Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

À conversa com Jesus (o Jorge)

Antes de começar com isto queria apenas escrever que o primeiro-ministro José Sócrates é sem quaisquer dúvidas um grande estadista (o melhor que tivemos desde a fundação de Portugal e dos próximos mil anos), sou grande fã dele e acho que a sua licenciatura é tão legítima (e digna) aqui como em qualquer do mundo. Keep up with the good work, Sóquinhas.

Em vésperas daquele que será o jogo mais importante da época do SL Benfica - quartos de final da Europa League frente ao Liverpool - o Hemiciclo entrevistou o grande JJ, em exclusivo e só para nós. Cá vai disto.

O Hemiciclo: Jesus, acha que há o perigo dos adeptos do Benfica o crucificarem caso as coisas corram mal frente ao Liverpool, como sucedeu com o seu homónimo?

Jorge Jesus: Mau...tou a ver que já começeramos com os torcicolos em relativamente ao meu nome...deixe lá o meu harmónio em paz e delimite-se a assuntos relativamente interligados com o jogo se fizer favor que eu gosto pouco de falar de coisas relacionadas com o mundo do isotérmico...

Pronto...está bem. Era só uma piadola pelo facto de amanhã ser sexta-feira santa mas já vi que hoje estamos muito nervosinhos. Masque uma pastilha que isso passa...

Agora não me apetece mascarar bastilhas elásticas. Vames mas é às perguntas.

O Liverpool é teoricamente o adversário mais forte que o Benfica encontrou nesta época. Vai ter isso em conta na forma como o Benfica vai encarar o jogo ou vamos continuar a ver o "rolo compressor" em acção?

A gente neste momento não temos medo de ninguém e o Livrapool que se prepare-se porque a gente vamos fazer o mesmo que a Padeira da Algibeira Rota fez aos castelões há uns anos atrás, só que em vez de uma pá usamos o Luisão e o Javi Garcia.

Mas o Liverpool é uma equipa inglesa...

Mas tem mais espanhóis que ingleses. Eu sei muito bem aquilo que disse ou pensa que lá porque dou alguns canelones no português, não sei de história, hein?

Mudando de assunto...tem alguma coisa a declarar sobre o que recentemente foi dito nas entrevistas de Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira, em que foi se falou de uma eventual transferência da sua parte para o FC Porto, no início desta época?

Isso são assuntos que não passam de boates e falarei deles inoportunamente, até lá quero-me apenas focalizar-me nas competições em que estamos desenvolvidos. No final da época respondo a isso tudo, numa comparência de imprensa.

E sobre as hipotéticas transferências de alguns dos principais elementos do plantel do Benfica no final da época, tem alguma coisa a dizer?

Isso são só coisas no campo da hipoteca e posso-lhe garantir que pelo menos o Saviola não sai porque instalarames esta semana uns degraus nos balneários para ele poder abrir a torneira sozinho e isso só prova que ele cá vai estar no próximo ano porque é um investimento feito depropositamente para ele. A não ser que compremos o Moutinho ó Sporting.

E foi a entrevista possível com JJ...

Escrito por: João Cacelas às 14:46
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (10) | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Antevisão do Marselha-Benfica com Jesus

Logo às 18 horas, o Benfica irá decidir o seu futuro na Liga Europa, frente aos franceses do Marselha e como não poderia deixar de ser, o Hemiciclo foi falar com o treinador dos encarnados, Jorge Jesus.

- O Hemiciclo: Jorge Jesus, acredita que este Benfica tem capacidades para vencer a Liga Europa?

- Jorge Jesus: É pá, nã vames já pôr as carraças à frente dos bois nem andar pra aí a cantar vitória emancipadas, nem andar a embandeirar em barcos! Para já, temos que provar que somos mais melhores que o Marselha e depois, logo se vê...

- Por falar em Marselha, depois do empate a uma bola na 1ª mão (em Lisboa), decerto que espera grandes dificuldades frente à formação francesa?

- Sim. Esta equipa do Marselha é em termos do atletismo muito forte, ou seja, é uma equipa metafisicamente muito forte e além disso, eles marcarem um golo fora, o que pode complicar as coisas pó nosso lado. Antevejo um jogo que não vai ser fácil e que se pode vir a tornar num pau de dois bicos para o nosso lado...

- Pois. E que Benfica iremos ver? O das goleadas ou aquele que vimos na primeira mão que teve grandes dificuldades para conter o Marselha?

- Vames lá a ver: a gente já sabe que quando o Benfica não goleia parece logo que é uma situação paranormal, mas a verdade é que se tem que dar mérito ao Marselha porque eles no jogo da primeira demão conseguiram estar muito elevados ao nível, portanto do nível.

- Como está neste momento a confiança no balneário?

- Está em níveis muito elevados, até porque agora meterem lá tapetes antiderrapantes e assim, abaixa-se o risco de haverem jogadores a aleijarem-se. Além disse, também fizeram questão de meter um banquinho que é para o Saviola conseguir abrir a torneira solitariamente.

- Vou reformular a questão: quando falo em balneário não é no espaço físico em si mas sim para saber como está o estado de espírito do plantel.

- Isso são coisas que só nos dizem respeito à gente. Neste momento, o nosso plantel é impermeável a agressões vindas do exterior de fora e isso são assuntos que se resolvem-se no nosso forno interno. Mas posso-lhe dizer que a confiança da equipa neste momento está em alta, a nossa confiança chega até à picaretas da Lua e acreditamos que podemos ganhar este jogo e outro qualquer que a gente posseramos fazer. Prontes, posso me ir-me embora ou quê?

- Pode, pode...

E foi a entrevista possível com Jorge Jesus, um homem que trata a língua portuguesa nas palminhas.

Escrito por: João Cacelas às 13:43
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Novembro de 2009

O futebol na Benfica TV

Não sei se o caro leitor já passou pela linda experiência que é assistir a um jogo (ou resumo) de futebol na Benfica TV, o canal do SLB. Se não, quem perde é você. E muito.
Mas, melhor é ver o mesmo jogo em directo numa RTP, SIC, TVI ou SporTv  e depois comparar o mesmo jogo na Benfica TV.  Eu já fiz este exercício várias vezes, sendo que a última foi no domingo passado no Benfica -V. de Guimarães, para a Taça de Portugal.  Vi o jogo em directo na TVI e depois vi o resumo na Benfica TV.
E é aqui, quando se pode comparar a transmissão entre um e outro canal que se vê que afinal o Benfica não criou a Benfica TV só para ter um órgão de comunicação social que lhe seja afecto, coisa inexistente até então - à excepção da Bola, do Record, do Correio da Manhã, etc. Nada disso, o Benfica queria mesmo investir num canal à séria, sem facciosismos nem nada que se lhe pareça.
Nesta altura, o leitor que conheça a Benfica TV deve-se estar a questionar onde é que esse investimento foi feito, que ainda não deu por ele. Se não deu por ele, é porque anda a dormir, caro leitor. O Benfica investiu (e muito) em tecnologia de ponta. Basta atentar na análise aos lances mais difíceis do Benfica-Vitória de Guimarães:
Na TVI, RTP e SIC vimos um jogo sem casos, em que o Vitória - que dispôs de uma ou duas oportunidades de golo flagrantes - soube controlar o Benfica, que apesar de ter atacado mais, fê-lo sempre de forma atabalhoada e desorganizada.
Já na Benfica TV, parece que o jogo foi completamente diferente: o Guimarães marcou um golo por acaso e teve sorte de não ter sido goleado. Note-se também que na Benfica TV há dois penalties por assinalar, todos a favor do SLB. 
É aqui que está todo o investimento do SLB: em câmaras de filmar ultra-potentes que vêem penalties, semana sim, semana sim, onde todos os outros canais não conseguem ver. Aquilo que para a comum das câmaras de filmar dos outros canais parece uma simulação grosseira do Weldon é na verdade, de acordo com as sofisticadas câmaras da Benfica TV, uma entrada dura do jogador vimaranense sobre o avançado encarnado, apenas perceptível graças à alta-tecnologia patente nas câmaras da Benfica TV.
Note-se que outra inovação que a Benfica TV nos trouxe foi a transmissão de jogos de futebol em directo, sem se transmitir o jogo propriamente dito porque não se tem os direitos de transmissão desse jogo! E sim, sou fã da palavra transmissão.
Ou seja, temos dois camafeus na redacção, que estão a ver o jogo pela televisão e o vão comentando, sempre com os olhos postos na tv, que está num plano bastante inclinado, o que confere momentos de rara beleza às "transmissões dos jogos" do Benfica, tal como belos torcicolos aos camafeus de serviço. Ou comentadores, para quem preferir insultar tudo o que seja comentador. Por vezes varia-se as caras dos camafeus com imagens dos jogadores encarnados em exercícios de aquecimento, com grandes planos do cabelo "à Richard Gere" do JJ ou ainda grandes planos dos decotes das adeptas "encarnadas".
E que discussão pós-jogo é que dois amigos que tenham acompanhado a transmissão na Benfica TV podem ter? É mais ou menos isto:
- Então pá, viste a bola na Benfica TV?
- A bola propriamente dita não vi man. Mas vi com cada par delas...c'um camandro. Havia uma morena que me deixou maluco, pá. Grande prateleira que ela tinha.
- Em que lance é que isso foi?
- Foi no lance que era penalti para o Benfica, pá! Até repetiram as imagens três ou quatro vezes, só para dissipar as dúvidas.
- Do penalti?
- Não man, para ver se eram naturais ou não, pá! Às vezes pareces mesmo do Sporting! Que era penalti toda a gente viu! Só os outros canais e as pessoas que não tenham visto a Benfica TV é que dizem que não, mas esses não interessam a ninguém. E viste aquele aquecimento do Nuno Gomes? O homem tem uma classe a rodar os pés que nem te conto. Agora já entendo porque é que o nosso Jesus o deixa no banco. A aquecer com aquela categoria em Portugal há poucos man...
Escrito por: João Cacelas às 15:04
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (25) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Falando com Jesus

Fomos falar com Jesus - o do Benfica, porque quem tem o exclusivo do Cristo para Portugal é a Alexandra Solnado - sobre o bom início de época que a equipa encarnada está a fazer e sobre outras coisinhas mais. Ora vamos lá a ver:
- O Hemiciclo: Bom dia, Jesus. Considera-se o Salvador deste Benfica?
- Jorge Jesus: Mau...se é para vocês me começarem-me a fazer esses torcicolos com o meu nome, é melhor a gente parar com isto aqui!
- H: Pronto...tudo bem, seja feita a Vossa vontade, o Senhor manda. Jesus, apesar de todas as críticas feitas aquando da sua contratação, de que não era o homem indicado para treinar o Benfica, pela sua forma de estar e de falar, pelos constantes erros de português que dá...mas tem conseguido calar esses detractores graças às grandes exibições do Benfica. Como se sente em relação a isso?
- JJ: A esses tractores, que me acusam de dar caneladas no português, só lhes digo uma coisa: eles que se experimentem andar com palavras caras para o Binya e para o Jorge Ribeiro a ver se eles percebem alguma coisa. Nem eu consegui explicar ao Binya que era para acertar na bola e não no jogador e era um "shôtor" da bola que o ia fazer, querem ver? Porque é que acha que eu os dispensei? Agora andam a ter explicações de português e só quando estiverem melhor é que se juntam à equipa.
- H: Acredita que vai conseguir manter a equipa a este ritmo? Ou esta fase não passa de um estado de graça?
- JJ: Vamos lá a ver: a gente não anda aqui para ter graça, a gente não somos os Gato Friorento nem os Extemporâneos, a gente trabalha de forma séria e medicada e só assim é que a gente consegue estes resultados.
- H: Acredita que iremos ver mais jogos como frente ao Vitória de Setúbal?
- JJ: Ó amigo, também não exageremos, eu sou Jesus mas não tenho esses poderes todos. Nem é pelos 8-1, é mais pelo Nuno Gomes ter marcado um golo. Isso foi uma situação paranormal, fora do comuna.
- H: Com esta onda de bons resultados é natural que o ambiente no balneário seja de alegria e euforia. Não teme que os jogadores incorram em excessos de confiança?
- JJ: O nosso balneário é impermeável e essas coisas todas ficam lá fora. As únicas coisas em excesso que cá temos é as coisas para o cabelo do Nuno Gomes e o livro "Marcar penalties para Totós" que eu ofereci ao Cardozo. E o Balboa, que também está em excesso mas a direcção já anda a tratar disso...
- H: Relativamente ao caso Balboa, acha que o Benfica está a proceder bem junto do jogador, ao obrigá-lo a treinar à parte do plantel?
- JJ: Isso são assuntos que são do forno interno do clube e que se têm que se resolver-se lá dentro, pelo que não lhe posso enfornecer mais coisas sobre isso por agora.
- H: Jorge Jesus, qual é que vai ser o seu próximo milagre? Pôr um ceguinho a ver?
- JJ: Lá estão vocês a me fazerem-me torcicolos com o meu nome! Eu sou Jesus mas não sou o Cristo, que foi incrustado na cruz. Mas se quer saber se vou meter o Luís Filipe a conseguir fazer um passe ou mesmo um encruzamento acertados, garanto-lhe que os meus poderes não chegam a tanto...
- H: Mas não me diga que não usou o truque de separar as águas com a defesa do Belenenses no golo do Saviola, hein, seu maroto? Vá, confesse lá. Só aqui entre nós, que ninguém nos ouve.
- JJ: Isso são tudo boates que correm por aí e eu não confino nem demito...
Escrito por: João Cacelas às 12:39
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (16) | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

Antropologia Portuga: o deita abaixo ou "Velho do Restelo"

Dono de um discurso fatalista, o deita abaixo é uma das espécies portugas mais antigas do nosso Portugal, sendo já referenciado na obra-prima de Luís de Camões, "Os Lusíadas", no episódio do Velho do Restelo. Há quem defenda que os deita abaixo não são mais do que simples pessoas solitárias que após terem sofrido alguns dissabores na vida se tornaram pessoas amargas e maledicentes, mas eu cá acho que isso é mesmo só falta de sexo.
O deita abaixo é uma espécie saudosista por natureza, queixando-se com frequência que já não há coisas como antigamente e que no antigamente é que se vivia bem. É frequente ouvir da boca desta espécie um sonoro "isto é só meeeerdaaaaa!!! Antigamente é que era bom!! O Salazar é que cá faz falta!" E esta frase serve para tudo. Ora aqui ficam vários exemplos: 
- "Manel, vou fazer pudim caseiro, daquele que tu gostas!"
- "Deve sair um rico pudim deve! Isto agora é só meeerdaaa! Já não há pudins como no tempo do Salazar, aí é que se vivia bem!"
- "Então pai, gostas do meu carro novo?"
- "Olha, um carro...para que é que tu queres um carro? No tempo do Salazar a gente andava de burro e ninguém morreu por causa disso e nem sequer se ouvia falar nos ozonos e nessas coisas, homem! Isto agora é só meeerdaaa! Havia de cá estar o Salazar que isto entrava tudo nos eixos que era uma lindeza!"
- "Pai, comprei o novo Iphone. Faz coisas muito divertidas, queres ver?"
- "Olha, comprou um Iphone que faz coisas muito divertidas...isso é só meeeerdaaa, homem! No tempo do Salazar é que se fazia Iphones de jeito, não é cá essas paneleirices que vocês usam agora!"
- "Mas pai, no tempo do Salazar não havia Iphones..."
- "Não havia, mas tenho a certeza que se houvesse era melhor que essa merda!"
Além de classificarem tudo como sendo matéria fecal, o deita abaixo têm mais duas paixões: o vinho (mas apenas o tinto, porque para esta espécie o vinho branco só serve para pôr na comida e o verde é coisa de rabiças e estivesse cá o Salazar e não havia nem vinho verde, nem rabiças) e o Benfica (que só por curiosidade é a única coisa que de facto só era boa no tempo do Salazar...), dois estandartes do regime.
Especímenes sóbrios e que gostam pouco de dar nas vistas, os deita abaixo não têm grandes preocupações com o seu visual, até porque isso é coisa de rabiças e de quem não tem nada para fazer. No entanto, há um pormenor que nunca descuram: a mola a prender a bainha das calças para que estas não se sujem nas correntes das suas bicicletas "pasteleiras". E tal como os machos, também não dispensam o bom do pente no bolso das calças, para o caso de ser necessário "puxar lustro" ao cabelo, com o auxílio de uma boa porção de cuspo.
Apesar de serem criaturas solitárias e de ser muito raro encontrar grandes concentrações desta espécie no mesmo local, isso não quer dizer que não haja união entre os deita abaixo. Exemplo disso foi o programa "Os Grandes Portugueses", onde Salazar foi considerado o maior português de todos os tempos graças à união e esforço conjunto de todos os deita abaixo. A vitória de Salazar não foi só uma demonstração da união e força dos deita abaixo mas também que esta é uma espécie que é cada vez mais abundante em Portugal. Ou então que tem muito saldo para gastar no telemóvel.
Escrito por: João Cacelas às 11:22
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (10) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Agosto de 2009

À conversa com José Mourinho

Com a nova temporada de futebol à porta, o Hemiciclo foi conversar com uma das maiores figuras do mundo da bola, o treinador do Inter de Milão, José Mourinho aka "The Special One" aka "Il Speziale Uno" .
- O Hemiciclo: Olá José Mourinho, antes de mais deixe-me agradecer-lhe por ter a oportunidade de o entrevistar e é de facto um grande prazer estar aqui visto que sou um grande fã seu.
- José Mourinho: Olá, como eu o compreendo. Eu também sou um grande fã de mim próprio, aliás, é difícil não o ser e creio que de facto, o prazer é todo seu, tal como a honra de estar neste momento a partilhar o ar que respiro.
- H: Pois, mas passando ao que interessa...como é que o Mourinho vê o início de época da Liga Portuguesa? Acha que será este o ano do Benfica?
- JM: Antes de mais nada, quem diz o que interessa ou não, sou eu. Eu é que estou a fazer-lhe o favor de responder às suas perguntas, que são um bocado parvas e logo eu é que sei o que interessa ou não, mas como estou ligeiramente bem-disposto até lhe vou responder. Eu tenho visto a pré-temporada dos grandes na Zon e aproveito para dizer que eu poderia viver sem Zon, mas a Zon é que não poderia viver sem mim e é evidente que a sua pergunta é parva e não quero responder ao resto...
- H: Mas Mourinho...e o Benfica de Jesus?
- JM: Penso que só Jesus não basta para levar o Benfica a vencer a Liga, isso é tarefa para Deus e como sabe, de momento estou de corpo e alma no Inter e não estou disponível para treinar o Benfica...
- H: Outro grande acontecimento desta pré-temporada foi a apresentação do melhor do Mundo em Madrid. O que tem a dizer sobre isto?
- JM: Tenho-lhe a dizer que você está enganado e que é melhor consultar as suas fontes porque eu este Verão nem sequer fui a Madrid, fui de férias para Setúbal e por isso acho que essa questão é ridícula...
- H: Falo do melhor jogador do Mundo, não do melhor treinador e ser humano em geral...
- JM: Ah! Mas ainda assim, continuo sem entender...o Zlatan (Ibrahimovic) foi para Barcelona e não para Madrid, faça o favor de ter aulas de geografia porque não lhe admito um erro desses. Além disso, desde que deixou de ser treinado por mim, o Zlatan deixou de ser o melhor jogador do Mundo pois viu as suas capacidades diminuídas em 75% e agora não passa de um jogador banal. O melhor jogador do Mundo é o Samuel (Eto'o), agora que é treinado por mim.
H: Mas eu estava a falar era do Ronaldo, Mourinho...
JM: Mas o Ronaldo há muito que não joga no Real...ele agora está no Brasil, no Corinthians e já começo a ficar farto da sua incompetência...
H: Falo do nosso compatriota! Do Cristiano Ronaldo, que era CR7 e agora é CR9!
JM: Ah, esse...é que por "melhor jogador do Mundo" nunca mais lá chegava. Lembro-me que me fizeram algumas perguntas sobre esse, mas não me recordo dessa tal apresentação e nem sequer ouvi falar...e agora já estou farto da sua incompetência e perguntas parvas, pelo que é melhor ficarmos por aqui...
Escrito por: João Cacelas às 15:19
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (12) | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

Antropologia Portuga: o macho lusitano ou home

O macho lusitano, também conhecido por home ou gajo de Alfama é uma das espécies mais antigas em Portugal. Há quem diga, inclusive, que esta espécie é descendente directa do já extinto Homem de Neandertal, mas na minha opinião, é apenas mais javarda que o Homem comum.
Para encontrar exemplares desta espécie basta dirigir-se a um café que tenha SportTV, uma empregada com um par de seios de volume considerável, mines frescas e tremoços para acompanhar. Caso não haja uma empregada com seios volumosos, um calendário da Samantha Fox também serve. Mas, apesar de ter nos cafés o seu habitat natural, também é possível encontrar machos lusitanos noutros locais, como um caixote do lixo, muito utilizado para jogatanas de cartas.
Os machos são verdadeiros animais sociais e como tal, é extremamente comum vê-los em grandes bandos. As suas principais actividades são: ver o Benfica no café e andar à porrada porque houve alguém que disse que o Benfica é uma merda; jogar às cartas e andar à porrada porque houve alguém que fez batota; beber umas mines ao balcão e andar à porrada porque pensou que estava um gajo a olhar para ele e das duas, uma: ou é maricas ou quer andar à porrada e assim como assim, vai mesmo levar porrada de qualquer maneira; andar à porrada porque não há nada para fazer; ir à borda da estrada esvaziar a bexiga - cheia de cerveja - e voltar para o café para beber mais mines; andar à porrada porque há um macho rival no café; continuar à porrada enquanto a polícia não chega ao café; andar à porrada com a polícia no café; voltar da esquadra e dar porrada no chibo que chamou a polícia. O macho é portanto, uma criatura cujas actividades lúdicas são extremamente complexas.
A gastronomia do macho é muito ecléctica: no Inverno come moelas, orelha, mão de vaca, molhinhos, pipis, tremoços, feijoada e no Verão come moelas, orelha, mão de vaca, molhinhos, pipis, tremoços, feijoada e caracóis. Note-se que para sobreviver esta espécie necessita de beber cerca de 2,5 lt. de cerveja por dia, pois cerca de 70% do corpo do macho é constituido por este líquido e se este ficar mais de 6 horas sem o beber há o risco de desidratação e consequente morte.
Como espécie muito preocupada com a aparência que é, o macho nunca descura o seu visual e indumentária: macho que é macho usa bigode, fato de treino da Nikki de cores garridas, unhaca e um palito na boca. Este acessório é um autêntico chamariz para as fêmeas, pois com o auxílio do palito, o macho não só mostra que tem a dentição impecavelmente limpa, não havendo quaisquer restos de comida presos nos seus dentes, como mostra também a sua habilidade e perícia com o palito, fazendo manobras arriscadas e de rara beleza, que não têm comparação em todo o reino animal. Apesar de dizer que jóias são para rabiças, o macho, dando provas da sua modernidade, também aprecia uma boa peça de joalharia, sendo muito comum vê-lo com um crucifixo de ouro ao pescoço e um anel, também conhecido como cachucho, nos dedos. O macho também não descura o seu cabelo e tem sempre nos seus bolsos um pente para o caso de ser necessário "puxar lustro" ao seu cabelo. Para isso, o macho recorre à brilhantina natural, também conhecida como cuspo, visto que para esta espécie a laca e o gel são para rabiças.
Apesar de todas estas qualidades, o macho (ou home) encontra-se actualmente em vias de extinção e é muito comum ouvir-se "já não há homes como dantes" ou "já não há machos como antigamente".
Agora ide e como diria o grande Raul Solnado, façam o favor de ser felizes. Eu, que não sou nem grande, nem Raul e muito menos Solnado, acrescento: e caminhai com calma por essa longa estrada que é a vida, mas cautela: vão pela estrada nacional, pois apesar de demorarem mais uma horita de viagem, poupam um balúrdio em portagens. 
Escrito por: João Cacelas às 11:06
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (20) | favorito
|
Terça-feira, 26 de Maio de 2009

De volta para mais um texto de importância igual a zero

Olá coisas fofas (há umas semanas só eram coisos, agora já são fofas, andam a evoluir), estava indeciso entre dois assuntos: as patilhas do Quique Flores, quase ex-treinador do Benfica e outro assunto qualquer e, não desfazendo das patilhas do Quique que também davam pano para mangas, optei pelo outro assunto.

Há dias, tive a honra de me vir parar às mãos um panfleto muito especial: o panfleto da pizzaria "Super AGostos". E , tenho que confessar que esse panfleto mudou toda a minha perspectiva sobre as pizzarias. Para pior. Vamos lá a dissecar este menino como se fosse uma rã estendida na marquesa:

A começar pelo nome: Super AGostos (e sim, o AGostos é tudo junto). Este trocadilho é das coisas mais parvas que o Homem alguma vez inventou. A ideia está lá, a pizzaria é super, pois tem todo um vasto leque de pizzas por onde escolher, mas perde-se por completo quando metem o "A" juntamente com o "Gostos". É que vamos lá a ver, ó malta da Super AGostos: há um mês do ano que se chama Agosto e as pessoas são capazes de confundir com isso...

Já que mencionei todo o vasto leque de pizzas que temos na Super AGostos, ora vamos lá a analisar o menú:

É lá!! Pára já tudo! Na pizzaria Super AGostos têm uma pizza Sibéria. Pois, a Sibéria, essa região extremamente famosa pelas suas pizzas. É por isso e pelo clima tropical que todos os anos atrai milhões de turistas. Andando um bocadinho mais para baixo no menú damos com outro pitéu do catano: a pizza Romanov. Mas espera lá: os Romanov não foram aquela família russa (do czar Nicolau II) que foi brutalmente chacinada em 1918, após a revolução bolchevique em 1917? Tenho uma vaga ideia que...sim. Sim, senhor, comer pizzas com nomes de famílias históricas é muito fofo, mas, de preferência que não tenham sido brutalmente assassinadas ó Super AGostos. É um bocado indigesto. Continuando no belo cardápio da Super AGosto, tenho que destacar a pizza Ribatejo (outra região mundialmente famosa por produzir pizzas) que por mero acaso é exactamente igual à pizza Tata (um lugarejo em Marrocos). Eu realmente sempre disse que o Samouco tinha um ar de Casablanca e a fazer um "remake" do filme homónimo teria que ser no Samouco. Mas, na pizzaria Super AGostos não há só pizzas parvas. Também se homenageia os génios da história: Picasso, Mozart, Zé Esteves, Zé Horta...tudo grandes nomes da história da Humanidade, especialmente os dois últimos. Esses tais de Picasso e Mozart, nunca ouvi falar...

E pronto, coisinhos, se gostaram desta pequena amostra do que é a Pizzaria Super AGostos não percam tempo! Corram como se não houvesse amanhã, que eles aguardam por vós! Há Pizzarias Super AGosto em Torres Novas, Rio Maior, Tomar, Caldas da Rinha...espera lá...Caldas da Rinha? Mas na frente do panfleto diz Caldas da Rainha...embora no verso diga Caldas da Rinha. Olhem, deve ser nas duas terras, pronto.

Agora tenho que ir. Prometo que lá para meados de Junho começo a escrever posts com uma cadência e qualidade muito jeitosinhas, ok?

 

Escrito por: João Cacelas às 09:14
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (6) | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Eu tenho a solução para o Benfica

Xuxuzinhos, pensavam que eu tinha sido trucidado por um camião TIR, o que teria provocado o meu falecimento, falecimento esse que teria várias consequências, sendo uma delas deixar de escrever neste blog? Azar o vosso. Não fui trucidado por camião nenhum, embora tenha lascado uma unha o que também é grave mas não o suficiente para eu falecer, que eu sou rijo. Tenho estado a modos que ocupado com trabalhos de maneira que não tenho vindo aqui nem aos vossos estaminés e vou continuar sem ir durante as próximas semanas. Como não tenho visto muitas notícias, aproveito apenas para escrever um pouco sobre comédia:

O Benfica lá vai terminar mais uma temporada de futebol em grande estilo: a lutar pelo 3º ou 4º lugar com os seus rivais Nacional e Braga, com rumores constantes sobre os novos "craques" e treinadores de "renome mundial" (como o Quique) para a próxima época, ele é Ricardos Quaresmas, é Scolaris, Erikssons, Jorges Jesus, etc e coiso e o catano. Como já estou cansado de ver o SLB sofrer, campeonato após campeonato, vou sugerir aquele que me parece ser o nome ideal para treinar o Benfica: o Padre António Vieira. Sim, o Padre António Vieira, o dos sermões. Sim, é esse. Porquê? Por todas as razões que passo a enunciar:

- O Padre António Vieira era no seu tempo, o verdadeiro Special One da arte do sermão. Assim, o Benfica já passava a ter alguém Special, o que seria motivo de orgulho para todo o benfiquista;

- Sendo especialista em sermões, não teria grande dificuldade em convencer os jogadores do Benfica que eles até não são assim tão maus. Afinal, não há-de ser mais difícil do que fazer os homens do séc. XV recuperar a fé após as tragédias ocorridas na Idade Média (peste, guerra dos cem anos, fome, etc), que os levaram a quase desacreditar em Deus;

- A falta de inteligência dos jogadores do Benfica também não é problema. Afinal, se António Vieira cometeu a proeza de dar um sermão aos peixes, com toda a certeza que o conseguirá fazer com o plantel do Benfica, cujo QI está ao nível do de um peixe palhaço (o Nemo);

- Outro aspecto em que o Padre António Vieira é extremamente forte é em saber lidar com a pressão. Se conseguiu sobreviver à Inquisição que durante praticamente toda a sua vida o perseguiu de forma incessante, não são meia dúzia de lenços brancos que o vão assustar;

- O Estádio da Luz é conhecido como a Catedral. António Vieira dava sermões em catedrais, logo sentir-se-á como peixe na água;

- And at least but not the last, um ponto que eu considero abolutamente essencial e que de facto dá ao Padre António Vieira maior avanço sobre os eventuais candidatos ao cargo de treinador do Benfica: o homem chama-se António e todos sabemos que o diminutivo de António é Toni, que é um nome tipícamente benfiquista.

Pensem nisto, ó Rui Costa e LFV...

Escrito por: João Cacelas às 13:54
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

Série de medidas que o Benfica deve tomar se deseja ser campeão

Após alguma reflexão descobri a fórmula perfeita para o Benfica voltar a ser campeão nacional. Querem que eu vos conte? Querem? Então vá, eu conto. 

É muito simples:

- A primeira medida é ter Maradona a assistir aos jogos do Glorioso nas bancadas (mas tem que ser sempre). Assim, Angel Di María, jogador argentino do Benfica jogará sempre a grande nível, marcando tentos de belo efeito.

- Em segundo lugar, há que colocar um jogador do Benfica ao pé de cada poste da baliza adversária. Com a tendência que Cardozo tem para acertar nos postes, há que ter sempre um jogador ao pé destes para poder emendar os remates do paraguaio e assim marcar golo.

- Outra medida (esta mais previsível) passa por colocar Pedro Mantorras nos últimos 15 minutos de todos os jogos. Foi assim que o Benfica foi campeão na época 2004/2005 e foi assim que esta época ganharam ao Rio Ave. Não entendo como Quique Flores ainda não percebeu isso.

- Pôr o Binya a jogar a meio-campo. Dois cartões amarelos e dois duplos amarelos (e consequente vermelho) em apenas 7 jogos falam por si só. Com este "menino" no meio-campo, não há médio adversário que se ouse pôr em grandes aventuras se quiser chegar inteiro até ao fim do jogo. Ao pé de Binya, o terrível Genghis Khan é um verdadeiro menino do coro.

- Por fim, aquela que poderá ser a mais complicada de todas as medidas: fazer com que o Benfica possa jogar todas as partidas frente ao Vitória de Guimarães. É que se é verdade que Di María só joga bem na presença de Maradona, também não deixa de ser verdade que Pablo Aimar só joga bem frente ao Vitória de Guimarães. Senão vejamos as estatísticas do argentino esta época: duas assistências e um golo, num total de 14 jogos. E contra que equipa é que foi tudo isto? Contra o Vitória de Guimarães, claro está. Jogasse o Benfica todos os fins de semana contra os vimaranenses e Aimar chegaria ao fim da época com mais de 30 tentos marcados e para cima de 45 assistências para golo.

Tenho a certeza que com estas medidas o Benfica ganhava todos os títulos em disputa. Mas é que era mesmo.

Escrito por: João Cacelas às 13:30
Ligação directa | Comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Dezembro de 2008

Afinal o Benfica sempre é grande

Se dúvidas havia em relação à grandeza do Benfica, foram todas dissipadas na passada quinta-feira, no jogo da Taça UEFA que opôs o Glorioso aos ucranianos do Metallist (quem?). "Mas e ó João, porque carga de água é que o facto do Benfica ter perdido contra os ucranianos, revela grandeza?" Muito simples, amiguinhos: a equipa do Benfica sabia de antemão que era impossível vencer por 8-0 ao Metallist, mas sabia que caso o Metallist vencesse o jogo, ficava em 1º lugar e vai dai, tumba, o Benfica comete a gentileza de deixar os ucranianos vencerem o jogo para conseguirem o 1º lugar do grupo. 

Se todo este altruísmo e cavalheirismo por parte do Benfica não revelam que de facto o Glorioso é um clube "cheio de grandeza", então não sei mais o que é que pode revelar...

Escrito por: João Cacelas às 13:00
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Hino do Benfica (versão renovada)

Sou do Benfica

Isso me envaidece (menos depois do jogo contra o Olympiakos)

Tenho a genica

Que a qualquer engrandece (genica essa que faltou aos jogadores contra o Olympiakos)

Sou de um clube lutador 

Que na luta com fervor

Nunca encontrou rival

Neste nosso Portugal (mas na Grécia têm o Olympiakos)

Ser Benfiquista

é ter na alma 

a chama imensa (e um melão enorme depois do jogo contra o Olympiakos)

Que nos conquista

E leva à palma (contra o Olympiakos a única coisa que levaram foi 5 selos)

A luz intensa

Do Sol que lá no céu

Risonho vem beijar (então foi por isso que o Quim não viu as bolas entrar na baliza no jogo contra o Olympiakos, foi a luz que lhe cegou as vistas)

Com orgulho muito seu

As camisolas berrantes

Que nos campos a vibrar

São papoilas saltitantes (lá papoilas pareciam eles contra o Olympiakos, mas não acho que isso seja muito bom...)

 

Escrito por: João Cacelas às 16:29
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (10) | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

Pintos assados

"Vouzela: Incêndio matou 5 mil pintos" in Sapo. 

Felizmente, segundo fontes próximas do Hemiciclo, Ricardo e Quim não se encontravam na zona e por isso estão livres de perigo.

Já em relação a Rui Patrício, o seu paradeiro ainda é desconhecido, mas avançaremos com mais novidades assim que for possível.

Escrito por: João Cacelas às 11:34
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

Mais uma coisa em que o Benfica é o maior

Graças a Quique Flores e José Antonio Reyes, o Benfica é agora o clube com mais ciganos em Portugal. Mais uma coisa que os benfiquistas têm para dizer que são os maiores (será que também vão meter este recorde no Guiness?)... no entanto, nem tudo são rosas, pois agora LFV, o grande líder das águias já não pode andar a acusar certos e determinados clubes de "ciganagem" sem antes olhar para o seu próprio clube...

P.S: Depois de Flores e Reyes, fontes ligadas ao clube da Luz garantiram ao Hemiciclo que o Benfica acaba de assinar contrato com os Gipsy Kings, aumentando assim a prole de ciganos na Luz, além disso, há já um acordo feito com a CML para que o Estádio da Luz, em dias em que não haja jogos, possa organizar feiras, a fim de aumentar as receitas para o "glorioso".

tags: , , , ,
Escrito por: João Cacelas às 15:31
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (19) | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Vale e Azevedo, o coitadinho que foi escorraçado para fora de Portugal

Olá! Sabem o que diz um ovo a um repolho numa panela com água a ferver?

Ovo: "Esta merda está quente!!"

Repolho: " PORRA!!!! UM OVO QUE FALA!!!"

Pois...mais valia terem ficado sem saber não era? Bom, mas não é por isto que vos escrevo. É sim por causa do caso Vale e Azevedo, esse pobre coitado que anda a ser difamado pela justiça, pelos media e pelos tribunais portugueses, pois segundo ele não roubou nada a ninguém ("ah, pois não...se calhar para o que queria gamar, os 2 milhões de Euros que tirou ao SLB foram pouco...fora o resto", diz o povo), muito menos cometeu qualquer tipo de crime e ainda por cima afirma ter sido escorraçado para fora de Portugal. Ele não fugiu, não, nem pensar nisso, mandaram-no foi embora de Portugal, trataram-no de forma desumana. Mandaram-lhe um pontapé no rabo e disseram: "Vai mas é auferir milhares de Euros por mês e fazer uma vida de luxo para Inglaterra, assim onde a malta não te possa prender, ó malandro, que aqui não te queremos!"  Até mete pena olhar para a miséria que é a vida de Vale e Azevedo, com a sua casa de 15 milhões de Euros e o seu carrito de 380 mil Euros e o seu cargo de director numa empresa inglesa, onde ganha milhares de Euros por mês...isto realmente! Tratar assim um homem pá! Para mim, era ele processar o Estado! Dizerem que ele anda fugido da justiça portuguesa...só porque foi para Londres ganhar uma fortuna por mês e fazer uma vida de luxo! Balelas! É evidente que ele está lá sim senhor, mas contrariado! Alguma vez Vale e Azevedo, sério e integro como é, teria saído de Portugal para viver no luxo em Londres a fim de se livrar de cumprir pena na prisão? Nunca! Foi só porque se sentiu escorraçado...o coitado.

Escrito por: João Cacelas às 15:50
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (6) | favorito
|

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. À conversa com Jesus (o J...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. O futebol na Benfica TV

. Falando com Jesus

. Antropologia Portuga: o d...

. À conversa com José Mouri...

. Antropologia Portuga: o m...

. De volta para mais um tex...

. Eu tenho a solução para o...

. Série de medidas que o Be...

. Afinal o Benfica sempre é...

. Hino do Benfica (versão r...

. Pintos assados

. Mais uma coisa em que o B...

. Vale e Azevedo, o coitadi...

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds