Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Dicionário Idosês-Português VII

Orgência: esta palavra é muito similar à por nós usada (urgência), no entanto tem uma ligeira diferença: uma orgência é uma situação muito mais complicada que uma urgência e necessita de ser resolvida o mais depressa possível. Senão vejamos: sempre que a nossa população mais velha precisa de tratar algo com a maior celeridade possível, diz que tem que tratar disso com urgência? Não! Tem que tratar com orgência! E aonde é que eles vão quando têm alguma problema de saúde grave? Já os ouviram alguma vez a dizer que foram ou vão às urgências? Não, meus amigos. Eles dizem sempre que vão às orgências. Não sei qual será a diferença entre estes dois serviços, mas se os nossos decanos se deslocam às orgências é porque estas certamente terão um atendimento melhor e mais rápido e possivelmente emitem nos seus televisores maratonas do programa do Goucha e das telenovelas da TVI, duas das coisas que os nossos idosos mais apreciam nas suas vidas.

Só para terminar, uma situação que vi ao vivo e a cores:

-Indivíduo com ar relativamente enjoado que trabalha no "balcão" das urgências do Centro de Saúde: "Boa noite...isso é uma urgência"?

-Senhora que queria ser atendida depressa, pois estava não numa urgência, mas sim numa orgência: "É uma orgência!!!! Tem que me atender depressa que isto é uma orgência!!!"

-Indivíduo que ficou com um ar ainda mais enjoado depois de ouvir a berraria da senhora e que trabalha no "balcão" das urgências do Centro de Saúde: Então agora a senhora tem que ir para aquela salinha aonde lhe vão fazer uma triagem para ver qual é o seu grau de urgência."

-Senhora que queria ser atendida depressa, pois estava não numa urgência, mas sim numa orgência: "Mas ó home!! Isto é mesmo orgente!!".

Ninguém naquela sala percebeu (excepto eu e os outros 2 idosos que se lá encontravam), mas o que a senhora queria dizer era que de facto a sua situação tinha que ser vista mais depressa que todas as outras porque era uma orgência e não uma simples de uma urgência. É o que dá não haver pessoal competente nos hospitais que perceba idosês...

E assim se fala em bom idosês.

Escrito por: João Cacelas às 16:14
Ligação directa | Comentar | Os que já comentaram (2) | favorito

.Os oradores:

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Caso queira pesquisar sobre coisas, assuntos ou temas:

 

.Intervenções mais velhotas, assim a cheirar a mofo:

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Intervenções recentes:

. Dicionário Idosês-Portugu...

.tags

. todas as tags

.O meu e-mail, ou melhor emel. Caso queiram deixar alguma sugestão ou crítica, enviem para aqui:

joao_cacelas@hotmail.com

.subscrever feeds