Segunda-feira, 30 de Março de 2009

Finalmente a Selecção vai ter um ponta-de-lança

O Hemiciclo encontra-se em directo de Lausanne, na Suíça, onde a Selecção portuguesa de futebol se encontra em estágio de preparação para o jogo amigável frente à África do Sul para revelar em primeira mão uma notícia de última hora: parece que a equipa das quinas já descobriu o ponta-de-lança há muito tempo desejado. Nem Liédson, nem Derlei, nem Eusébio em versão recauchutada, o homem do momento é um tal de Sebastião.

Segundo uma testemunha ocular, o senhor Aníbal Francisco, emigrante na Suíça há 25 anos, o novo atacante de Portugal apareceu por entre o nevoeiro que hoje de manhã se fazia sentir em Lausanne: "Eu estava aqui a pescar no rio quando de repente, por entre o nevoeiro vejo um moço vestido com umas roupas meio esquisitas e com um ar um bocado desorientado. Ele disse-me que tinha vindo de Alcácer-Quibir e perguntou-me se eu sabia onde é que era o estágio da Selecção porque queria falar com o treinador Queiroz e disse-me que era ele quem vinha salvar Portugal da desgraça", contou-nos o senhor Aníbal. 

 

 

Escrito por: João Cacelas às 14:15
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (12) | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

Entrevista a José Mourinho

Numa altura em que a selecção nacional portuguesa atravessa um momento delicado e polémico, com a possível não qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010, na África do Sul, o Hemiciclo foi falar com o treinador do Inter de Milão, José Mourinho para ouvir o que este acha do actual momento da equipa das quinas. Vamos ver:

- O Hemiciclo: Bom dia José Mourinho, antes de começarmos, deixe-me que lhe diga que é um prazer estar a entrevistá-lo hoje.

- José Mourinho: Bom dia, penso que o prazer é de facto, todo seu e permita-me dizer-lhe ainda que não é você que me está a entrevistar, mas sim que sou eu que lhe estou a dar as minhas respostas...

- O Hemiciclo: Mas e isso não é a mesma coisa?

- José Mourinho: Não, não é. Lá estão vocês, os da imprensa, sempre a deturpar o que eu digo. Já quando sai do Chelsea, disseram que eu fui despedido quando na verdade fui eu quem despediu o Chelsea e os 30 milhões de Euros que me deram quando saí de lá não foram uma indemnização, mas sim um agradecimento pelo magnífico trabalho que eu fiz com o Chelsea...

- O Hemiciclo: Passando ao que interessa: como é que o José Mourinho vê a situação da selecção portuguesa?

- José Mourinho: Ora, vejo com os olhos. Vocês jornalistas só fazem perguntas parvas.

Escrito por: João Cacelas às 12:25
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (4) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

As previsões do Professor Aldrabié para 2009

2008 já foi e 2009 está agora a começar e o Hemiciclo foi ter com o grande Professor Aldrabié para saber o que nos reserva 2009...

- O Hemiciclo: Bom dia Professor Aldrabié, então o que nos espera para Portugal em 2009?

- Prof. Aldrabié: Ah! Eu sabia que você vinha! Ontem à noite...tive um visão...

- O Hemiciclo: Não, não, Professor, você sabia porque liguei a marcar a consulta à 2 semanas...

- Prof. Aldrabié: Ou isso...

- O Hemiciclo: Mas diga-nos Professor, o que vai acontecer na política nacional em 2009?

- Prof. Aldrabié: José Sócrates vai ganhar os eleições a Manuela Ferreira Leite...

- O Hemiciclo: Então mas ó Professor isso não é nada de espectacular...tem mesmo a certeza que a Drª Ferreira Leite não ganha?

- Prof. Aldrabié: Escuta: Professor Aldrabié é vidente, não é palhaço nem humorista!! Se Prof. Aldrabié fosse humorista dizia que era a senhora do Leite que ganhava os eleições, mas Professor Aldrabié é vidente!! Prof. Aldrabié não está aqui para fazer piada, está aqui para ver futuro!

Escrito por: João Cacelas às 11:50
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Entrevista com Carlos Queiroz (seleccionador nacional de futebol)

Após a goleada sofrida frente ao Brasil, por expressivos 6-2, a contestação à volta de Carlos Queiroz tem vindo a aumentar de tom, dia após dia. O Hemiciclo entrevistou o seleccionador nacional para compreender o que vai mal na Selecção Portuguesa.

- O Hemiciclo: Bom dia professor Queiroz, o que é que falhou frente ao Brasil?

- Carlos Queiroz: Muito sinceramente, continuo sem entender o porquê de tanta crítica ao nosso trabalho. Sim, é verdade que perdemos 6-2 frente ao Brasil, mas houve vários pontos positivos a retirar desta partida...

- O Hemiciclo: Quais professor?

- Carlos Queiroz: Olhe o golo do Brasil, aquele do Elano, por exemplo. Foi ou não foi um belo golo? Já é um ponto positivo. Também gostei muito da jogada para o terceiro golo do Brasil, futebol bonito, bem jogado, positivo...

- O Hemiciclo: Já que mencionou o futebol bonito...essa não foi uma das promessas aquando da sua chegada à Selecção? A de proporcionar futebol bonito aos adeptos?

- Carlos Queiroz: E vai-me dizer que não tenho conseguido? Desculpe mas se o jogo que o Brasil fez contra nós não foi bonito, então não sei o que seja futebol bonito...

- O Hemiciclo: Mas professor, os adeptos certamente desejariam ver futebol bonito, mas praticado em Portugal...

- Carlos Queiroz: Desculpe, mas não posso concordar consigo. Os nossos adeptos têm visto futebol muito bonito em Portugal, quer um exemplo? No jogo contra a Albânia: foi ou não foi bonito ver uma selecção de nível medíocre como a Albânia a jogar com apenas dez jogadores e ainda assim a conseguir fazer frente a Portugal, com algumas jogadas bem interessantes? Eu acho que foi bonito. Olhe a Dinamarca: que em 3 minutos deu a volta ao jogo em Alvalade, outro exemplo de futebol bonito.

- O Hemiciclo: Pois...

- Carlos Queiroz: E digo mais: porque é que acha que em todos os jogos da Selecção o Miguel Veloso aparece com um penteado novo? Isso não mencionam vocês! Nem o facto dos jogadores terem que usar maquilhagem nos jogos. Isto tudo é em nome da beleza do futebol! Eu já fiz mais pelo futebol bonito em Portugal nestes meses do que o Scolari nos 6 anos que cá esteve!

- O Hemiciclo: E por falar em Scolari, o que acha das comparações que a imprensa tem feito em relação ao seu trabalho na selecção com o de Scolari?

- Carlos Queiroz: Desculpe, mas sobre isso não falo. Não me fale de Scolari por favor.

- O Hemiciclo: Mas foi o professor quem mencionou o nome de Scolari...

- Carlos Queiroz: Não me lembro disso... e olhe que tenho uma óptima memória, é por causa de uns comprimidos que ando a tomar. Aquilo é uma maravilha.

- O Hemiciclo: Pois. Mas professor, afinal o que tem falhado na Selecção?

- Carlos Queiroz: O principal problema com que me tenho deparado tem sido a barreira da linguagem...

- O Hemiciclo: Fala de Pepe e Deco, os naturalizados?

- Carlos Queiroz: Não, não. Falo do Maniche, do Bosingwa, do Cristiano Ronaldo, do Danny e do Hugo Almeida. Você já os ouviu a falar alguma vez? E para lhes tentar explicar o que quero que façam? Gostava de saber como é que o raio do brasuca conseguia pá...

- O Hemiciclo: Mas no caso de Ronaldo...se bem me lembro, o professor já o treinou em Manchester...

- Carlos Queiroz: Mas em Manchester tinha a ajuda do ex-cunhado dele, que serve como intérprete do Cristiano no clube, daí ele jogar muito bem lá e aqui (na Selecção) não fazer nada de jeito.

- O Hemiciclo: Faz sentido...então e como é que o professor pensa em dar a volta à actual situação da Selecção?

- Carlos Queiroz: É como lhe digo: há que resolver este grande problema que temos, da barreira da liguagem...

- O Hemiciclo: E como está a pensar resolver isso?

- Carlos Queiroz: Já falei com os responsáveis da FPF e decidimos que o melhor a fazer é inscrever o Danny, o Hugo Almeida, o Ronaldo, o Bosingwa e o Maniche no programa Novas Oportunidades, para aprenderem português. O presidente Madaíl já falou com o Primeiro-Ministro, que achou boa ideia, já nos comunicou que quer fazer uma cerimónia para assinalar o facto, onde irá distribuir alguns Magalhães pelos jogadores da Selecção, aproveitando assim para mais uns momentos de publicidade gratuita aos pequenos computadores.

- O Hemiciclo: Bom, professor, muito obrigado pela entrevista e desejo-lhe a maior sorte do mundo com a Selecção e que consiga o apuramento para o Mundial.

- Carlos Queiroz: Ora essa, obrigado eu, e já agora... se me permite fazer-lhe um pedido... seria pedir muito se me desenhasse uma baliza com um guarda-redes? Era para tentar explicar ao Hugo Almeida que é para ali que ele tem que rematar a bola para marcar golo e não para a bancada como faz sempre. 

Escrito por: João Cacelas às 15:59
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (11) | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

Cristiano Ronaldo: porque não jogas na Selecção da mesma maneira que no Manchester?

Ontem li a crónica "Chama Imensa" que Ricardo Araújo Pereira escreve para o jornal "A Bola", onde o humorista apresentava uma série de medidas para ajudar o Benfica a ter melhor desempenho contra as equipas mais fraquinhas e pensei assim: "É pá, este Ricardo é muito bem apanhado." É que o raio das medidas eram mesmo boas pá. Na sequência desse pensamento seguiu-se outro, que era apresentar uma série de medidas para fazer com que o Cristiano Ronaldo jogue à bola na Selecção. Que faça aquilo que faz (e bem) no Manchester United, mas na Selecção. É que aí nunca o vi a fazer nada sequer parecido com o que faz em Inglaterra.

Eis o conjunto de medidas que devem ser tomadas: 

1º - Trocar os nomes que estão nas camisolas dos avançados da Selecção pelos dos do Manchester. Por exemplo: o Hugo Almeida passava a ser o Wayne Rooney e o Nuno Gomes o Carlos Tévez. Assim, Ronaldo pensava que estava a jogar com os seus colegas "craques", em vez daqueles dois trambolhos.

2º - Levar o Anderson, o Nani e 3 ou 4 pêgas inglesas para todos os estágios da Selecção. Com os seus 2 compinchas do Manchester e as pêgas para as orgias pós-jogo, o CR7 sentir-se-ia como se estivesse em casa, que é como quem diz, no Manchester.

3º - Meter árbitros ingleses em todos os jogos da Selecção. Assim, o rapaz pensava que estava mesmo a jogar na Liga Inglesa.

4º - Meter um boneco em cartão de Alex Ferguson no banco de suplentes, ao lado de Carlos Queiroz, para "refazer" a equipa técnica que trabalhou com ele em Manchester nos últimos anos e que o ajudou a tornar-se no jogador que é. 

Com todas estas medidas, tenho a certeza absoluta que o Ronaldo se iria sentir como se estivesse mesmo no Manchester United e não na Selecção Nacional, o que o levaria a melhorar (e muito) o seu desempenho nos jogos da Selecção das Quinas. No fim de contas, ficávamos todos a ganhar. Até o Anderson.

Escrito por: João Cacelas às 14:48
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (46) | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Agosto de 2008

Então e o Ricardo?

Carlos Queiroz, o novo Seleccionador nacional de futebol deixou o grande e intransponível Ricardo de fora da convocatória da equipa das quinas (que no Euro, lá quinou uma vez mais...) para o duro embate com a poderosa equipa das Ilhas Feroé.

Então e ó Queiroz...quem é que nós culpamos agora sempre que a Selecção der barraca? Assim não dá pá, tens que convocar o Ricardo para ele ser achincalhado.

Escrito por: João Cacelas às 12:42
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (11) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Uma espécie de análise a duas músicas(?) de Ronalda

Olá! Sabem quem é a Ronalda? A irmã do Ronaldo, que canta(mas não me encanta) e o catano. Para os que a conhecem óptimo, já sabem do que falo. Aos que não sabem quem é a moça e o que ela canta: abençoados sejam! Bom, adiante...andei por aqui a ler umas letras dela e tal e tenho a dizer que aquilo é que é poesia à séria! Sim senhor! Mete um tal de Pablo Neruda a um cantinho e até fazia o Alexandre O'Neill verter-se todinho pelas calças abaixo, se ele fosse vivo.

Após uma análise ligeiramente intensiva a duas letras dela em que apoia a Selecção Nacional (por ocasião do Mundial 2006 e do Euro 2008) acabei por chegar a todo um leque de conclusões... mas primeiro vamos ver as letras que foram alvo de estudo, há que ir com calminha que isto é coisa séria. Falo-vos das músicas "Portugal no Mundial" e de "Portugal no Europeu". Assim, de repente devem ter pensado "Mas os títulos são quase iguais!" É porque ainda não viram as letras, meus caros...mas sem mais demoras cá estão elas:

 

"Portugal no Mundial"

 A nossa hora chegou desta vez
 E já se sente o orgulho de ser ser português
 É uma onda que nos faz vibrar
 Quando as bandeiras que erguemos se agitam no ar!
 Mas vamos ganhar
 Portugal a nossa estrela vai brilhar
 E sei que vamos alcançar, a gloria neste mundial.
 Portugal ninguém consegue já parar
 Esta vontade de ganhar, nós vamos sonhar!
 Portugal
 E quando o hino no estádio soar
 As nossas vozes também vão lá estar, a cantar
 É uma onda que nos faz vibrar
 Quando as bandeiras que erguemos se agitam no ar,
 Mas vamos ganhar
 Portugal a nossa estrela vai brilhar
 E sei que vamos alcançar, a glória neste mundial.
 Portugal ninguém consegue já parar
 Esta vontade de ganhar, nós vamos sonhar!
 Portugal..Portugal... Portugal... Portugal...
Portugal a nossa estrela vai brilhar
 E sei que vamos alcançar, a glória neste mundial.
 Portugal ninguém consegue já parar
 Esta vontade de ganhar, nós vamos sonhar!
 Portugal.

 "Portugal no Europeu"

A letra é rigorosamente igual, sendo que a única coisa que muda é a palavra "Mundial", trocada por "Europeu", de maneiras que não há necessidade de vos torturar mais um bocadinho.

 Coisas a reter nestas duas "obras-primas" de Ronalda:

- Ronalda já sabe que caso a sua carreira como cantora não resulte, é melhor não se arriscar como vidente porque afinal, parece que tanto numa competição como noutra, Portugal não alcançou Glória nenhuma...para além da dona Glória das limpezas lá do hotel onde a selecção estagiou...

- A palavra Portugal aparece 11 vezes nas músicas, o que deve ser recorde do Guiness. Ó Ronalda, bastava dizeres uma vez a palavra Portugal que toda a gente percebia quem estavas a apoiar, ok?

- A avaliar pelos títulos muito originais de ambas as músicas e a sua (muito) fraca qualidade...Ronalda tem tanto jeito para a música como José Sócrates é engenheiro...

- Por fim, uma coincidência, a meu ver, muito perigosa: Ronalda apoiou Portugal no Mundial 2006 e no Euro 2008 e a selecção das Quinas alcançou dois grandes fracassos, ao contrário do Euro 2004 (Portugal finalista), em que Ronalda não abriu o bico. Tenho fortes razões para acreditar que o verdadeiro responsável pelos fracassos de Portugal nestas provas não foi o Ricardo, nem o Scolari mas sim a Ronalda, que com as suas músicas de "apoio", de tão más que são, qualquer ser humano ( e o Petit) ficam traumatizados e assustados.

Concluindo: Ronalda, se realmente queres apoiar a selecção nacional, por favor no próximo Mundial (em 2010) fica caladinha e não cantes nada para apoiar Portugal. Acredita que é o melhor apoio que lhes podes dar, ok?

sinto-me:
Músicas, cantigas, melodias e seus semelhantes: As da Ronalda, que são tão lindas que me fazem chorar
Escrito por: João Cacelas às 15:25
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (12) | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

Sócios da Selecção

Hoje Portugal joga contra a Alemanha e tenho para mim que a equipa das Quinas vai mesmo quinar, quando apanhar os "panzers alemões" pela frente...

P.S: Um apontamento giro acerca da Selecção e do Euro 2008: Todos devem conhecer aquela treta do cartão de sócio da Selecção, certo? Ora, o tal do cartão vem numa caixa toda catita e o camandro e na parte de trás da caixinha vem uma foto da Selecção e sabem quem é que lá está, sabem? O Maniche e o Caneira!! Espero que nenhum deles tenha recebido em casa o "kit sócio da Selecção" senão é que ficam mesmo com um grande dum melão...ou isso ou é um torrãozinho de açúcar que a FPF (co-autora do cartão) deu aos dois atletas, assim como quem diz: "Deixem lá pá. Não estão no Euro com a Selecção, mas estão dentro do nosso coração e na caixa do cartão".

Escrito por: João Cacelas às 16:05
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (6) | favorito
|

Uma questão de bigodes

Olá meninos! Então? Bem dispostos? Bom, é sabido que o Scolari vai para o Chelsea (afinal parece que mudou de ideias em relação à vinicultura) e que a procura por um seleccionador já começou. Essa malta da comunicação social já disse: "ai,ai que parece que o Zico e o Rijkaard são os princípais candidatos ao lugar e o catano( é óbvio que na comunicação social não se diz catano, mas...) ". E estes mesmos sacanas que apresentam as notícias dizem que uma das condições essenciais é o domínio do português. Ora, o Cristiano Ronaldo tem um fraco domínio do português e não é por isso que não joga na Selecção. Para mim, o que realmente importa é que o novo "homem do leme" tenha bigode, para dar continuídade à longa linhagem de treinadores com bigode na Selecção: Artur Jorge, António Oliveira, Humberto Coelho, António Oliveira outra vez e recentemente Scolari.

De acordo com este pré-requisito vejo cinco candidatos fortíssimos para o lugar: Chalana, Toni, Odete Santos, Quim Barreiros e Frank Rijkaard. "Mas ó João minha grande besta (claro que vocês nunca me tratariam assim, pelo meu nome...) o Rijkaard não tem bigode!" Pois não, mas olhem só para esta foto:

Belo bigode! Não acham?Assim todo cheio de estilo, modernaço! Está bem que vai chocar com a tradição do bigode farfalhudo que até aqui vinha sendo mantida, mas a FPF também tem que se modernizar um bocadinho e optar por um novo tipo de bigode mais arrojado. Por mim está encontrado o novo seleccionador nacional...e vós? O que achais?

Escrito por: João Cacelas às 10:28
Ligação directa | Comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Junho de 2008

As misturas do Miguel Veloso

Olá! Antes de mais nada, não pensem que este texto tem a ver com orgias e badalhoquices do género, pois só porque o seu título parece o de um filme porno não quer dizer que o seja. Até porque essa malta da bola nem sequer é dada a orgias e a todo um vasto leque de forrobodós sexuais e o catano...

Miguel Veloso, jogador do Sporting e da Selecção Nacional (presente no EURO 2008) declarou que é uma mistura entre Gattuso e Andrea Pirlo (jogadores do AC Milan, clube que está interessado em contratar o jogador do Sporting).

Pois eu cá acho é que o Miguel é uma mistura entre a Barbie no Cabeleireiro e a Barbie na Manicure...

Escrito por: João Cacelas às 13:46
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (6) | favorito
|
Terça-feira, 27 de Maio de 2008

Uma questão de motivação

Eu sou um tipo que se preocupa com o bem-estar dos outros e devo confessar que neste momento estou muito preocupado com os jogadores da Selecção Nacional, com eles e com o seu aparelho auditivo.

É que ouvir cantar o Tony Carreira, o seu filho Mickael, o Roberto Leal e o filho e ainda a Ronalda (irmã do Cristiano Ronaldo, para quem ainda não sabe), em concertos ditos de apoio à equipa das quinas (ainda por cima todos na mesma semana) é altamente prejudicial à saúde dos atletas (e do "minino"). E isto meus amigos, está cientificamente provado. Estudos em laboratórios estrangeiros atestam-no (referir estudos feitos por estrangeiros dá sempre credibilidade ao que quer que seja).

Sr. Scolari, não é por aí... se acha que assim está a motivar os seus atletas, está muito enganado... isso tem outro nome: TORTURA. E é sabido (também através de estudos estrangeiros) que a tortura não só é chata e aleija, como também causa um leve mal-estar e um bocadinho de comichão no céu-da-boca, o que pode, ou melhor, vai ser prejudicial para o rendimento dos jogadores no EURO 2008.

Com estes métodos de "motivação" não vamos lá, Felipão! O que é que se segue? Humm? Um strip-tease da Lili Caneças nos balneários, com direito a uma table-dance ao Ronaldo para ver se ele começa a marcar penalties? Aí é que o rapaz nunca vai sequer querer se aproximar da marca de penálti. Até imagino o que ele pensará: "Tu és capaz Cristiano! O guarda-redes nem a vai ver!" E eis que de repente... zás!! Vem-lhe a imagem da Lili Caneças em fio-dental, dançando no seu colo, ao ritmo do "Sex Bomb" do Tom Jones e é claro que fica paralisado, acabando por falhar o penálti. E mais: e o trauma que depois não ficará para sempre na cabeça do rapaz? Ninguém pensa nisso? Cambada de inconscientes é o que são!

Eu se fosse ao Seleccionador fazia assim:

"Pessoal, vou-vos fazer ouvir Tony Carreira e o filho, Roberto Leal e o filho e a Ronalda durante a fase de grupos do Euro. Mas, se passarmos aos quartos-de-final, tiramos a Ronalda e se chegarem às meias deixam de ouvir os outros. Entenderam? Agora, é com vocês! Se querem deixar de ouvir estas foleiradas têm que ganhar! Ah, e caso não passem da fase de grupos vão ser obrigados a ver um strip da Lili Caneças no balneário. A bola está do vosso lado, sabem o que têm a fazer."

Isto sim, seria bom para motivar os jogadores a ganhar os jogos. Aliás, com uma motivação destas, até o Ricardo agarrava na bola na sua área e atravessava o campo de um lado ao outro e marcava golo ao adversário. Pensa nisso, ó Scolari.

E já agora, assim a modos que quando puderem, passem pelo novo blog que criei: Cabinet de Curiosités. Tem um nome todo pomposo e tudo. Aqui fica o link:jcacelas.blogs.sapo.pt/.

Músicas, cantigas, melodias e seus semelhantes: Sex Bomb, Tom Jones
Escrito por: João Cacelas às 14:58
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito
|

.Os oradores:

.Translator (para coisinhos de outros países e planetas)

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. Finalmente a Selecção vai...

. Entrevista a José Mourinh...

. As previsões do Professor...

. Entrevista com Carlos Que...

. Cristiano Ronaldo: porque...

. Então e o Ricardo?

. Uma espécie de análise a ...

. Sócios da Selecção

. Uma questão de bigodes

. As misturas do Miguel Vel...

. Uma questão de motivação

.tags

. todas as tags

.Cuscas e cuscos (ladies first)

Counters
Counters
Creative Commons License
O Hemiciclo by João Cacelas is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds