Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

À conversa com Jesus (o Jorge)

Antes de começar com isto queria apenas escrever que o primeiro-ministro José Sócrates é sem quaisquer dúvidas um grande estadista (o melhor que tivemos desde a fundação de Portugal e dos próximos mil anos), sou grande fã dele e acho que a sua licenciatura é tão legítima (e digna) aqui como em qualquer do mundo. Keep up with the good work, Sóquinhas.

Em vésperas daquele que será o jogo mais importante da época do SL Benfica - quartos de final da Europa League frente ao Liverpool - o Hemiciclo entrevistou o grande JJ, em exclusivo e só para nós. Cá vai disto.

O Hemiciclo: Jesus, acha que há o perigo dos adeptos do Benfica o crucificarem caso as coisas corram mal frente ao Liverpool, como sucedeu com o seu homónimo?

Jorge Jesus: Mau...tou a ver que já começeramos com os torcicolos em relativamente ao meu nome...deixe lá o meu harmónio em paz e delimite-se a assuntos relativamente interligados com o jogo se fizer favor que eu gosto pouco de falar de coisas relacionadas com o mundo do isotérmico...

Pronto...está bem. Era só uma piadola pelo facto de amanhã ser sexta-feira santa mas já vi que hoje estamos muito nervosinhos. Masque uma pastilha que isso passa...

Agora não me apetece mascarar bastilhas elásticas. Vames mas é às perguntas.

O Liverpool é teoricamente o adversário mais forte que o Benfica encontrou nesta época. Vai ter isso em conta na forma como o Benfica vai encarar o jogo ou vamos continuar a ver o "rolo compressor" em acção?

A gente neste momento não temos medo de ninguém e o Livrapool que se prepare-se porque a gente vamos fazer o mesmo que a Padeira da Algibeira Rota fez aos castelões há uns anos atrás, só que em vez de uma pá usamos o Luisão e o Javi Garcia.

Mas o Liverpool é uma equipa inglesa...

Mas tem mais espanhóis que ingleses. Eu sei muito bem aquilo que disse ou pensa que lá porque dou alguns canelones no português, não sei de história, hein?

Mudando de assunto...tem alguma coisa a declarar sobre o que recentemente foi dito nas entrevistas de Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira, em que foi se falou de uma eventual transferência da sua parte para o FC Porto, no início desta época?

Isso são assuntos que não passam de boates e falarei deles inoportunamente, até lá quero-me apenas focalizar-me nas competições em que estamos desenvolvidos. No final da época respondo a isso tudo, numa comparência de imprensa.

E sobre as hipotéticas transferências de alguns dos principais elementos do plantel do Benfica no final da época, tem alguma coisa a dizer?

Isso são só coisas no campo da hipoteca e posso-lhe garantir que pelo menos o Saviola não sai porque instalarames esta semana uns degraus nos balneários para ele poder abrir a torneira sozinho e isso só prova que ele cá vai estar no próximo ano porque é um investimento feito depropositamente para ele. A não ser que compremos o Moutinho ó Sporting.

E foi a entrevista possível com JJ...

Escrito por: João Cacelas às 14:46
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (10) | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Antevisão do Marselha-Benfica com Jesus

Logo às 18 horas, o Benfica irá decidir o seu futuro na Liga Europa, frente aos franceses do Marselha e como não poderia deixar de ser, o Hemiciclo foi falar com o treinador dos encarnados, Jorge Jesus.

- O Hemiciclo: Jorge Jesus, acredita que este Benfica tem capacidades para vencer a Liga Europa?

- Jorge Jesus: É pá, nã vames já pôr as carraças à frente dos bois nem andar pra aí a cantar vitória emancipadas, nem andar a embandeirar em barcos! Para já, temos que provar que somos mais melhores que o Marselha e depois, logo se vê...

- Por falar em Marselha, depois do empate a uma bola na 1ª mão (em Lisboa), decerto que espera grandes dificuldades frente à formação francesa?

- Sim. Esta equipa do Marselha é em termos do atletismo muito forte, ou seja, é uma equipa metafisicamente muito forte e além disso, eles marcarem um golo fora, o que pode complicar as coisas pó nosso lado. Antevejo um jogo que não vai ser fácil e que se pode vir a tornar num pau de dois bicos para o nosso lado...

- Pois. E que Benfica iremos ver? O das goleadas ou aquele que vimos na primeira mão que teve grandes dificuldades para conter o Marselha?

- Vames lá a ver: a gente já sabe que quando o Benfica não goleia parece logo que é uma situação paranormal, mas a verdade é que se tem que dar mérito ao Marselha porque eles no jogo da primeira demão conseguiram estar muito elevados ao nível, portanto do nível.

- Como está neste momento a confiança no balneário?

- Está em níveis muito elevados, até porque agora meterem lá tapetes antiderrapantes e assim, abaixa-se o risco de haverem jogadores a aleijarem-se. Além disse, também fizeram questão de meter um banquinho que é para o Saviola conseguir abrir a torneira solitariamente.

- Vou reformular a questão: quando falo em balneário não é no espaço físico em si mas sim para saber como está o estado de espírito do plantel.

- Isso são coisas que só nos dizem respeito à gente. Neste momento, o nosso plantel é impermeável a agressões vindas do exterior de fora e isso são assuntos que se resolvem-se no nosso forno interno. Mas posso-lhe dizer que a confiança da equipa neste momento está em alta, a nossa confiança chega até à picaretas da Lua e acreditamos que podemos ganhar este jogo e outro qualquer que a gente posseramos fazer. Prontes, posso me ir-me embora ou quê?

- Pode, pode...

E foi a entrevista possível com Jorge Jesus, um homem que trata a língua portuguesa nas palminhas.

Escrito por: João Cacelas às 13:43
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Março de 2010

As homenagens póstumas em forma de estátua

Antes de começar com isto, queria-vos pedir encarecidamente (se soubesse onde moram era com uma moca de Rio Maior, mas como não sei, fico-me pelas simpatias) que se dirigissem ao site da Super Bock e fossem àquela coisinha dos blogs e votassem no Hemiciclo, pode ser?
Vá, votem até dia 24 de Março. Não dói nada, como diria o Tomás Taveira. Mas olhem que têm se registar no site...e assim que estiverem tooodos lá dentro (voltando a citar o Taveira), a coisa dá-se bem. E passam a ser os melhores leitores do mundo (no caso do Taveira, eram as alunas que eram as melhores do mundo).
Mudando de tópico...vamos falar de homenagens póstumas em forma de estátua. Bem sei que a temática das homenagens póstumas em forma de estátua é um tema que já foi exaustivamente debatido aqui e ali (e duas ou três vezes acolá), mas sendo este um assunto com tanta substância, penso que pode ser abordado mais uma vez.
Antes de mais, devo dizer que sou contra a homenagem póstuma em geral. Parece-me muito mais digno homenagear a pessoa enquanto esta respira do que após o esticanço do pernil.
Ora, para mim, homenagear alguém com uma estátua é muito semelhante a dar os parabéns a alguém que acaba de ter o primeiro filho.
Felicitamos a pessoa, mas na verdade regozijamo-nos porque sabemos perfeitamente que um bébé está mais perto de ser uma espécie de filho do diabo do que um querubim fofinho. Há uma forte carga de cinismo naquele "parabéns" que damos aos recém-papás, assim como quem diz: "ai queixavas-te que o meu puto fazia muito barulho...pois agora vais ver o que é bom para a tosse...não hás-de dormir durante 3 ou 4 meses que é para veres o que é bom...". Já para não falar nas fábricas de cócó que eles são.
Quanto às estátuas, passa-se o mesmo. À primeira vista, ser homenageado com uma estátua parece um gesto muito bonito, não é? Ficamos eternizados para todo o sempre e o camandro e etc. e coiso...
Tudo isto é muito bonito, não fosse uma coisa chamada elementos de claques de futebol a trepar pelas estátuas acima para celebrar as conquistas dos seus clubes. Ah, e o cócó de pássaro também chateia um bocadinho.
Em suma, quer numa situação ou noutra é tudo uma questão de fezes. E de pombos (ou outra espécie de pássaro).
Sim senhor, que os tipos das claques têm algum desconto face aos pombos visto que os últimos ainda são capazes de desenvolver dois ou três raciocínios.
Em suma: quando homenageamos alguém com uma estátua não estamos só a eternizá-lo para todo o sempre. Estamos a sujeitá-lo ao convívio constante com criaturas irracionais e com cócó de pombo para todo o sempre e com toda a franqueza...não vejo bem onde é que a dignidade fica no meio de tudo isto...
Eu bem sei que tudo isto parece muito parvo (de facto, é) mas perguntem lá ao Marquês de Pombal (como fazer a pergunta já é com convosco...falem com a Alexandra Solnado que pode ser que ela vos desenrasque) se ele soubesse o que sabe hoje, se gostaria de ter uma estátua em sua homenagem. Parece-me que a resposta é a modos que evidente.
Por isso, já sabem, se alguma vez me quiserem homenagear façam o favor de não me erguer uma estátua, ok?
Beijinhos fofos e boa noite.
Votem no Hemiciclo, ok? Não posso oferecer chouriças de sangue ou varinhas mágicas ou microondas ou até bilhetes para concertos do Tony Carreira mas sempre vos posso enviar um rebuçadinho para as vossas casas por correio. Até ao meu regresso.
Escrito por: João Cacelas às 23:33
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (7) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Novembro de 2009

O futebol na Benfica TV

Não sei se o caro leitor já passou pela linda experiência que é assistir a um jogo (ou resumo) de futebol na Benfica TV, o canal do SLB. Se não, quem perde é você. E muito.
Mas, melhor é ver o mesmo jogo em directo numa RTP, SIC, TVI ou SporTv  e depois comparar o mesmo jogo na Benfica TV.  Eu já fiz este exercício várias vezes, sendo que a última foi no domingo passado no Benfica -V. de Guimarães, para a Taça de Portugal.  Vi o jogo em directo na TVI e depois vi o resumo na Benfica TV.
E é aqui, quando se pode comparar a transmissão entre um e outro canal que se vê que afinal o Benfica não criou a Benfica TV só para ter um órgão de comunicação social que lhe seja afecto, coisa inexistente até então - à excepção da Bola, do Record, do Correio da Manhã, etc. Nada disso, o Benfica queria mesmo investir num canal à séria, sem facciosismos nem nada que se lhe pareça.
Nesta altura, o leitor que conheça a Benfica TV deve-se estar a questionar onde é que esse investimento foi feito, que ainda não deu por ele. Se não deu por ele, é porque anda a dormir, caro leitor. O Benfica investiu (e muito) em tecnologia de ponta. Basta atentar na análise aos lances mais difíceis do Benfica-Vitória de Guimarães:
Na TVI, RTP e SIC vimos um jogo sem casos, em que o Vitória - que dispôs de uma ou duas oportunidades de golo flagrantes - soube controlar o Benfica, que apesar de ter atacado mais, fê-lo sempre de forma atabalhoada e desorganizada.
Já na Benfica TV, parece que o jogo foi completamente diferente: o Guimarães marcou um golo por acaso e teve sorte de não ter sido goleado. Note-se também que na Benfica TV há dois penalties por assinalar, todos a favor do SLB. 
É aqui que está todo o investimento do SLB: em câmaras de filmar ultra-potentes que vêem penalties, semana sim, semana sim, onde todos os outros canais não conseguem ver. Aquilo que para a comum das câmaras de filmar dos outros canais parece uma simulação grosseira do Weldon é na verdade, de acordo com as sofisticadas câmaras da Benfica TV, uma entrada dura do jogador vimaranense sobre o avançado encarnado, apenas perceptível graças à alta-tecnologia patente nas câmaras da Benfica TV.
Note-se que outra inovação que a Benfica TV nos trouxe foi a transmissão de jogos de futebol em directo, sem se transmitir o jogo propriamente dito porque não se tem os direitos de transmissão desse jogo! E sim, sou fã da palavra transmissão.
Ou seja, temos dois camafeus na redacção, que estão a ver o jogo pela televisão e o vão comentando, sempre com os olhos postos na tv, que está num plano bastante inclinado, o que confere momentos de rara beleza às "transmissões dos jogos" do Benfica, tal como belos torcicolos aos camafeus de serviço. Ou comentadores, para quem preferir insultar tudo o que seja comentador. Por vezes varia-se as caras dos camafeus com imagens dos jogadores encarnados em exercícios de aquecimento, com grandes planos do cabelo "à Richard Gere" do JJ ou ainda grandes planos dos decotes das adeptas "encarnadas".
E que discussão pós-jogo é que dois amigos que tenham acompanhado a transmissão na Benfica TV podem ter? É mais ou menos isto:
- Então pá, viste a bola na Benfica TV?
- A bola propriamente dita não vi man. Mas vi com cada par delas...c'um camandro. Havia uma morena que me deixou maluco, pá. Grande prateleira que ela tinha.
- Em que lance é que isso foi?
- Foi no lance que era penalti para o Benfica, pá! Até repetiram as imagens três ou quatro vezes, só para dissipar as dúvidas.
- Do penalti?
- Não man, para ver se eram naturais ou não, pá! Às vezes pareces mesmo do Sporting! Que era penalti toda a gente viu! Só os outros canais e as pessoas que não tenham visto a Benfica TV é que dizem que não, mas esses não interessam a ninguém. E viste aquele aquecimento do Nuno Gomes? O homem tem uma classe a rodar os pés que nem te conto. Agora já entendo porque é que o nosso Jesus o deixa no banco. A aquecer com aquela categoria em Portugal há poucos man...
Escrito por: João Cacelas às 15:04
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (25) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Falando com Jesus

Fomos falar com Jesus - o do Benfica, porque quem tem o exclusivo do Cristo para Portugal é a Alexandra Solnado - sobre o bom início de época que a equipa encarnada está a fazer e sobre outras coisinhas mais. Ora vamos lá a ver:
- O Hemiciclo: Bom dia, Jesus. Considera-se o Salvador deste Benfica?
- Jorge Jesus: Mau...se é para vocês me começarem-me a fazer esses torcicolos com o meu nome, é melhor a gente parar com isto aqui!
- H: Pronto...tudo bem, seja feita a Vossa vontade, o Senhor manda. Jesus, apesar de todas as críticas feitas aquando da sua contratação, de que não era o homem indicado para treinar o Benfica, pela sua forma de estar e de falar, pelos constantes erros de português que dá...mas tem conseguido calar esses detractores graças às grandes exibições do Benfica. Como se sente em relação a isso?
- JJ: A esses tractores, que me acusam de dar caneladas no português, só lhes digo uma coisa: eles que se experimentem andar com palavras caras para o Binya e para o Jorge Ribeiro a ver se eles percebem alguma coisa. Nem eu consegui explicar ao Binya que era para acertar na bola e não no jogador e era um "shôtor" da bola que o ia fazer, querem ver? Porque é que acha que eu os dispensei? Agora andam a ter explicações de português e só quando estiverem melhor é que se juntam à equipa.
- H: Acredita que vai conseguir manter a equipa a este ritmo? Ou esta fase não passa de um estado de graça?
- JJ: Vamos lá a ver: a gente não anda aqui para ter graça, a gente não somos os Gato Friorento nem os Extemporâneos, a gente trabalha de forma séria e medicada e só assim é que a gente consegue estes resultados.
- H: Acredita que iremos ver mais jogos como frente ao Vitória de Setúbal?
- JJ: Ó amigo, também não exageremos, eu sou Jesus mas não tenho esses poderes todos. Nem é pelos 8-1, é mais pelo Nuno Gomes ter marcado um golo. Isso foi uma situação paranormal, fora do comuna.
- H: Com esta onda de bons resultados é natural que o ambiente no balneário seja de alegria e euforia. Não teme que os jogadores incorram em excessos de confiança?
- JJ: O nosso balneário é impermeável e essas coisas todas ficam lá fora. As únicas coisas em excesso que cá temos é as coisas para o cabelo do Nuno Gomes e o livro "Marcar penalties para Totós" que eu ofereci ao Cardozo. E o Balboa, que também está em excesso mas a direcção já anda a tratar disso...
- H: Relativamente ao caso Balboa, acha que o Benfica está a proceder bem junto do jogador, ao obrigá-lo a treinar à parte do plantel?
- JJ: Isso são assuntos que são do forno interno do clube e que se têm que se resolver-se lá dentro, pelo que não lhe posso enfornecer mais coisas sobre isso por agora.
- H: Jorge Jesus, qual é que vai ser o seu próximo milagre? Pôr um ceguinho a ver?
- JJ: Lá estão vocês a me fazerem-me torcicolos com o meu nome! Eu sou Jesus mas não sou o Cristo, que foi incrustado na cruz. Mas se quer saber se vou meter o Luís Filipe a conseguir fazer um passe ou mesmo um encruzamento acertados, garanto-lhe que os meus poderes não chegam a tanto...
- H: Mas não me diga que não usou o truque de separar as águas com a defesa do Belenenses no golo do Saviola, hein, seu maroto? Vá, confesse lá. Só aqui entre nós, que ninguém nos ouve.
- JJ: Isso são tudo boates que correm por aí e eu não confino nem demito...
Escrito por: João Cacelas às 12:39
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (16) | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

Gripe CR7CR9

Depois da estirpe H1N1, eis que surge uma nova variante da gripe suína: a estirpe CR7CR9. Até ao momento, a única pessoa infectada com a nova estirpe é o futebolista português Cristiano Ronaldo. Tudo indica que Ronaldo tenha sido infectado com a estirpe H1N1 numa orgia de contaminação da gripe A. No entanto, visto que o organismo de Ronaldo é o melhor do Mundo, a estirpe H1N1 não conseguiu resistir, tendo sido "transformada" por Ronaldo em CR7CR9.  
Segundo revelou fonte próxima do jogador ao Hemiciclo, Ronaldo já tratou de registar o nome desta nova variante da gripe suína para começar a produzir uma linha de máscaras e acessórios antigripe.
Entretanto, Nereida Gallardo, ex-namorada de Ronaldo, revelou ainda que apesar de todo o alarido que se tem feito à volta da gripe de Ronaldo esta não passa de uma gripe vulgar, que não aguenta mais que um ou dois espirros de seguida e que tem um muco nasal muito pequenino. Nereida acrescenta que o futebolista português só gosta de se assoar com lenços de seda, de preferência cor de rosa, deixando assim no ar a suspeita que CR7/CR9 possa ser gay.
Por sua vez, Cristiano Ronaldo já veio a público dizer que apesar do mediatismo que a gripe das aves e a gripe suína tiveram, a sua gripe (a CR7CR9) é claramente superior, acrescentando que esta é a primeira, a segunda e a terceira melhor gripe do Mundo.
Sobre as declarações de Ronaldo, José Mourinho, treinador do Inter de Milão, disse que considera a gripe de Ronaldo uma gripe banal e que até uma mera constipação de Lionel Messi (jogador do Barcelona) consegue ser superior à estirpe CR7CR9. Mourinho deixa ainda um último recado a Ronaldo, dizendo que vai infectar Samuel Eto'o (jogador do Inter de Milão) com gripe só para mostrar ao português quem é que tem a melhor gripe do Mundo.
Escrito por: João Cacelas às 10:53
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (10) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Agosto de 2009

À conversa com José Mourinho

Com a nova temporada de futebol à porta, o Hemiciclo foi conversar com uma das maiores figuras do mundo da bola, o treinador do Inter de Milão, José Mourinho aka "The Special One" aka "Il Speziale Uno" .
- O Hemiciclo: Olá José Mourinho, antes de mais deixe-me agradecer-lhe por ter a oportunidade de o entrevistar e é de facto um grande prazer estar aqui visto que sou um grande fã seu.
- José Mourinho: Olá, como eu o compreendo. Eu também sou um grande fã de mim próprio, aliás, é difícil não o ser e creio que de facto, o prazer é todo seu, tal como a honra de estar neste momento a partilhar o ar que respiro.
- H: Pois, mas passando ao que interessa...como é que o Mourinho vê o início de época da Liga Portuguesa? Acha que será este o ano do Benfica?
- JM: Antes de mais nada, quem diz o que interessa ou não, sou eu. Eu é que estou a fazer-lhe o favor de responder às suas perguntas, que são um bocado parvas e logo eu é que sei o que interessa ou não, mas como estou ligeiramente bem-disposto até lhe vou responder. Eu tenho visto a pré-temporada dos grandes na Zon e aproveito para dizer que eu poderia viver sem Zon, mas a Zon é que não poderia viver sem mim e é evidente que a sua pergunta é parva e não quero responder ao resto...
- H: Mas Mourinho...e o Benfica de Jesus?
- JM: Penso que só Jesus não basta para levar o Benfica a vencer a Liga, isso é tarefa para Deus e como sabe, de momento estou de corpo e alma no Inter e não estou disponível para treinar o Benfica...
- H: Outro grande acontecimento desta pré-temporada foi a apresentação do melhor do Mundo em Madrid. O que tem a dizer sobre isto?
- JM: Tenho-lhe a dizer que você está enganado e que é melhor consultar as suas fontes porque eu este Verão nem sequer fui a Madrid, fui de férias para Setúbal e por isso acho que essa questão é ridícula...
- H: Falo do melhor jogador do Mundo, não do melhor treinador e ser humano em geral...
- JM: Ah! Mas ainda assim, continuo sem entender...o Zlatan (Ibrahimovic) foi para Barcelona e não para Madrid, faça o favor de ter aulas de geografia porque não lhe admito um erro desses. Além disso, desde que deixou de ser treinado por mim, o Zlatan deixou de ser o melhor jogador do Mundo pois viu as suas capacidades diminuídas em 75% e agora não passa de um jogador banal. O melhor jogador do Mundo é o Samuel (Eto'o), agora que é treinado por mim.
H: Mas eu estava a falar era do Ronaldo, Mourinho...
JM: Mas o Ronaldo há muito que não joga no Real...ele agora está no Brasil, no Corinthians e já começo a ficar farto da sua incompetência...
H: Falo do nosso compatriota! Do Cristiano Ronaldo, que era CR7 e agora é CR9!
JM: Ah, esse...é que por "melhor jogador do Mundo" nunca mais lá chegava. Lembro-me que me fizeram algumas perguntas sobre esse, mas não me recordo dessa tal apresentação e nem sequer ouvi falar...e agora já estou farto da sua incompetência e perguntas parvas, pelo que é melhor ficarmos por aqui...
Escrito por: João Cacelas às 15:19
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (12) | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Eu tenho a solução para o Benfica

Xuxuzinhos, pensavam que eu tinha sido trucidado por um camião TIR, o que teria provocado o meu falecimento, falecimento esse que teria várias consequências, sendo uma delas deixar de escrever neste blog? Azar o vosso. Não fui trucidado por camião nenhum, embora tenha lascado uma unha o que também é grave mas não o suficiente para eu falecer, que eu sou rijo. Tenho estado a modos que ocupado com trabalhos de maneira que não tenho vindo aqui nem aos vossos estaminés e vou continuar sem ir durante as próximas semanas. Como não tenho visto muitas notícias, aproveito apenas para escrever um pouco sobre comédia:

O Benfica lá vai terminar mais uma temporada de futebol em grande estilo: a lutar pelo 3º ou 4º lugar com os seus rivais Nacional e Braga, com rumores constantes sobre os novos "craques" e treinadores de "renome mundial" (como o Quique) para a próxima época, ele é Ricardos Quaresmas, é Scolaris, Erikssons, Jorges Jesus, etc e coiso e o catano. Como já estou cansado de ver o SLB sofrer, campeonato após campeonato, vou sugerir aquele que me parece ser o nome ideal para treinar o Benfica: o Padre António Vieira. Sim, o Padre António Vieira, o dos sermões. Sim, é esse. Porquê? Por todas as razões que passo a enunciar:

- O Padre António Vieira era no seu tempo, o verdadeiro Special One da arte do sermão. Assim, o Benfica já passava a ter alguém Special, o que seria motivo de orgulho para todo o benfiquista;

- Sendo especialista em sermões, não teria grande dificuldade em convencer os jogadores do Benfica que eles até não são assim tão maus. Afinal, não há-de ser mais difícil do que fazer os homens do séc. XV recuperar a fé após as tragédias ocorridas na Idade Média (peste, guerra dos cem anos, fome, etc), que os levaram a quase desacreditar em Deus;

- A falta de inteligência dos jogadores do Benfica também não é problema. Afinal, se António Vieira cometeu a proeza de dar um sermão aos peixes, com toda a certeza que o conseguirá fazer com o plantel do Benfica, cujo QI está ao nível do de um peixe palhaço (o Nemo);

- Outro aspecto em que o Padre António Vieira é extremamente forte é em saber lidar com a pressão. Se conseguiu sobreviver à Inquisição que durante praticamente toda a sua vida o perseguiu de forma incessante, não são meia dúzia de lenços brancos que o vão assustar;

- O Estádio da Luz é conhecido como a Catedral. António Vieira dava sermões em catedrais, logo sentir-se-á como peixe na água;

- And at least but not the last, um ponto que eu considero abolutamente essencial e que de facto dá ao Padre António Vieira maior avanço sobre os eventuais candidatos ao cargo de treinador do Benfica: o homem chama-se António e todos sabemos que o diminutivo de António é Toni, que é um nome tipícamente benfiquista.

Pensem nisto, ó Rui Costa e LFV...

Escrito por: João Cacelas às 13:54
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Abril de 2009

O síndrome de Luís Freitas Lobo

Olá meus amigos, eu tentei. A sério que sim. Tentei tudo por tudo para esperar pelo fim do Barça-Chelsea e só então escrever este post, mas a verdade é que já não aguento ter que ouvir o Luís Freitas Lobo (comentador desportivo dono de um saco lexical que vai daqui até ao Japão) nem mais um minuto sem escrever estas linhas. E não se preocupem que não vou fazer troça da maneira peculiar que Freitas Lobo tem de falar, ou como ele diria, de fazer a abordagem ao vocábulo, através do processo da linguagem oral resultando assim numa série de conjuntos de sons, que bem organizados resultam naquilo a que se chamam de palavras, que por sua vez irão dar origem a frases, que caso tenham reciprocidade, transformar-se-ão em diálogos. Até porque já fiz isso há uns tempos. Foi aqui. Leiam que vale a pena. Se calhar não. Depende da perspectiva. Se estiverem de lado vale, agora de frente não é muito bonito de se ver. Já visto da Lua também é muito agradável.

O que me leva a escrever este post prende-se com o facto de eu estar para aqui a imaginar como será o grande Freitas Lobo na sua vida sexual. O que ele faz. E acima de tudo o que ele diz. E não, não estou a ser parvo, eu estava mesmo a pensar nisto, embora isso já seja ser parvo. E sim, eu disse que não ia fazer troça da sua forma de falar, mas e vocês ainda acreditam no Pai Natal? Mas, voltando ao que interessa: será que Freitas Lobo tem uma abordagem técnico-táctica equilibrada? Que faz transições suaves ou prefere o contra-ataque, apanhando a sua esposa desprevenida,  será que funciona como uma tábua rotativa, que vai rodando por todos os sectores do terreno? Possuí um sistema dinâmico ou mais estático?  E como serão os diálogos com a esposa ou namorada de Freitas Lobo? Eu cá acho que devem ser assim: "minha cara companheira, devo dizer que todos os espaços do seu corpo estão muito, mas muito bem preenchidos. A transição nádega-anca é perfeita e táctica e esteticamente irrepreensível, com uma tendência a fugir para o meio das costas. Ao nível do peito, quer a ala esquerda, quer a ala direita estão muito fortes e preenchem bem os espaços...os seus movimentos e transições defesa-ataque também estão muito fortes, especialmente ao nível da zona pélvica, onde demonstra ter uma grande cultura táctica. Em suma, é uma mulher e amante completa, de classe mundial." E é melhor ficar-me por aqui porque quero continuar a ter leitores aqui no Hemiciclo.

Desculpem lá este momento de estupidez e parvoíce absolutamente gratuitas e sem qualquer propósito.

Para terminar, e para que não digam que aqui não se fala de cultura e arte, recomendo vivamente a todos vós uma visita ao site oficial do Tony Carreira. Vão ver que vos vai ser bastante útil. A mim, já foi. Como estudante de Design Gráfico fiquei a saber como não se deve fazer um website e como não se deve fazer o lettering para esse mesmo website. Aquelas letras que mais parecem salpicos de sangue são um must. Passem por e vejam. 

Escrito por: João Cacelas às 21:08
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (21) | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Março de 2009

Finalmente a Selecção vai ter um ponta-de-lança

O Hemiciclo encontra-se em directo de Lausanne, na Suíça, onde a Selecção portuguesa de futebol se encontra em estágio de preparação para o jogo amigável frente à África do Sul para revelar em primeira mão uma notícia de última hora: parece que a equipa das quinas já descobriu o ponta-de-lança há muito tempo desejado. Nem Liédson, nem Derlei, nem Eusébio em versão recauchutada, o homem do momento é um tal de Sebastião.

Segundo uma testemunha ocular, o senhor Aníbal Francisco, emigrante na Suíça há 25 anos, o novo atacante de Portugal apareceu por entre o nevoeiro que hoje de manhã se fazia sentir em Lausanne: "Eu estava aqui a pescar no rio quando de repente, por entre o nevoeiro vejo um moço vestido com umas roupas meio esquisitas e com um ar um bocado desorientado. Ele disse-me que tinha vindo de Alcácer-Quibir e perguntou-me se eu sabia onde é que era o estágio da Selecção porque queria falar com o treinador Queiroz e disse-me que era ele quem vinha salvar Portugal da desgraça", contou-nos o senhor Aníbal. 

 

 

Escrito por: João Cacelas às 14:15
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (12) | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

Entrevista a José Mourinho

Numa altura em que a selecção nacional portuguesa atravessa um momento delicado e polémico, com a possível não qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010, na África do Sul, o Hemiciclo foi falar com o treinador do Inter de Milão, José Mourinho para ouvir o que este acha do actual momento da equipa das quinas. Vamos ver:

- O Hemiciclo: Bom dia José Mourinho, antes de começarmos, deixe-me que lhe diga que é um prazer estar a entrevistá-lo hoje.

- José Mourinho: Bom dia, penso que o prazer é de facto, todo seu e permita-me dizer-lhe ainda que não é você que me está a entrevistar, mas sim que sou eu que lhe estou a dar as minhas respostas...

- O Hemiciclo: Mas e isso não é a mesma coisa?

- José Mourinho: Não, não é. Lá estão vocês, os da imprensa, sempre a deturpar o que eu digo. Já quando sai do Chelsea, disseram que eu fui despedido quando na verdade fui eu quem despediu o Chelsea e os 30 milhões de Euros que me deram quando saí de lá não foram uma indemnização, mas sim um agradecimento pelo magnífico trabalho que eu fiz com o Chelsea...

- O Hemiciclo: Passando ao que interessa: como é que o José Mourinho vê a situação da selecção portuguesa?

- José Mourinho: Ora, vejo com os olhos. Vocês jornalistas só fazem perguntas parvas.

Escrito por: João Cacelas às 12:25
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

Série de medidas que o Benfica deve tomar se deseja ser campeão

Após alguma reflexão descobri a fórmula perfeita para o Benfica voltar a ser campeão nacional. Querem que eu vos conte? Querem? Então vá, eu conto. 

É muito simples:

- A primeira medida é ter Maradona a assistir aos jogos do Glorioso nas bancadas (mas tem que ser sempre). Assim, Angel Di María, jogador argentino do Benfica jogará sempre a grande nível, marcando tentos de belo efeito.

- Em segundo lugar, há que colocar um jogador do Benfica ao pé de cada poste da baliza adversária. Com a tendência que Cardozo tem para acertar nos postes, há que ter sempre um jogador ao pé destes para poder emendar os remates do paraguaio e assim marcar golo.

- Outra medida (esta mais previsível) passa por colocar Pedro Mantorras nos últimos 15 minutos de todos os jogos. Foi assim que o Benfica foi campeão na época 2004/2005 e foi assim que esta época ganharam ao Rio Ave. Não entendo como Quique Flores ainda não percebeu isso.

- Pôr o Binya a jogar a meio-campo. Dois cartões amarelos e dois duplos amarelos (e consequente vermelho) em apenas 7 jogos falam por si só. Com este "menino" no meio-campo, não há médio adversário que se ouse pôr em grandes aventuras se quiser chegar inteiro até ao fim do jogo. Ao pé de Binya, o terrível Genghis Khan é um verdadeiro menino do coro.

- Por fim, aquela que poderá ser a mais complicada de todas as medidas: fazer com que o Benfica possa jogar todas as partidas frente ao Vitória de Guimarães. É que se é verdade que Di María só joga bem na presença de Maradona, também não deixa de ser verdade que Pablo Aimar só joga bem frente ao Vitória de Guimarães. Senão vejamos as estatísticas do argentino esta época: duas assistências e um golo, num total de 14 jogos. E contra que equipa é que foi tudo isto? Contra o Vitória de Guimarães, claro está. Jogasse o Benfica todos os fins de semana contra os vimaranenses e Aimar chegaria ao fim da época com mais de 30 tentos marcados e para cima de 45 assistências para golo.

Tenho a certeza que com estas medidas o Benfica ganhava todos os títulos em disputa. Mas é que era mesmo.

Escrito por: João Cacelas às 13:30
Ligação directa | Comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009

Entrevista a Miguel Veloso

Olá, parece que aqui o Hemiciclo está em destaque outra vez (e já vão 3 no espaço de menos de um ano, aumentado a vantagem do Hemiciclo sobre o Benfica no que a títulos ganhos no último ano diz respeito. Hemiciclo:3 - Benfas:0). Para quem já visitava isto não tenho nada a dizer (já sabem ao que vêm), para os que vieram aqui parar graças ao destaque, pensando que iriam ler um blog bom, só posso dizer que lamento imenso o transtorno causado.

E passando ao que interessa: o Miguel Veloso lá ficou no Sporting... nem com o pai sempre nos jornais a dizer que o moço quer sair, que anda infeliz, que ganha pouco e que o seu grande sonho é ir jogar para Inglaterra, ele conseguiu sair do Sporting. O Hemiciclo conseguiu um exclusivo com Miguel Veloso a fim de saber o porquê deste querer tanto sair do Sporting. Vamos ver:

- O Hemiciclo: Miguel Veloso, porque quer tanto sair do Sporting?

- Miguel Veloso: A minha pessoa quer dizer que está muito descontente com a situação no Sporting, porque meteram a minha pessoa de lado no Sporting...

- O Hemiciclo: Mas a sua intenção de sair do Sporting tem a ver com Fábio Rochemback, certo? Ou existem mais factores para além do jogador brasileiro?

- Miguel Veloso: A minha pessoa pode dizer que você tem razão, mas a minha pessoa diz também que não é só por causa disso...

- O Hemiciclo: E o que mais é?

- Miguel Veloso: Então a minha pessoa vai começar a enumerar as razões do porquê da minha pessoa querer sair do Sporting:

- Em primeiro lugar, e como o senhor disse, está o Fábio Rochemback...

- O Hemiciclo: Por ele jogar na sua posição, certo?

- Miguel Veloso: Não, isso de jogar a trinco ou a lateral não incomoda a minha pessoa, o que incomoda mesmo é o facto do Rochemback comer tudo nos churrascos que os jogadores do Sporting fazem todas as semanas. Até o Liédson deixou de dar a comida dele à minha pessoa para passar a dar ao Rochemback. Diz que é por ser compatriota...a minha pessoa não sabe o que é isso do compatriota, mas se é comida a minha pessoa gostava de provar mas no Sporting não há as condições para isso acontecer...

 

 

Escrito por: João Cacelas às 14:05
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009

Mais uma pérola do CR7

Cristiano Ronaldo, vulgo CR7, até pode saber jogar à bola como poucos, mas deve muito pouco ao intelecto, mas é que mesmo pouquinho e nesta semana que passou tivemos mais um exemplo disso mesmo. 

Falo das afirmações em que este diz que 100 milhões de Euros (ou mais) é um valor perfeitamente normal para se dar por um jogador de futebol. Hello?! Ronaldo?! Já ouviste falar numa coisa chamada crise? Hum?? Olha que nem todos ganham o teu ordenado, há por aí muito boa gente a ganhar uma miséria e que possivelmente faz coisas muito mais úteis para a sociedade do que tu fazes, como diria o outro. E mais, sendo tu originário de um país onde cerca de 10% da população está desempregada e o ordenado mínimo é de 450 Euros, não achas que devias ter mais cuidado com o que dizes? Estás aí um rico "embaixador da pátria", estás. Acerca deste comentário de Ronaldo, quero ainda acrescentar que Metzelder (um jogador do Real Madrid) disse que achava as declarações de Ronaldo exageradas, tendo em conta os tempos de crise em que vivemos (olha, um jogador de futebol com miolos). Declarações sensatas, as do Metzelder. Isto li eu algures, na net. E a parte mais gira deste texto são mesmo os comentários: montes de gente a dizer que este Metzelder tem é inveja do Ronaldo, o que me leva a crer que Portugal é neste momento um país altamente estupidificado que só vê Ronaldo à frente. Como é que podem concordar que se deva pagar 100 milhões por um cromo que só sabe jogar à bola? Salva vidas? Constrói infra-estruturas? Ensina crianças? Não me parece...

Nota: Parece que no último jogo do Manchester, o grande Ronaldo chamou "filhos da p**a" aos adeptos da equipa adversária, o WBA, demonstrando uma vez mais todo o seu fair-play, inteligência e humildade que fazem dele um grande exemplo para os mais novos.

Nota 2: E aqueles que o defendem com unhas e dentes escusam de vir para aqui dizer que ele representa Portugal lá fora e etc,etc. Temos muitos embaixadores lá fora, que nos representam muito melhor. Pelo menos não chamam nomes às mães dos outros em público e têm uma coisa muito importante que o CR7 não tem: um cérebro que funciona.

Nota 3: Romário disse em tempos sobre Pelé: "Ele calado, é um poeta". Se há uma coisa que Ronaldo tem e alguma vez terá em comum com Pelé é precisamente isso: está bem é caladinho.

Escrito por: João Cacelas às 16:15
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (18) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Uma pequena reflexão acerca dos comentadores desportivos

Viva amiguinhos, tudo benzinho? Ontem entretive-me a ver o jogo entre o FCP e o Leixões que deu na TVI. Do jogo propriamente dito, não tenho nada a dizer, mas em relação aos comentadores do jogo muita coisa pode ser dita. Afinal, não é toda a gente que ousa dizer a palavra "admoestar" assim por dá cá aquela palha. Não senhor, isso é coisa que só está ao alcance de um Rui Santos, de um Gabriel Alves, de um Luís Freitas Lobo ou de um João Querido Manha (que além de ser comentador desportivo, tem um nome muito catita). A capacidade destes senhores de dizer palavreado caro é fabulosa, para isso e para fazer analogias durante os jogos que não lembram nem ao Menino Jesus... mas e como será o dia-a-dia destes senhores? É mais ou menos assim:

- Comentador desportivo: José Carlos, já procedeu à lavagem de toda a zona dentária?

- José Carlos: Sim pai, já lavei os dentes todos.

- Comentador desportivo: De certeza? É que parece-me que o flanco esquerdo está um pouco descompensado, já para não falar na zona central, onde as transições de trás para a frente estão a ser muito mal conseguidas. Vá, vamos lá a reforçar essas zonas, se faz favor.

 

 

Escrito por: João Cacelas às 14:07
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. À conversa com Jesus (o J...

. Antevisão do Marselha-Ben...

. As homenagens póstumas em...

. O futebol na Benfica TV

. Falando com Jesus

. Gripe CR7CR9

. À conversa com José Mouri...

. Eu tenho a solução para o...

. O síndrome de Luís Freita...

. Finalmente a Selecção vai...

. Entrevista a José Mourinh...

. Série de medidas que o Be...

. Entrevista a Miguel Velos...

. Mais uma pérola do CR7

. Uma pequena reflexão acer...

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds