Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

Cá está este chato com mais uma merda para lermos

Olá aos dois, ah, agora é só um. Tudo bem contigo?

"Padres do centro de Lisboa apoiam Santana contra António Costa", segundo os padres Armando Duarte, Mário Rui e João Seabra, Santana é o homem ideal para a CM de Lisboa porque é um homem que "ama a cidade", "é um homem de palavra", "que tem visão" e "que tem vergonha". Bom, se ele amasse mesmo Lisboa, o melhor que tinha a fazer era não se candidatar, para não estragar ainda mais a cidade. Lá palavra tem ele, lábia não lhe falta...e visão também não, pelo menos para as "santanetes". Quanto à vergonha, nem vale a pena comentar...

Escrito por: João Cacelas às 11:32
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (8) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Março de 2009

Uma dissertação acerca das novelas da TVI (escrita em 27 de Outubro de 2007)

Viva, como estão? Tudo bem? 

Bom, derivado à falta de tempo para escrever um post novo deixo-vos com um post já muito, muito velhinho, um dos primeiros que escrevi aqui no Hemiciclo (quando ainda nem se chamava Hemiciclo), com algumas alterações. Beijinhos e abraços e muitos palhaços.

Ora aí está ele:

Olá uma vez mais! Hoje vou escrever sobre coisas chatas e irritantes (e parvas). Mas que título fascinante (original!!)! Aposto que nunca viram um post com um título assim, altamente original e muito estúpido! Mas a parte da estupidez é sempre garantida!! Pois tenho um compromisso a manter para com as pessoas que lêem isto (quais pessoas? Perguntam vocês...pois que não sei...mas que as há, há). É assim tipo um selo de qualidade. Enquanto que as frutas dizem "Produto de Portugal", eu tenho um selo que diz "Parvoíce da boa...e de Portugal", pois toda a gente sabe que a parvoíce espanhola não presta para nada...e por falar em Espanha...não é em Espanha que há um grupo de Imprensa que é o dono da TVI? É não é? Pois era aí que queria chegar, não a Espanha, nem ao grupo (não gosto cá de molhadas) mas sim à TVI. Repararam na volta que fui dar para chegar à coisa chata e irritante (e parva) de hoje? Isto, meus caros...chama-se a arte de bem engonhar, e nisso eu sou um expert, aprendi a ver discursos do Fidel Castro, daqueles que duram meio dia...mas continuando na TVI, não vos quero maçar mais com a minha "costela Castrista"... os motivos que me levam a escrever sobre a TVI poderiam ser vários, desde o programa do Goucha, passando pelas roupas do Goucha, à voz da "grafonola" que apresenta o programa com o Goucha até ao Telejornal, à Manuela Moura Guedes, passando pela Júlia Pinheiro, enfim, a TVI, é uma mina de ouro para quem quiser escrever sobre coisas parvas mas eu vou escrever sobre as novelas. Não há nada mais parvo na TVI do que as suas novelas...se estivéssemos na época da Inquisição eu já estava a ser queimado vivo por esta hora, tal é a heresia que estou a dizer. E não é heresia pelo facto da TVI já ter sido o canal da Igreja (uma Igreja muito open mind no entanto, basta lembrar dos Verões, cheios de filmes eróticos a roçar o porno, é claro que devia ser para os padres mostrarem o que não se deve fazer, porque é pecado...), digo que é uma heresia porque as novelas da TVI são uma autêntica religião. São uma religião mas uma religião estúpida como o catano. Senão vejamos: 

Escrito por: João Cacelas às 10:40
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (8) | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Março de 2009

Cautela, muita cautela (não aconteceu mas podia ter acontecido)

Dom José Policarpo voltou a causar polémica em mais uma tertúlia na Figueira da Foz. Desta feita, os alvos das palavras do cardeal patriarca foram os homens com bigode. As declarações de Dom José foram as seguintes: 

"Mulheres portuguesas, cautela com os amores. Não se casem com homens de bigode porque isso é uma carga de sarilhos que gillete nenhuma consegue parar. É que os bigodes picam e fazem comichão. E se fazem comichão vós tendes que coçar, o que vos pode causar borbulhas e algumas infecções. E ainda por cima, os bigodes já estão fora de moda desde os anos 80. Muita cautela."

Segundo fontes próximas da Associação Portuguesa de Bigodes, os homens com bigode estão extremamente revoltados com as declarações do cardeal patriarca e prometeram fazer uma marcha a Fátima onde irão realizar uma manifestação, que incluirá uma churrascada e minis à borla no parque de estacionamento do santuário de Fátima.

 

"Ó João mas que vem a ser isto? A que propósito vem esta estupidez de texto?", questionam vocês. Ao que eu digo: porque me apetece.

Escrito por: João Cacelas às 10:41
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (10) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

A verdadeira função da Igreja Católica

A pena que eu tenho de não me ter lembrado de fazer isto antes deste senhor (Louis C.K.). Digo-vos apenas que se trata de um belo vídeo sobre qual a verdadeira função da Igreja Católica. É que está tudo desmistificadinho. Mesmo.

Nota: O vídeo está em inglês e não tem legendas, se não perceberem olhem...tivessem estudado mais inglês na escola...não tivessem sido baldas.

 

 

Escrito por: João Cacelas às 20:21
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Só mais um bocadinho...de hipocrisia...

Há uns 4 anos, era um bocadinho católica , e por isso a minha filha tem a escolaridade católica :) obrigatória incompleta, porque entretanto enveredei pelos caminhos do pecado e divorciei-me.

Já divorciada de fresco, chega-me um dia a  casa e diz-me :

-Ó mãe, tens que ir pedir e ler à missa no dia da minha profissão de fé. Foi o padre que disse.

-Mas o padre não sabe que sou divorciada? Já não posso comungar nem nada! (É assim  aqui pela terra. Há uma senhora que se divorciou porque o marido fugiu com a empregada de 19 anos, e mesmo apesar do único consolo ser a religião, como o padre se recusa a deixá-la participar, ela vai às escondidas ao santuário de Fátima comungar do salvador).

-Então vai-lhe dizer!

E foi o que fiz.

-Sr. padre, não sei se sabe, mas eu divorciei-me, por isso não conte comigo.

-Minha filha (com a mãozinha no meu ombro e a sussurrar a resposta, ou  a pergunta, como queiram), vives maritalmente com alguém?

-Não, vivo sozinha

.-Então, ainda és filha de Deus.  (Estão a ver a mãozinha sempre a acariciar o ombro? )

 

P.S.1 -Não, não fui ! Reclamei da minha solidariedade para com a tal senhora escorraçada da igreja, que não era justo e depois "ia haver falatório" 

 

P.S. 2 -A minha filha interrompeu o seu percurso cristão desde esta altura, e agora sinceramente às vezes dou comigo preocupada com a incerteza de como será o futuro dela...

sinto-me:
Escrito por: Regina às 09:50
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|
Sábado, 17 de Janeiro de 2009

Mais um bocadinho de Cardeal Policarpo

Sim, eu sei que já escrevi sobre aquela espécie de declarações daquele tipo que é o representante máximo da Igreja em Portugal, diz que é Cardeal e tal, sim, esse, o que aconselhou as portuguesas a não casar com muçulmanos mas como falar de parvoíce nunca é demais, ora cá vai mais um cheirinho: parece que o Cardeal de facto não se importa muito com a violência doméstica, a não ser que seja "muito grave" (isto foi algo que ele disse há algum tempo em entrevista, como se houvesse violência doméstica sem gravidade). Então mas ó (e a minha vontade agora era de lhe chamar besta), senhor Cardeal, deixe-me cá ver se entendi: as mulheres portuguesas casarem-se com católicos e levarem pancada todos os dias dos maridos não lhe faz espécie, está tudo benzinho. Casarem com muçulmanos é que é uma cambada de sarilhos que nem o próprio do Alá sabe onde acabam. 

Em dois pontos muito curtinhos lhe digo caro Cardeal:

- Vossa Excelência é uma grande besta. E digo isto com o maior respeito possível;

- É por causa de "pérolas" como esta dos muçulmanos, de serem contra o aborto, a questão do preservativo e o "deixar andar", sem se ralar muito com a questão da violência doméstica em Portugal que eu, graças a Deus, não acredito na Igreja nem em nada que esta diz representar.

Escrito por: João Cacelas às 19:50
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (8) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Parece que o Cardeal não aprecia muito os muçulmanos

Já ouvi muita coisa estranha, já vi muita coisa estranha mas confesso que nunca esperava ouvir o Cardeal-patriarca de Lisboa (um potencial Papa), D. José Policarpo a aconselhar as mulheres portuguesas a não se casarem com muçulmanos porque lhes dão uma "carga de problemas". Sim senhor, que eles cheiram a caril e a chamuça, sim senhor que têm bigodes farfalhudos que já não devem ver banho há semanas, mas será que o Cardeal não acha que está a ser um bocadinho discriminatório? Hum?! Olhe, eu cá acho que é pior quando as mulheres portuguesas se casam com senhores portugueses, que muitas vezes até são fiéis e devotos católicos (de Nossa Senhora, do Benfica e do Eusébio e da Santa Mini) e que até costumam ir a pé a Fátima e assistem às homilias de Domingo e que vai-se a ver, volta e meia estão a espancar as pobres coitadas sem apelo nem agravo, sem ai nem ui. Só porque o Benfica perdeu ou porque o dia lhes correu mal toca de bater nas mulheres, causando-lhes não uma carga de problemas, mas sim uma vida de tormentas e sofrimento. E não sei se o Cardeal sabe, mas há muitos assim em Portugal e por norma, são católicos e não muçulmanos. Por isso, deixe-se lá de preconceitos religiosos, sem grande fundamento e procupe-se mais com os católicos portugueses que espancam as mulheres de forma, digamos, pouco católica e deixe os pobres dos muçulmanos em paz, que já são ostracizados que chegue.

 

PS: Já é a terceira vez que escrevo este post, raios parta o Sapo. 

Escrito por: João Cacelas às 13:08
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

O Corpo de Deus

Olá! Então? Como estão? Tudo bem?

Amanhã temos mais um feriado para comemorar, com direito a ponte para alguns e o camandro. O feriado em questão é o Corpo de Deus. Confesso que me faz alguma espécie estar a celebrar o Corpo de Deus. Por vários motivos.

O primeiro de todos, e o mais óbvio (e menos parvo) prende-se com o facto de que parece que Deus não tem corpo, pelo menos corre o zum-zum que o Nosso Senhor não tem corpo. Portanto, como é que se pode celebrar algo que não existe?!

Em segundo lugar, acho que a Igreja Católica não se devia associar a este género de eventos. É que isto soa a concurso de misses. Celebrar o Corpo de Deus! Até parece que estou a ver tudo a celebrar o corpo do Maior: "Ai,ai, Meu Deus! Que glúteos tão tonificadinhos que o Nosso Senhor tem!" ou "Que bícepes que O Senhor tem! Ai, se não fosse Deus levava-o já para o meu quarto! É que até ia ao Céu e vinha!"

E mais: se era para celebrar o corpo de alguém, que fosse o da Giselle Bündchen ou do Brad Pitt ou da Angelina Jolie ou sei lá, do Reynaldo Gianechinni e não o corpo de um tipo que já tem não sei quantos biliões de anos. Até porque já não deve ser um espectáculo bonito de ver. Afinal de contas, com o passar dos anos, as peles começam a cair, e mesmo sendo o Maior do Universo, o corpo do Criador não deve ser excepção.

Escrito por: João Cacelas às 16:25
Ligação directa | Comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Novos pecados mortais

Olá! Então parece que aquele senhor que usa uma batina branca e um chapéuzinho muito fofinho (branquinho imaculado também, claro está) e que gosta muito de sapatos Prada (que não são nada baratos) resolveu "criar" mais uns novos pecados mortais, para que todos nós ardamos no Inferno, assim bem assadinhos.
E os novos pecados são:
- Pedofilia. Ok, tudo muito bem... mas só uma coisinha: a pedofilia não é aquela coisa em que só por acaso, volta e meia, vêm padres à baila? É, não é? Bem que me parecia...
- Poluição ambiental. Este é giro. Já não basta a malta da Quercus e da Green Peace , vêm também agora os malucos do Vaticano fazer de activistas do ambiente.
Será pecado mortal atirar uma beata de cigarro para o chão? Ou um papelinho? Se for, ui , ui , que o Inferno vai passar a ter mais gente em espera do que os Hospitais nacionais.
- Tráfico de droga. Sobre este novo pecado, não tenho nada de importante para dizer. Não é que nos outros vá dizer ou tenha dito algo de importante...
- Manipulação genética, nomeadamente com embriões. Ou seja, pode-se manipular geneticamente , mas se se tratar de manipular geneticamente, nomeadamente com embriões é um bocado para o chato porque é pecado, de maneiras que deixo aqui um recado aos cientistas: Cientistas! Manipulem tudo muito bem manipuladinho , geneticamente falando, claro está, mas cuidado! Não se metam com os embriões!! Que eles são tramados, são muito irritadiços os sacanas. Ah! E claro, é pecado mortal.
- O aborto. Com a quantidade de abortos que por aí anda, este é candidato ao número 1 do Top dos pecados mortais.
- A riqueza desmesurada, ou melhor, escandalosa. Mas não é a Igreja que é desmesuradamente rica? E não é o Papa que ostenta um fato desmesuradamente caro? E uns sapatos desmesuradamente caros, já para não mencionar o chapéu, que, para além de muito fofo e giro, é desmesuradamente caro. Coisas desmesuradas à parte, passemos para a cereja no topo do bolo...
- A pobreza extrema. Esta parte é a mais gira. Até parece que estou a ver a seguinte cena:
Na sala de espera para ir para o Céu ou para o Inferno, está um tipo que vivia na Serra Leoa, com apenas 1 Euro por dia. O "portas" que decide para onde vamos, vira-se para ele e diz: "Com que então o menino só vivia com 1 Euro por dia? E quer ir para o Paraíso? Você não tem vergonha de ser extremamente pobre?! Hum?! Vai mas é para o Inferno, que é para aprender a não ser tão pobre!! Pode ser que numa outra vida aprenda a lição! Mas ai de si que me apareça cá numa próxima ocasião desmesuradamente rico!! Porque aí vai para o Inferno na mesma!! Ouviu?!"
Posto isto, resta-me dizer ao senhor que realizou o filme "Seven- Os Sete Pecados Mortais", que tem que fazer um upgrade para o "Thirteen- Os Treze Pecados Mortais".
Acho que as cenas mais giras do filme serão quando o "serial-killer " esventrar à bruta o tipo que atirou um lenço de papel para o chão, em plena via pública. E claro está, quando for dar cabo do canastro ao sacana que é escandalosamente pobre...
Escrito por: João Cacelas às 15:00
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (6) | favorito
|

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. Cá está este chato com ma...

. Uma dissertação acerca da...

. Cautela, muita cautela (n...

. A verdadeira função da Ig...

. Só mais um bocadinho...de...

. Mais um bocadinho de Card...

. Parece que o Cardeal não ...

. O Corpo de Deus

. Novos pecados mortais

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds