Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Mas que grande parvoíce

Eu sou parvo. Grande parte do conteúdo deste blog é parvo. Mas ainda assim nada do que aqui tenha escrito chega aos níveis de parvoíce desta notícia que acabei de ler no DN Online:

"United Airlines cobra dois bilhetes a obesos", isto após terem recebido queixas de muito boa gente (ou não tão boa quanto isso) por terem partilhado o lugar com obesos. Assim sendo, todo o passageiro que não deixe espaço para baixar os apoios dos braços ou que não consiga apertar o cinto de segurança terá que pagar dois bilhetes no lugar de um, pois é esta a definição de obeso para a United Airlines.

Resta agora esperar que os designers de equipamento se comecem a preocupar mais com os obesos...

Só para terminar, é para informar que se encontra disponível na barra lateral esquerda do Hemiciclo todo um vasto leque de blogs bem melhores que este para onde podem fugir assim que entrem aqui ao engano. Está por ordem aleatória, o vulgo "ao calhas" e ainda irei colocar mais blogs lá. 

Agora vou ali projectar uns crachás e já volto.

Escrito por: João Cacelas às 17:16
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (18) | favorito
Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

Observar aviões. Uma arte ou pura parvoíce?

Eu até me considero um tipo porreiro e tal e nada preconceituoso, mas há uma coisa que a mim me faz muita espécie. Falo-vos, claro está, daqueles tipos que ficam horas e horas estacionados nas traseiras dos aeroportos só para verem os aviões. Vêem os aviões, tiram-lhes fotos e depois fazem colecção das mesmas, chegando inclusive a trocar "cromos" uns com os outros.

Isto é parvo. E um bocadinho para o estranho. Um exemplo:

- Ena pá!! Olha, olha! Um Boeing 737!! Ei! Que espectáculo de menino! Ui, que asas tão bonitas que ele tem! E que aerodinâmica mais espectacular, corta o vento todo bem cortadinho! Deixa-me cá tirar uma foto!" (Foto esta que só apanha o trem de aterragem...)

E eu como bom português que sou, ando preocupado com esta malta. Porque um tipo que já é crescido e que dedica dias a observar aviões (que por sinal, muitas das vezes são sempre os mesmos) denota uma certa demência mental, e parvoíce. Mas o mais grave é que eles trocam fotos uns com os outros. O que é mais ou menos assim:

- Olá Tomás José! Então, tens visto muitos aviões?

-Tenho, sim! Olha, ainda no fim-de-semana estive aqui de manhã à noite e tu nem vais acreditar no que eu vi!

- Conta!

-É pá não,tu vais pensar que estou a mentir ou a brincar contigo! n.a*:(Como se estar fins-de-semana especado a olhar para aviões fosse uma coisa séria! Ah, que este sacana deste Tomás José tem cá um piadão!)

-Conta lá!

-Está bem, está bem, eu conto. Vi um Boeing 737!!

-Ena pá!! Que espectáculo!! Um Boeing 737! Uau! Que loucura!! E quantos desses é que já viste?

-4598, mas se formos a ter em conta que só há 4 neste aeroporto...já vi...deixa cá ver...4!! Já vi esses 4, 4598 vezes!!

- Ena pá, ó Tomás José tu és cá um sortudo!! Olha eu infelizmente só vi Boeings 737, 3657 vezes! És sempre o mesmo sortudo! Nasceste com o rabinho virado para o Céu, é o que é! E tens fotos novas para troca?

-Foto tenho, só que não troco. É uma foto do trem de aterragem e como não tenho nenhuma destas, não troco.

-Um trem de aterragem!! Isso vale muito!! E se eu te der 4 fotos de um Boeing 767 e 2 de um Airbus A380, aceitas?

-É pá...desculpa lá, mas não.

-E por 2000 Euros? Humm?

-Não.

- E 2000 Euros e uma noite com a minha mulher? Aceitas?

- A tua mulher até que é bem jeitosinha, com todo o respeito. Mas prefiro a fotografia do trem de aterragem. Não insistas mais.

E pronto, é mais ou menos isto que se passa no duro mundo dos observadores de aviões... tem que haver alguém que salve estas pobres almas, que lhes mostre que há vida para além de um belo par de asas de um Boeing. O nosso Governo deve intervir, e rápido antes que isto tome proporções desmesuradas.

Bom, e era isto. Era esta tristeza que eu tinha para dizer. Pensem nisso com carinho. E sempre que virem um observador de aviões, estendam-lhe a mão e ajudem-no a sair dessa vida. Sejam solidários. Porque ninguém sabe o dia de amanhã e um dia podemos nós próprios cair no duro vicío de observar aviões (ou algumas partes deles, pequeninas) das traseiras de aeroportos...

 

P.S (não o partido): Já agora, era só para dizer que esta polémica toda dos voos da CIA e o camandro, se passaram ou não por Portugal... é uma questão de perguntar a um destes meninos que observam aviões, que eles com certeza devem ter visto alguma coisa.

 

*nota de autor

Escrito por: João Cacelas às 11:31
Ligação directa | Comentar | favorito

.Os oradores:

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. Mas que grande parvoíce

. Observar aviões. Uma arte...

.tags

. todas as tags

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds