros, só um pequeno reparo: será que queria escrever referências bibliográficas? É que "referencias bibliográfica" não sei o que é. Deve ser linguagem em código pseudo-inteligente e sério. Ou isso ou parece ucraniano. Ou será que também se julga superior a eles? E eu pelo menos tenho opinião, não preciso de andar a fazer copy/paste e o catano.


De Alex.S. a 6 de Julho de 2008 às 01:51
P.S.
Por enquanto, limito-me a citações, pois as «opiniões» estão a ter custos, de variada ordem, elevados.
Mas obrigada pela sugestao.


De Filipe a 5 de Julho de 2008 às 15:10
Sr.(penso) professor, fiquei mesmo "burra" com o seu comentário/sujestão aqui a este menino deste blog. Parece-me que não percebeu, tal como o nome indica, que ele aborda temas actuais de uma maneira parva. Tem que entender que ele faz um humor inteligente. Acha mesmo que ele estava a falara a sério?????????? Credo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


De Maria J. Filipe a 5 de Julho de 2008 às 15:18
Sr.(penso) professor, fiquei mesmo "burra" com o seu comentário/sujestão aqui a este menino deste blog. Parece-me que não percebeu, tal como o nome indica, que ele aborda temas actuais de uma maneira parva. Tem que entender que ele faz um humor inteligente. Acha mesmo que ele estava a falara a sério?????????? Credo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

P.s alteração para não o baralhar mais
Beijinhos bom fim de semana


De Alex.S. a 6 de Julho de 2008 às 00:21
Olá,
Então vamos por partes:

- Porque não Sr.ª?

- Pensa?... … … Questiono-me…

- Discente, se faz favor. Caso não saiba o significado do termo, pode sempre, facilmente, consultar, por exemplo, um dicionário on-line, como o seguinte:

http://www.infopedia.pt/

© 2003-2008 Porto Editora

- Ficou? Ou já era?

- Para mim, sugestão, escreve-se com a letra «G»…

- Parece-me que percebi.

- Parece-me que «inteligente» é falar a sério, se me permite o humor.

- Quanto ao «Credo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!», abstenho-me.


De João Cacelas a 6 de Julho de 2008 às 01:08
Boa noite Alexandra(?)...penso que o que a senhora comentou queria dizer é que o que eu escrevo não é para ser levado a sério, não sou nenhum pseudo-intelectual nem "opinion maker", nem quero. Ela, como todos os outros entendeu que isto era aquilo a que algumas pessoas chamam de Humor (as que têm sentido de humor sabem o que isso é). A meu ver o "burro(a)" (que já o era) é vossa excelência. Em primeiro lugar, porque não entende o óbvio: isto era uma sátira ao caso do Carolina Michaelis; mais: se estava à espera de coisas ditas sérias e cinzentas, podia ter ido a um site de um jornal ou ficado mesmo pelo seu blogue, muito interessante diga-se (se é que me entende...). Fiquei fascinado com a forma como defende a sua classe e com o relatório do processo disciplinar que me "convidou" a visitar, mais interessante que isso só a vida sexual da amiba, se é que sabe o que isso é. Se não souber consulte uma qualquer enciclopédia ou vá à Wikipédia que lá lhe hão-de explicar o que isso é.
Por fim, se quer vir para aqui insultar e chamar de "burras" as pessoas que me lêem e que entendem o que escrevo, está-me a insultar a mim e por isso convido-o(a) a não cá voltar mais, pois uma pessoa que não entende uma coisa que é óbvia mostra claros sinais de uma certa, senão muita burrice.
Pode-se ser inteligente e ter senso de humor, já você não tem nem inteligência, falar a sério não sei se fala, pois nunca me ri tanto e o bom senso também não abona para esses lados...
Até imagino qual deve ser o seu tipo de humor preferido: o Diário da República ou qualquer um dos bonitos e hilariantes processos disciplinares da "sua" página. Para concluir: a parte em que a aluna tem que pedir desculpas por escrito e por via oral deu-me tanta ou mais vontade de rir do que aquele sketch em que os Monty Piyhon fazem uma sátira sobre as Cruzadas, se é que sabe quem eram estes senhores. Vá pela sombra. Olhe como é tarde, vou passar pelo seu blogue para ver se me vem o sono depressa, porque lá nisso o sacana é bastante eficaz.


De João Cacelas a 6 de Julho de 2008 às 01:10
Monty Python e não Piyhon porque errar é humano.


De Alex.S. a 6 de Julho de 2008 às 01:49
Boa noite,
Pelos vistos não fiz passar a minha mensagem, de qualquer modo cá não voltarei.
No entanto, e sem maiores comentários, volto a felicitá-lo pelo seu blog.
E apenas informo que a aluna visada no processo disciplinar sou eu própria.
Sim, de facto tem razão, o meu blog é tedioso... também o processo, os comentários, e por isso a sugestão no seu post de se ver mais uma situação, peço-lhe que retire os meus comentários, visto que o ofendem, peço desculpa pelo sucedido.
Boa noite


De Maria J. Filipe a 6 de Julho de 2008 às 18:31
Credo!!!!! O que para aqui vai...!
Então vamos por parte;
João, obrigado pela "defesa", mas prescindo...
Será então a Sra, peço desculpa.
Que grande confusão que aqui originou. É então uma discente a quem foi aplicado um castigo e é a prova que realmente estas coisas frustram. Não se percebeu muito bem e acho que deveria ter-se logo apresentado como tal. Noto que até recurso pediu e mesmo assim foi "castigada", o que a tem magoado demais e lhe deixou muitas mazelas. Pergunto: Acha que não fez nada de grave e que não merecia, certo?
Pelo seu comentário em resposta à minha má compreensão do que pretendia (culpa sua que não usou de seriedade e verdade total e poderia muito bem ter-se desde logo apresentado), denoto que é daquelas pessoas que gostam muito de ofender e manter-se assim numa espécie de "patamar" acima e levar sempre a melhor, que como já viu nem sempre funciona.
Realmente sugestão escreve-se com g, sei-o perfeitamente, mas sabe como é, só não se enganam os burros. Já agora, e como aqui a escrever este comentário não visualizo, penso que escreveu "puderá" e se for consultar qualquer dicionário verá que se escreve "poderá". Mas isto sou eu dizer. Eu também sou discente, o sentido que todos os dias aprendo.
Na verdade, e lendo a sua resposta, imagino-a prepotente. E sabe que ás vezes, quando lidamos também com prepotentes isso não leva a lado nenhum. É só uma sugestão (com "G" de " PONTO G" :D).
Vou tentar ser rápida e vou-lhe contar uma das muitas histórias da minha vida:
Tenho 1 filho a quem no 9º ano e depois de um telefonema para o meu emprego do Presidente do Conselho Executivo, foi "atribuído " um castigo de expulsão da escola por um período. Ouvi as ditas Autoridades e depois ouvi o meu filho. Nessa noite e depois de reunir todas as provas que necessitava e testemunhas (auxiliares de educação dessa escola) liguei para casa do Presidente e do professor em questão(eram 23 horas) e disse-lhes: O meu filho amanhã vai-se apresentar na primeira aula da manhã e ás 9 agradeço ser recebida para conversarmos.
Só lhe digo e deixo os pormenores, não correu nenhum processo porque abomino processos e tento usar e abusar na minha vida do bom senso. Apenas lhe digo que durante a aula do meu filho, ele foi chamado à sala onde estava e lhe foi feito um pedido de desculpas por parte tanto do Presidente como do Professor.
Não leve tudo tanto a peito...Eu gosto de visitar este blogue, porque é um blogue "inteligente", sem deixar de ser sério. Temos é que elevar os nossos níveis de humor.
Beijinhos


De Maria J. Filipe a 6 de Julho de 2008 às 18:47
Queria dizer "sou discente, NO sentido que todos os dias aprendo".

Já agora, e esqueci-me de referir acima, acho que tem 30 anos por isso sendo maior está por sua conta e risco, mas o meu filho sendo menor tive eu que o defender OU NÃO! Entende? Não duvido que no caso de, depois de apurar todos os factos, se visse que tinha faltado ao respeito a alguém ou tivesse cometido erros graves, de falta de ética ou educação, ou do que lhe queiramos chamar, não seria contra o facto de poder sofrer qualquer penalização.
E ele sabe-o muito bem.


De belly_button a 4 de Julho de 2008 às 16:27
O rapazito merecia um Oscar!!!!

Mas agora a sério, se ele não filma-se não se tinha conhecimento do que se passou e a culpada não iria sofrer pelo que fez, por isso, até foi bom o rapaz filmar!!
Foi uma forma de se falar no assunto!!

mas até merece o trabalho comunitário porque impediu de separarem a professora e a aluna.. E não lhe faz mal nenhum!!!


De Regina a 4 de Julho de 2008 às 19:12
Claro que merece...Se fosse filho meu além de "levar" com o trabalho comunitário, ainda levava uns açoites.
Incitou á violência, para ser o maior lá da turma!
Afinal e a miúda? Qual foi o castigo? Foi só ser separada dos colegas? (Ando muito fora das notícias...)


De João Cacelas a 5 de Julho de 2008 às 00:57
A miúda como é menor, o caso foi levado para o Tribunal de Família e Menores. A sentença ainda não foi proferida. :-)


De João Cacelas a 5 de Julho de 2008 às 00:58
Claro que não! Falando mais a sério, merece e bem!


Acha este texto mais ou menos aceitável? Então comente!

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. O próximo talent show de ...

. Postgrama (post+telegrama...

. À conversa com Jesus (o J...

. Há precisamente um ano es...

. Passos Coelho é o novo pr...

. Dia mundial da Poesia com...

. As birras dos meninos na ...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. Mais uma bomba de Sócrate...

. Um "problema" chamado Már...

. A Playboy portuga e outra...

. Os sabores das batatas fr...

. Os verdadeiros motivos po...

. Viva

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds