Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Biologia portuga: a Unhaca

Mais que uma parte do corpo do home portuga, a Unhaca é uma extensão deste (do portuga). Há quem diga que é o carro ou o fato de treino de cores garridas e de facto tudo isso é importante, mas a Unhaca é única porque é mais que um mero acessório de beleza, é mais que um ditame do exigente mundo da moda do home portuga, vai muito além disso, é uma verdadeira Instituição, uma Religião. A Unhaca está para o portuga como o Budismo está para os Tibetanos ou como o Benfiquismo está para os Benfiquistas ou como a Corrupção está para os Autarcas portugueses.
E toda esta adoração que os homes têm pela Unhaca não se deve apenas ao verdadeiro colírio para os olhos que é ver uma Unhaca. Isso seria muito fútil e home que é home não é fútil que isso é coisa de rabiças. 
A Unhaca é mais que um mero capricho de um "fashion victim" da moda portuga, ela tem inúmeras utilidades (talvez até mais que o canivete suíço do saudoso Mcgyver): trata de toda a higiene intima do portuga, que é coçar o escroto e limpar o nariz e os ouvidos (e neste sentido é melhor que um cotonete porque esse o portuga não sabe por onde já passou e como home de asseio que é, não quer cá javardices); se estiver bem tratada e em forma, consegue abrir latas e garrafas de cerveja com a maior das facilidades; serve também como arma de auto-defesa, sendo tão ou mais mortífera que uma faca de mato; e tal como estas, existem muitas mais funções que agora não me apetece escrever.
Mas, além da praticidade que oferece ao portuga e que lhe facilita sobremaneira o seu dia-a-dia, a Unhaca "carrega" uma elevada componente sexual, servindo não só para conquistar fêmeas, mas também para durante o acto sexual o home estimular a sua parceira (estudos indicam que os homes com Unhaca proporcionam mais orgasmos às suas fêmeas), existe inclusive, um Kamasutra da Unhaca, recentemente lançado pelo Chico de Alfama.
Quanto à velha discussão do tamanho...é claro que no caso da Unhaca este importa e muito. E quando o home consegue conjugar com mestria a Unhaca e o Palito durante o acto sexual, consegue levar a sua fêmea à loucura total, num frenesim sexual sem igual em todo o Reino Animal.
No entanto, apesar de todas as suas virtudes e vantagens, há cada vez menos Unhacas. É claro que isso é uma consequência directa do facto de haver cada vez menos homes, mas, ainda vamos a tempo de voltar a colocar a Unhaca nas luzes da ribalta. Para tal, eu sugeria que se criasse uma modalidade desportiva em que a Unhaca fosse senhora e rainha. Devido à sua forma aguçada, teria que ser algo semelhante à esgrima em que os homes e os jovens aspirantes a homes se degladiavam em perigosos duelos com as suas Unhacas. A fim de atrair os jovens para esta modalidade ser-lhe-iam oferecidos ordenados ao nível dos futebolistas (tal como o mediatismo) e com toda a certeza, esta modalidade rapidamente se tornaria tão concorrida como o futebol, não tardando a surgir o CR9 da Luta de Unhaca portuguesa, cuja Unhaca todos os jovens portugueses imitariam.
E tenho para mim que nos Jogos Olímpicos seriamos sempre candidatos crónicos à medalha de ouro...
Escrito por: João Cacelas às 18:00
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (6) | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

Antropologia Portuga: o macho lusitano ou home

O macho lusitano, também conhecido por home ou gajo de Alfama é uma das espécies mais antigas em Portugal. Há quem diga, inclusive, que esta espécie é descendente directa do já extinto Homem de Neandertal, mas na minha opinião, é apenas mais javarda que o Homem comum.
Para encontrar exemplares desta espécie basta dirigir-se a um café que tenha SportTV, uma empregada com um par de seios de volume considerável, mines frescas e tremoços para acompanhar. Caso não haja uma empregada com seios volumosos, um calendário da Samantha Fox também serve. Mas, apesar de ter nos cafés o seu habitat natural, também é possível encontrar machos lusitanos noutros locais, como um caixote do lixo, muito utilizado para jogatanas de cartas.
Os machos são verdadeiros animais sociais e como tal, é extremamente comum vê-los em grandes bandos. As suas principais actividades são: ver o Benfica no café e andar à porrada porque houve alguém que disse que o Benfica é uma merda; jogar às cartas e andar à porrada porque houve alguém que fez batota; beber umas mines ao balcão e andar à porrada porque pensou que estava um gajo a olhar para ele e das duas, uma: ou é maricas ou quer andar à porrada e assim como assim, vai mesmo levar porrada de qualquer maneira; andar à porrada porque não há nada para fazer; ir à borda da estrada esvaziar a bexiga - cheia de cerveja - e voltar para o café para beber mais mines; andar à porrada porque há um macho rival no café; continuar à porrada enquanto a polícia não chega ao café; andar à porrada com a polícia no café; voltar da esquadra e dar porrada no chibo que chamou a polícia. O macho é portanto, uma criatura cujas actividades lúdicas são extremamente complexas.
A gastronomia do macho é muito ecléctica: no Inverno come moelas, orelha, mão de vaca, molhinhos, pipis, tremoços, feijoada e no Verão come moelas, orelha, mão de vaca, molhinhos, pipis, tremoços, feijoada e caracóis. Note-se que para sobreviver esta espécie necessita de beber cerca de 2,5 lt. de cerveja por dia, pois cerca de 70% do corpo do macho é constituido por este líquido e se este ficar mais de 6 horas sem o beber há o risco de desidratação e consequente morte.
Como espécie muito preocupada com a aparência que é, o macho nunca descura o seu visual e indumentária: macho que é macho usa bigode, fato de treino da Nikki de cores garridas, unhaca e um palito na boca. Este acessório é um autêntico chamariz para as fêmeas, pois com o auxílio do palito, o macho não só mostra que tem a dentição impecavelmente limpa, não havendo quaisquer restos de comida presos nos seus dentes, como mostra também a sua habilidade e perícia com o palito, fazendo manobras arriscadas e de rara beleza, que não têm comparação em todo o reino animal. Apesar de dizer que jóias são para rabiças, o macho, dando provas da sua modernidade, também aprecia uma boa peça de joalharia, sendo muito comum vê-lo com um crucifixo de ouro ao pescoço e um anel, também conhecido como cachucho, nos dedos. O macho também não descura o seu cabelo e tem sempre nos seus bolsos um pente para o caso de ser necessário "puxar lustro" ao seu cabelo. Para isso, o macho recorre à brilhantina natural, também conhecida como cuspo, visto que para esta espécie a laca e o gel são para rabiças.
Apesar de todas estas qualidades, o macho (ou home) encontra-se actualmente em vias de extinção e é muito comum ouvir-se "já não há homes como dantes" ou "já não há machos como antigamente".
Agora ide e como diria o grande Raul Solnado, façam o favor de ser felizes. Eu, que não sou nem grande, nem Raul e muito menos Solnado, acrescento: e caminhai com calma por essa longa estrada que é a vida, mas cautela: vão pela estrada nacional, pois apesar de demorarem mais uma horita de viagem, poupam um balúrdio em portagens. 
Escrito por: João Cacelas às 11:06
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (20) | favorito
|
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

Dá sempre um certo jeito...

Porque é que as mulheres são assim? ( Sim, porque tenho a certeza que não sou a única...)

 

Este até poderia ser o retrato de uma parte do meu dia de hoje...Mas não é. Por variadíssimas razões ( desde a cor do cabelo que é diferente, à cor dos sapatos que não gosto :) ) . Mas principalmente, porque quem mudou o pneu do meu carro, que "estoirou" (não foi furar, foi mesmo rebentar), foram 2 amáveis cavalheiros que nem sequer me deixaram abrir a mala do carro para tirar o pneu suplente. E se por acaso há por aí alguém que pense que eu me tenha importado com o facto de eles me terem achado incapaz de efectuar essa tarefa, está redondamente enganado. E digo mais...esta é a terceira vez na minha vida que me acham incapaz dessa tarefa, sendo também simultaneamente a terceira vez que isto me acontece.

Sinceramente? Parece-me tarefa fácil, mas espero que haja sempre um homem por perto...

 

 

Escrito por: Regina às 22:46
Ligação directa | Comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

Videojogos ou sexo?

"Britânicos preferem videojogos a fazer sexo" in Gameover (um site que parece que é de videojogos). Esta sondagem que foi realizada no Reino Unido (foram inquiridos 1130 homens britânicos) revelou que 32% dos inquiridos preferem jogar um videojogo a fazer sexo com a sua parceira sendo que o caso piora ainda se se tratar de um jogo novinho em folha pois aí a percentagem de homens a preferir jogar consola a fazer sexo com a sua parceira dispara para 72%. Deve ser mais ou menos isto:

- Parceira:  "Henry, tenho uma surpresa para ti..."

- Britânico que prefere videojogos a sexo: "O quê amor?"

- Parceira:  " Comprei uns óleos corporais com aroma a chocolate...e olha que são comestíveis..."

- Britânico que prefere videojogos a sexo: "Agora não posso! Estou a jogar!"

- Parceira: "Tu é que sabes...eu vou começar a espalhar o óleo..."

- Tipo que prefere videojogos a sexo mas que desta vez vai abrir uma excepção porque já está farto deste videojogo: " Assim como assim, já dei a volta a este jogo 34 vezes e isto já perdeu a piada, deixa-me lá ir ver isso do óleo que estou com um bocado de fome..."

Ou no caso do videojogo ser novo:

-Parceira: "Henry, fofo...anda cá ao pé de mim...comprei uma coisa nova que queria que visses..."

- Britânico: "O quê? Um videojogo?"

- Parceira: "Não amor...uma lingerie de renda púrpura...e bem sexy..."

- Britânico: "Então agora não posso. É que comprei um videojogo novo e isto ainda me deve demorar umas 7 ou 8 horas. Espera aí um bocado que eu já vou!"

- Parceira: "Pois...e é sobre quê o jogo?"

- Britânico: "É um jogo em que os personagens têm que fazer sexo uns com os outros!!"

Só para terminar, vou referir o principal motivo para tal preferência: segundo os homens inquiridos, o sexo não é tão divertido como os videojogos. Mais ou menos isto:

- Parceira: "Ai amor...tão boooommmm..."

- Britânico: "Por acaso nem estou a gostar muito, não está a ser divertida esta posição. Olha, fazemos assim: continua aí isso sozinha que eu vou ali jogar Super Mário! Estou num nível que é extremamente divertido!"

Depois admiram-se que as "bifas" venham para Portugal e sejam as malucas que são...

Escrito por: João Cacelas às 21:59
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

Parabéns, Charles Darwin

Hoje assinala-se o 200º aniversário do nascimento de Charles Darwin, o homem que disse que nós somos descendentes do macaco e não criação de um tal de Deus.

O Hemiciclo dá os parabéns a Darwin e aproveita para o homenagear, desta forma tão linda e singela:

 

 

Escrito por: João Cacelas às 19:46
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (22) | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

Ainda dizem que somos (portugueses) pouco civicos

Um homem foi esfaqueado até à morte por se ter recusado a largar o microfone e parar de cantar num bar de karaoke em Bornéu (um lugarejo algures na Ásia). 

Depois de ler isto e de reflectir um pouco, cheguei à conclusão que nós, portugueses, até temos algum civismo. "Porquê João?" Porquê?! Mas vocês ainda me perguntam porquê? Ora vejam lá o caso do Tony Carreira: o homem não pára de cantar e apesar do sofrimento que isso causa a muito boa gente (eu incluído) ainda ninguém lhe enfiou com um objecto cortante pelo bucho adentro, ou acima, dependendo do ângulo de ataque. 

Tenho a impressão que se o Tony vivesse no Bornéu já tinha sofrido o mesmo fado deste senhor do karaoke e há muito, muito tempo.

Escrito por: João Cacelas às 13:57
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (13) | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

O homem grávido dos EUA voltou a engravidar

Olá! Lembram-se daquele tipo americano que engravidou há cerca de um ano? Pois parece que o gajo está grávido outra vez.

Além de ser o único homem do Mundo que já deu à luz (e engravidou duas vezes), sinto-me em condições de poder afirmar que deve ser também o único exemplar da "espécie" masculina a quem a mítica "boca" do "ai achas que isso é dor?! Havias de ter um filho para ver o que é ter dores a sério!!" não se pode aplicar.

Nota: peço desculpa a todos os fãs das palavras "prenho" e "emprenhar" pela omissão das mesmas no texto acima escrito, por isso as coloco nesta nota, assim em jeito de homenagem a duas das palavras mais belas do mundo, apenas ultrapassadas por "piaçaba" e "escroto".

A todas as pessoas que dizem "emprenhar" em vez de "engravidar" deixo um grande bem-haja e um forte abraço.

Escrito por: João Cacelas às 13:58
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (16) | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

Há 10.000 anos a apanhar bebedeiras

Um biólogo alemão, de seu nome Joseph H. Reichholf desenvolveu uma teoria de que o Homem, há 10.000 anos, dedicou-se à agricultura única e exclusivamente para beber cerveja e se embriagar, contrariando assim a ideia de que esta mudança se tinha dado devido à procura de uma alimentação melhor. 

Ora, isto só vem provar que em 10.000 anos, o homem continua na mesma, pois todos os agricultores que conheço gostam muito de beber cerveja e de ficar embriagados.

Escrito por: João Cacelas às 15:05
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. Biologia portuga: a Unhac...

. Antropologia Portuga: o m...

. Dá sempre um certo jeito....

. Videojogos ou sexo?

. Parabéns, Charles Darwin

. Ainda dizem que somos (po...

. O homem grávido dos EUA v...

. Há 10.000 anos a apanhar ...

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds