Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

A música da Rua Sésamo é um instrumento de tortura (mas olhem que é mesmo)

"Presos de Guantânamo forçados a ouvir AC/DC", pois é meus amigos, parece que lá para as bandas de Guantânamo se tortura pessoas ao som de AC/DC (e que tortura, ao pé disto a privação do sono e a simulação de afogamento são meninas do coro).

 Ao que parece, os militares norte-americanos obrigam os prisioneiros a ouvir música muito alto a fim de lhes arrancar algumas confissões nos interrogatórios, usando grandes êxitos de AC/DC, Metallica, Drowning Pool e espantem-se caros leitores, a música do genérico da Rua Sésamo. Sim, essa mesmo, a série do Popas, do Monstro das bolachas e dessa malta toda. Confesso que quando li isto fiquei atónito, sem perceber se isto é tortura ou é só parvoíce. Como é que esperam arrancar alguma coisa a alguém com o genérico da Rua Sésamo? Os AC/DC e Metallica compreende-se por causa do tipo de música, mas a Rua Sésamo catano!?

 

Escrito por: João Cacelas às 13:54
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (12) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Divulgadas as primeiras imagens de interrogatório em Guantânamo

Foram divulgadas pela primeira vez imagens de um interrogatório em Guantânamo. O Hemiciclo, num trabalho de grande jornalismo ao nível dos melhores jornais mundiais (24 Horas e O Crime) conseguiu uma imagem desse interrogatório. Como diria Artur Albarran: "O drama, o choque, o horror! Vamos ver!" Mas atenção! Isto não é recomendável a pessoas mais sensíveis.

 

 

 

Ao que parece o pessoal de Guantânamo resolveu seguir o meu conselho relativamente às técnicas de tortura a utilizar nos seus interrogatórios...

Escrito por: João Cacelas às 15:17
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Julho de 2008

Técnica de tortura portuguesa

"Estados Unidos ensaiaram em presos de Guantânamo tortura chinesa aplicada na Coreia a norte-americanos". Isto vinha no Público de ontem, baseado num artigo do New York Times.

É que nem vou falar na falta de originalidade dos americanos, que nem puxam pela cabeça para inventar novas técnicas de tortura e o catano. Tiveram que copiar aos chineses...com franqueza!

Mas se querem mesmo torturar com eficácia, é simples meus amigos: Agarram num televisor, sintonizam a TVI, põem o som no máximo quando estiver a dar o programa da Júlia Pinheiro e logo, logo vão ver que dá mais resultado do que andar para aí a copiar técnicas de tortura chinesa. No tempo da PIDE é que não havia o programa da Júlia Pinheiro, porque senão tenho a certeza que era isto que eles faziam.

 

 

Escrito por: João Cacelas às 16:34
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (5) | favorito
|

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. A música da Rua Sésamo é ...

. Divulgadas as primeiras i...

. Técnica de tortura portug...

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds